Prefeito de cidade gaúcha dá declaração polêmica

DIÁRIO DA MANHÃ

HÉLIO LEMES

 Ele escolheu  data emblemática para falar asneiras: 31 de março, dia do golpe militar.

Foto: Reprodução

O preconceito existe no Brasil e não é só de classe social, de cor de pele; é também de regionalidade. No último dia 31 de março, o prefeito da cidade de Carlos Barbosa no Rio Grande do Sul, Fernando Xavier da Silva (PDT), deixou isso bem claro após declarar que uma infestação de baianos e goianos levariam sua cidade a fome.

A declaração do político foi dada durante o evento de lançamento do Festival Gastronômico da cidade e publicada no Jornal Contexto da cidade. Quando questionado sobre essa situação, o prefeito afirmou que não lembra o que foi dito por ele e nem se foi de forma preconceituosa.

Leia o trecho que o prefeito dá a declaração: 

É importante dizer que, para vir pra cá, precisa ter profissão, estudo/Que o custo de vida aqui não é barato/ Me parece que as pessoas que fizeram a mudança aqui eram baianos e goianos… não queremos isso para o município./cair./Se vier uma infestação aqui de baianos e goianos, vai trazer fome.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s