Sabrina enfrenta inimigo poderoso: torcida contra na Record

O fim de seImagemana será de muito trabalho para Sabrina Sato. A apresentadora vai se prepa
rar para a gravação da parte principal do programa de estreia na Record, que será exibido no sábado (26). Ela passará a segunda-feira em estúdio. Na terça, outra prova de fogo: enfrentar um batalhão de jornalistas na coletiva de imprensa. Esta semana ela chegou a fazer um ‘media training’, treinamento com simulação de perguntas polêmicas, para não ser surpreendida diante dos repórteres.

Sabrina terá de enfrentar vários inimigos. O principal deles é o ceticismo de boa parte da direção da Record em relação ao seu potencial como apresentadora. A euforia inicial vista logo que foi contratada, em dezembro do ano passado, se dissipou rapidamente. Ana Hickmann enfrentou a mesma desconfiança interna quando assumiu o ‘Tudo é Possível’. Entre altos e baixos, a loira conseguiu se manter no ar por 3 anos e meio com o programa solo. Não era um sucesso de audiência, mas atraiu muitos anunciantes para o horário.

Parte da cúpula do canal acredita que acontecerá o mesmo com Sabrina: ibope instável compensado por bom faturamento. Hoje ela está entre os artistas mais solicitados para campanhas publicitárias. Sua imagem é usada para vender desde produtos populares até itens do mercado de luxo. Entre salário e ganhos com merchandising, a apresentadora deverá faturar acima de 1 milhão de reais por mês — mesma quantia recebida pela grande estrela da casa, Rodrigo Faro, que trocou a Globo pela Record em 2008 e se deu muito bem.

O argumento de que Sabrina não tem capacidade para comandar um programa sozinha é frágil. Intelectualidade não está entre as exigências para ser bem sucedido na TV. A apresentadora possui algo mais valioso para o veículo: muito carisma e baixo índice de rejeição. Se essas qualidades foram associadas a um bom formato e direção segura, poderão resultar numa atração interessante.

O grande perigo é engessarem Sabrina, não explorando sua autoironia e as inevitáveis falhas. O seu diferencial é justamente não se levar a sério e saber rir das próprias limitações. O público gosta dessa imagem despretensiosa. Querer transformá-la numa apresentadora-padrão resultaria num fiasco. Para conseguir inserir suas características no programa, ela tem recebido uma assessoria informal do namorado, o ator e publicitário João Vicente de Castro, um dos criadores do canal Porta dos Fundos. A ideia não é matar a ‘Sabrina do Pânico’. E sim mostrá-la ainda mais natural e divertida.

Sábado é um dia ingrato para quem trabalha em TV. Costuma registrar o pior índice de aparelhos ligados da semana. Além disso, Sabrina vai concorrer diretamente com a tradição (ainda que desgastada) do Jornal Nacional e da novela das 21h da Globo, Em Família, que está em baixa, mas sem risco de ser ameaçada no Ibope. Ela enfrentará ainda o humorístico Zorra Total. No SBT os concorrentes serão o seriado infantil Patrulha Salvadora, o Esquadrão da Moda e os filmes do Cine Família. Consolidar-se na vice-liderança não vai ser tarefa simples. O primeiro passo é derrotar a torcida contra do inimigo interno. Superada essa etapa, a chance de sucesso será maior.

Fonte: Terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s