Palmeiras reinicia busca por título no centenário do clube

Lancepress
A caminhada do Palmeiras na Série A recomeça neste domingo, às 18h30. Em busca do primeiro título em seu centenário, o Verdão encara a equipe do Criciúma, que tenta apagar todas as frustrações que teve até agora no primeiro semestre de 2014.

Os dois times não chegaram à final de seus campeonatos estaduais. O Palmeiras foi eliminado pelo futuro campeão Ituano, no Pacaembu. Já o Tigre, além de não disputar o título catarinense, sucumbiu na primeira fase da Copa do Brasil.

O Verdão tem um aproveitamento de 77% em 2014, o terceiro maior de todos os 20 clubes que disputam Primeira Divisão. Fica atrás apenas de Santos, com 78% e Internacional, com 85%. A equipe de Santa Catarina, porém, tem um dos menores aproveitamentos, com apenas 51%.
Receoso, o técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, alerta para as diferenças entre as Séries A e B:

– Na Série A a qualidade impera. O erro tem que ser menor. Qualquer jogador pode fazer a diferença. Na Série A, o jogo fora exige mais, a pontuação que você tem que fazer para atingir os objetivos é maior.

E Kleina tem razão, pois o Palmeiras não enfrentará a vida fácil que teve na Série B, em 2013. Apesar de manter a base do elenco para este ano, Kleina adverte que o Verdão ainda precisa de algumas peças:

– Tenho muito orgulho de trabalhar com esse atletas. Mas é claro que nós temos algumas carências. A gente conversa com a diretoria. As carências, vocês sabem que estamos monitorando um lateral-direito e mais um atacante. A gente sabe o que é Palmeiras e o que é Série A.
Pelo lado do Criciúma, nomes conhecidos e criticados no cenário do futebol brasileiro. Além de Paulo Baier, o Tigre conta com a “eterna promessa” Lulinha, ex-Corinthians, além do lateral-esquerdo Cortez, ex-São Paulo e Botafogo. João Vitor, conhecido por episódio de embriaguez nos tempos de Palmeiras, também compõe o time. O técnico do time também é conhecido do palmeirense: Caio Júnior.

Com um time mais forte, a única dúvida do lado alviverde é o atacante Leandro, que passou a semana treinando com a Seleção Brasileira sub-21. Kleina comentou a situação do jovem jogador:

– Relacionamos, mas vamos ver como está. É um jogador de suma importância, mas não trabalhou com o elenco. Se eu puder contar com ele, é de grande importância ser utilizado se for possível.

Com a possível ausência de Leandro, Alan Kardec atuará isolado no ataque do Palmeiras. Nas atividades da semana, Marquinhos Gabriel, Bruno César e Valdívia atuaram no meio campo, armando o jogo para o Verdão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s