Copa do Brasil: Palmeiras bate S. Corrêa no sufoco e avança

O Palmeiras não teve vida fácil nesta quarta-feira. Após um primeiro tempor nervoso, a equipe melhorou na segunda etapa, fez 3 a 0, sendo dois nos acréscimos, e eliminou o Sampaio Corrêa da Copa do Brasil. Os gols que decretaram a classificação palmeirense saíram dos pés de Mendieta, Henrique e Felipe Menezes.

Como o Sampaio Corrêa venceu o primeiro jogo por 2 a 1, no Maranhão, o time atuava nesta noite com a vantagem do empate. Ao Palmeiras, restava vencer por um placar simples para evitar a zebra e avançar na competição.

Com três atacantes, o técnico interino Alberto Valentim repetiu a escalação que venceu o Goiás no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. A única mudança foi Mendieta no lugar de Valdivia, que já está com a seleção chilena para a disputa da Copa do Mundo.

O Palmeiras conseguiu manter a posse de bola no primeiro tempo, criou boas jogadas pelos lados do campo, mas os laterais falhavam no passe final e o lance acabava não evoluindo. Apesar do domínio da partida, foi o Sampaio Corrêa quem teve a primeira oportunidade de gol. Aos 11min, Jonas avançou pelo meio, passou por Marcelo Oliveira e bateu forte, obrigando Fábio a fazer uma grande defesa.

O Palmeiras teve três boas oportunidades, mas em duas, Diogo e Mendieta preferiram cavar, sem sucesso, uma penalidade máxima. O lance mais perigoso veio do atacante Henrique, aos 42min. O atacante arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave do Sampaio Corrêa. Antes do intervalo, Leandro por pouco não foi expulso, deixando a situação do Palmeiras ainda mais complicada. O jogador foi flagrado dando uma cotovelada em Uillian e recebeu apenas o cartão amarelo.

O nervosismo palmeirense já era notado antes mesmo do apito que daria início a etapa final. Quando voltaram do intervalo, alguns jogadores cercaram o trio de arbitragem para reclamar de eventuais erros da primeira etapa. 

Os maranheses começaram melhor o segundo tempo e esboçaram uma pressão nos minutos iniciais. Com o Palmeiras apagado, Alberto Valentim fez a primeira alteração logo aos 15min. Leandro deu lugar ao meia-atacante Marquinhos Gabriel. E o time melhorou. Aos 16min, Mendieta arriscou de fora da área e a bola raspou no travessão. Três minutos depois, Diogo obrigou o Rodrigo Ramos a fazer ótima defesa. Aos 20min, Mendieta cabeceou na trave. O gol da equipe alviverde estava amurecendo e não demourou a sair. No jogada seguinte, Wendel alçou bola da direita, Arlindo Maracanã não afastou e a bola sobrou para Mendieta. O paraguaio, sozinho, tocou na saída do goleiro e abriu o placar.

Após o gol, o Palmeiras bombardeou o gol do Sampaio Corrêa. Foram mais três oportunidades claras de gol, com William Matheus, Marquinhos Gabriel e Henrique. Rodrigo Ramos foi bem, salvou duas, e a terceira passou ao lado da trave direita do goleiro. Aos 42min, Wesley ainda teve a chance de matar o jogo, mas, cara a cara com o goleiro, bateu para fora. Com cinco minutos de acréscimo, o Palmeiras ainda conseguiu encaixar dois contra-ataques e decretar a classificação. Aos 46min, Henrique marcou seu quarto gol em quatro jogos com a camisa do Palmeiras, e aos 47min, Felipe Menezes, que acabara de entrar, fechou a conta no Pacaembu.

Com o resultado, o Palmeiras encara agora o Avaí, pela terceira fase da Copa do Brasil. A equipe catarinense se classificou nesta terça-feira ao bater o ASA-AL por 2 a 1, de virada, na Ressacada.

Fonte: Terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s