Responsável por levar Copa para Itaquera, Ronaldo vê Corinthians em novo patamar

Por Bruno Winckler – iG São Paulo | 16/05/2014
 
Em entrevista ao iG, ex-atacante do clube e membro do COL valoriza conquista do clube e para a zona leste de São Paulo

É comum entre os dirigentes da atual gestão do Corinthians ouvir a frase que existe um clube antes de Ronaldo e um outro depois de Ronaldo. Foi o ex-presidente Andrés Sanchez, responsável por sua contratação em dezembro de 2008, que propagou essa sentença, hoje verdade incontestável entre muitos corintianos. Agora, prestes a ver o estádio corintiano aberto pela primeira vez para um jogo oficial, domingo, contra o Figueirense, o ex-atacante e membro do COL (Comitê Organizador Local) da Copa de 2014 se empolga com o que a obra orçada em mais de R$ 1 bilhão representará para o Corinthians e para a zona leste de São Paulo.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Ronaldo em visita à Arena Corinthians em abril

“A torcida do Corinthians merecia esse novo estádio, por tudo que faz e já fez pelo clube. Será um salto importante para que o Corinthians desenvolva ainda mais sua marca”, disse Ronaldo em entrevista por e-mail ao iG.

Um dos idealizadores da modernização do centro de treinamento do clube inaugurado em setembro de 2010, Ronaldo também fez parte do grupo que agiu junto ao governo federal para fazer do estádio corintiano o palco de São Paulo na Copa do Mundo.

Reprodução/Fifa.com]

Ronaldo e o ministro Aldo Rebelo em visita ao estádio do Corinthians

Leia a entrevista por e-mail feita com Ronaldo:

iG – Você estava ao lado do prefeito de São Paulo e do governador de São Paulo quando foi anunciado que a Arena Corinthians abriria a Copa do Mundo. Desde aquele dia houve um esforço para ter esse estádio pronto e, ainda que com tristes percalços, ele foi mantido como o palco do jogo inaugural. Qual foi sua influência nessa decisão de São Paulo receber a primeira partida da Copa e ser mantida como tal após tantas dúvidas?
Ronaldo – Como membro do COL, participo de uma série de discussões, essa foi uma delas. Tenho um carinho enorme pelo Corinthians, mas quando o assunto é Copa eu sou parte do grupo que busca as melhores soluções para os desafios que a gente encontra e para garantir o sucesso desse evento, que eu acredito que trará muitos benefícios para o nosso país. Sempre trabalhamos em parceria com as 12 sedes e, no caso de São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, com os três clubes também.

iG – Mais do que um estádio de Copa, o legado da Arena Corinthians vai além do jogo de abertura. Representa muito para toda a região da zona leste de São Paulo. O que esse estádio vai significar para Itaquera depois da Copa do Mundo?
Ronaldo – A Arena Corinthians movimentou e continua movimentando a economia da Zona Leste de São Paulo. Foram criados empregos diretos e indiretos graças à construção do estádio e às obras do entorno. O mundo todo vai estar olhando para Itaquera no dia 12 de junho. Obras de mobilidade urbana e infraestrutura estão sendo realizadas para melhorar a vida dos moradores da região. É importante dizer que o desenvolvimento vai continuar, trazendo benefícios para o comércio local, já que a torcida do Corinthians certamente vai encher o estádio nos jogos que virão depois da Copa.

iG – Depois de anos na Europa, você teve os dois últimos anos da sua carreira como jogador no Corinthians. Viu de perto o esforço do clube para dar um salto importante na sua história e ajudou muito nisso. Qual o poder que esse estádio em Itaquera terá nessa nova fase do Corinthians?
Ronaldo – A torcida do Corinthians merecia esse novo estádio, por tudo que faz e já fez pelo clube. Será um salto importante para que o Corinthians desenvolva ainda mais sua marca e possa fidelizar seu torcedor, que irá se identificar com o Itaquerão. Será um caldeirão, tenho certeza que a Fiel vai lotar todo jogo na nova casa, que está ficando linda.

iG – Após sua aposentadoria dos gramados, você abraçou São Paulo como sua casa. Constituiu sua empresa na cidade e agora, como membro do COL, pode ver os avanços que a Copa trará para a cidade e vice-versa. Quais são as principais vantagens que a Copa do Mundo terá em receber seu primeiro jogo em São Paulo?
Ronaldo – Sabemos que São Paulo tem uma grande responsabilidade por dar o pontapé inicial na Copa do Mundo no País do Futebol. São Paulo é a maior cidade da América Latina e já está acostumada a receber grandes eventos. A cidade tem o maior aeroporto do país, o trem expresso que vai sair da Estação da Luz e levar até o estádio, o amor pelo futebol. Tem tudo pra ser uma grande festa e São Paulo vai encantar pela diversidade da cidade e pelo profissionalismo e alto nível de serviço.

iG – Como membro do COL, você viajou a outras sedes e viu de perto as obras que cada uma delas está fazendo para receber a Copa. Em que patamar você coloca São Paulo na comparação com as outras sedes, principalmente em relação às obras de mobilidade?
Ronaldo – As cidades são diferentes, difícil comparar. São Paulo é a maior cidade do Brasil, a mais rica, possui uma extensa linha de metrô e trem, por exemplo. Sempre há o que melhorar e Itaquera está passando por intervenções, mas talvez o impacto em termos de obras de mobilidade seja muito maior em Cuiabá, por exemplo. Muitas obras que a população dessas doze sedes precisa estão saindo do papel. Em alguns casos, pode ser que não fiquem 100% prontas para a Copa. Mas se ficar alguns meses depois, a população vai ser beneficiada, e isso é o mais importante.

Veja fotos recentes da obras na Arena Corinthians:

 
 
Visão externa da Arena Corinthians a partir do terminal Itaquera do metrô. Foto: Thiago Rocha/iG
1/12

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s