Em São Paulo, sem acordo, metroviários decidem parar

Os funcionários do Metrô de São Paulo decidiram na noite de ontem entrar em greve por tempo indeterminado a partir de 5 de junho.

Em assembleia no Sindicato dos Metroviários, foi rejeitada a proposta de reajuste salarial oferecida pelo Metrô, de 5,2%. Os funcionários pedem 35,47%.

Na assembleia, foi aceita a proposta do núcleo de conciliação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de não realizar greve até a próxima tentativa de acordo, marcada para o dia 4 de junho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s