Ministro: parceria entre PCC e black blocs é ‘inadmissível’

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou no domingo que é “inadmissível” a associação entre black blocs e a facação criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para causar caos na Copa do Mundo. “É inadmissível que pessoas queiram se associar ao crime para fazer reivindicações”, disse o ministro ao jornal O Estado de S. Paulo. A entrevista foi uma reação a uma reportagem do jornal em que um black bloc afirma ter “certeza” da atuação do PCC no Mundial.

Cardozo disse ainda que o governo está monitorando todos os setores considerados estratégicos e que poderão criar problemas, afirmando ainda que há uma cooperação entre os serviços de inteligência dos governos federal e de São Paulo para acompanhar quaisqer situações. 

Fonte: Terra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s