Com uma goleada histórica, Holanda se vinga da Espanha

De A Tribuna On-line

 
N/A

Jogadores da Holanda comemoram: time jogou como quis

Sem fazer muito esforço, a Holanda sentiu o doce sabor da vingança na tarde desta sexta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Na reedição da final da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, o time holandês mudou a história e venceu os espanhóis por 5 a 1, de virada. Na decisão do último mundial, a Espanha venceu por 1 a 0 com um gol marcado na prorrogação e levantou a taça pela primeira vez em sua história.

Embora não tenha tido maiores dificuldades, o time holandês demorou para encontrar seu jogo. Quando achou, pegou uma Espanha muito aquém daquela de quatro anos atrás, um time praticamente irreconhecível. Com entrosamento e muita vontade, a Holanda fez o que quis em campo.

Começou com problemas, é verdade. O italiano Nicola Rizzoli parecia disposto a mostrar que a  arbitragem é o grande personagem das primeiras partidas da Copa do Mundo. Ele marcou um pênalti de Vrij no brasileiro Diego Costa, que atua pela seleção espanhola. No lance ficou claro que Costa deixou o pé para receber a falta. Xabi Alonso bateu bem e abriu o placar, aos 26 minutos do primeiro tempo.

Só que o time holandês não se abateu e empatou a partida aos 43 minutos. Van Persie recebeu lançamento de Blind, deixou Sergio Ramos para trás e mergulhou para colocar a cabeça na bola e encobrir o goleiro Casillas.

O ‘passeio holandês’ começou aos sete minutos do segundo tempo, com Robben. Ele matou a bola na área, tirou Piqué e bateu de esquerda para marcar o gol da virada. Doze minutos depois, De Vrij marcou o terceiro de cabeça depois que Van Persie dividiu a bola com Casillas. O quarto gol saiu aos 26 minutos em  uma lambança do goleiro espanhol, que dominou mal a bola  e deu de presente para Van Persie, que não perdoou.

Para fechar a conta, Robben recebeu lançamento, passou por Sergio Ramos, deixou Casillas no chão e colocou para o fundo da rede.

Na próxima rodada, quarta-feira que vem, a Espanha pega o Chile no Maracanã com obrigação de vencer. A Holanda, cheia de moral, encara a Austrália no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Van Persie cabeceia com estilo para empatar o jogo

Van Persie cabeceia com estilo para empatar o jogo e dar início à vitoria holandesa em Salvador

FICHA TÉCNICA

ESPANHA 1 X 5 HOLANDA

Data e horário: 13/6/2014, às 16h00

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)

Árbitro: Nicola Rizzoli (FIFA/ITA)

Assistentes: Renato Faverani (FIFA/ITA) e Andrea Stefani (FIFA/ITA)

Cartões Amarelos: Casillas (ESP), De Guzmán, De Vrij e Van Persie(HOL)

GOLS: Xabi Alonso (pênalti), aos 26 e Van Persie, aos 43 minutos do primeiro tempo; Robben, aos 7, De Vrij, aos 18 minutos, Van Persie, aos 26 e Robben, aos 35 minutos do segundo tempo

ESPANHA: Casillas; Azpilicueta, Sergio Ramos, Piqué e Jordi Alba; Xabi Alonso (Pedro), Busquets, Iniesta e Xavi; David Silva (Fabregas) e Diego Costa (Fernando Torres)

Técnico: Vicente Del Bosque

HOLANDA: Cillessen; Vlaar, De Vrij (Veltman) e Martins Indi; Janmaat, De Jong, De Guzmán (Wijnaldum), Sneijder e Blind; Robben e Van Persie (Lens)

Técnico: Louis van Gaal

CONFIRA AS MELHORES IMAGENS DA GOLEADA DA HOLANDA SOBRE OS ATUAIS CAMPEÕES DO MUNDO:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio

%d blogueiros gostam disto: