Empregadas domésticas em fúria contra Governo grego

por H.T. com AFPHoje

 
Empregadas domésticas em fúria contra Governo grego
Fotografia © Reuters

O novo ministro das Finanças grego, Yannis Stournaras, não só herdou o dossier da dívida, como tem de enfrentar a ira das empregadas domésticas, que acamparam à porta do seu Ministério, em protesto contra as medidas de austeridade.

Desde meados de maio que a cena de repete no centro de Atenas: debaixo dos arcos do Ministério das Finanças, uma tenda, mesas e por entre bandeirinhas, um slogan: “Empregadas domésticas desempregadas em luta”.

Os destinos de 595 empregadas, despedidas devido ao rigor imposto nos serviços centrais e repartições de finanças por todo o país, tornaram-se um assunto delicado em termos políticos, sociais e jurídicos para o Governo de Atenas.

Sob assistência financeira internacional, a Grécia dispensou desde 2012 mais de 20 mil funcionários públicos. O objetivo é uma redução de 25 mil efetivos até final deste ano, conforme as exigências da troika.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s