Extremistas islâmicos atacam principal refinaria do Iraque

Visão geral da refinaria de petróleo de Baiji, norte de Bagdá,  janeiro de 2009.

Visão geral da refinaria de petróleo de Baiji, norte de Bagdá, janeiro de 2009|REUTERS/Thaier al-Sudani/Files|
 
Jihadistas do grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) atacaram na manhã desta quarta-feira (18) a principal refinaria de petróleo ao norte de Bagdá, capital do Iraque. O ministro saudita das Relações Exteriores, o príncipe Saoud Al-Fayçal, advertiu nesta quarta-feira (18) sobre os riscos de uma “guerra civil” no Iraque, que poderia desestabilizar toda a região.
 

Diante da ofensiva sem precedente dos jihadistas, o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, afastou ontem comandantes do Exército acusados de não fazer o suficiente para conter a ofensiva no norte. Em uma semana de combates, os extremistas conquistaram grande parte da província de Nivine, onde fica Mossul, segunda maior cidade do país; também dominaram outros redutos importantes, com o apoio de sunitas do antigo regime de Saddam Husseim.

O Exército conseguiu afastar os extremistas islâmicos de Baquba, a 60 km da capital Bagdá, em combates que teriam deixado dezenas de mortos. Mas com a invasão da refinaria, os jihadistas dão nova demonstração de força.

A Índia continua sem informações de 40 cidadãos indianos sequestrados em canteiros de obras no norte do Iraque. A Arábia Saudita adverte contra uma guerra civil no país vizinho, enquanto o Irã diz que fará tudo para proteger os santuários xiitas no Iraque. 

Uma consideração sobre “Extremistas islâmicos atacam principal refinaria do Iraque”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s