Vigiar Julian Assange custa caro aos cofres da Inglaterra

Julian Assange está escondido há dois anos na Embaixada do Equador em Londres.

Julian Assange está escondido há dois anos na Embaixada do Equador em Londres|Flickr|Espen Moe

Hoje faz dois anos que Julian Assange, fundador do site Wikileaks, está refugiado na embaixada do Equador em Londres. A vigilância do militante australiano custa uma fortuna por dia para os contribuintes da Grã-Bretanha, cerca de €11 mil (R$33 mil). Do momento em que ele se escondeu na embaixada até hoje já foram gastos €8 milhões, cerca de R$24 milhões.
 

 

A soma gasta nestes dois anos inclui os salários dos policiais, horas extras, uso de veículos, escritórios e material informático. Vinte e quatro horas por dias os oficiais estão de guarda do lado de fora da embaixada, um prédio de tijolos perto da Harrods, uma das lojas mais luxuosas de Londres.

Por razões de segurança, a Scotland Yard não divulga o número de pessoas mobilizadas na vigilância de Assange, que completou 42 anos.

Extradição

Foi no dia 19 de junho de 2012 que Julian Assange se refugiou na embaixada do Equador em Londres para escapar de uma extradição para a Suécia, sob acusação de estupro e agressão sexual.

Temendo ser, em seguida, extraditado para os Estados Unidos e ser julgado por ter revelado em seu site milhares de documentos confidenciais americanos, Assange se escondeu na representação diplomática equatoriana. E não saiu de lá até hoje.

O hacker mais famoso do mundo pode contar com a proteção do Equador. O presidente Rafael Correa declarou que o australiano sempre terá a proteção do seu país e pode ficar na embaixada por quanto tempo quiser.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s