Vírus ebola avança na Guiné e preocupa autoridades

Enfermeiros socorrem doentes com Ebola em março passado na Guiné.

Enfermeiros socorrem doentes com Ebola em março passado na Guiné.

AFP PHOTO|MEDECINS SANS FRONTIERES

O avanço da epidemia de ebola no oeste da África preocupa as autoridades do continente e a Organização Mundial da Saúde (OMS). O número de casos explodiu no começo deste mês, segundo informações divulgadas na noite de quarta-feira (18).

Nos últimos 15 dias, o número de casos registrados da doença cresceu 60% no continente africano. Os três países mais afetados pelo surto são Guiné, Serra Leoa e Libéria. A OMS já confirmou a morte de 337 pessoas. No final de semana passada, sete pessoas morreram na Monróvia, capital da Libéria.

Um fato alarmante do surto de ebola este ano é que a taxa de mortalidade dos casos registrados é de 50%, um índice considerado elevado. Até hoje, não existe nenhum tratamento para a doença. Também não existe nenhuma vacina contra o vírus, que provoca febre hemorrágia e intensa desidratação. A doença se transmite por meio do contato com animais selvagens e também com pessoas contaminadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s