Morreu o ex-presidente venezuelano Ramón J. Velásquez

AFP – Agence France-Presse

24/06/2014 

Ramón J. Velásquez, que foi presidente provisório da Venezuela entre 1993 e 1994, morreu nesta terça-feira, aos 97 anos, informou Henry Ramos Allup, secretário-geral do Partido Ação Democrática, no Twitter.

Velásquez, nativo do estado Táchira (oeste), foi jornalistas, jurista e historiado muito respeitado no mundo político, por isso o congresso decidiu elegê-lo como o homem da transição quando o presidente Carlos Andrés Pérez foi destituído após ser acusado de abuso de fundos públicos.

Em seu curto mandato, fez da descentralização sua principal política de Estado, mas sua administração foi ofuscada pelo erro de ter assinado o indulto do narcotraficante Larry Tovar Acuña, que representava o cartel de Medellín na Venezuela.

Foi preso duas vezes durante o regime de Marcos Pérez Jiménez e, depois da queda do presidente, virou secretário da presidência de Rómulo Betancourt (1959-1964), ministro das Comunicações de Rafael Caldera (1969-1971) e presidente da comissão presidencial para a reforma do Estado no período de Jaime Lusinchi (1984-1989), que faleceu há um mês.

Velásquez também foi diretor do jornal El Nacional (1964-1969 e 1979-1981).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s