Desemprego nos EUA cai a menor nível desde setembro de 2008

Diminuição do desemprego nos Estados Unidos atingiu o nível mais baixo em seis anos. Na foto fábrica de montagem de televisores em Winnsboro, na Carolina do Sul.

Diminuição do desemprego nos Estados Unidos atingiu o nível mais baixo em seis anos. Na foto fábrica de montagem de televisores em Winnsboro, na Carolina do Sul.

REUTERS/Chris Keane
RFI

O aumento das vagas de empregos nos Estados Unidos saltou em junho e a taxa de desemprego caiu para 6,1%, o menor nível em quase seis anos. Os números divulgados nesta quinta-feira (3) dissipam os temores sobre a retomada da economia americana, após um início de ano difícil.

O Departamento do Trabalho informou que foram criados 288 mil empregos fora do setor agrícola no mês passado. Os dados para abril e maio foram revisados e indicam um aumento de 29 mil vagas, em relação ao que estava previsto.

Essa foi a primeira vez desde o boom de tecnologia, no final da década de 1990, que a abertura de postos cresceu a um ritmo acima de 200 mil vagas durante cinco meses consecutivos. Nesse contexto, o índice de desemprego recuou 0,2% em relação a maio, ficando em 6,1%. No auge da crise, o pico de desemprego foi de 10%, em outubro de 2009.

Maré positiva

O relatório sobre o trabalho se soma a dados robustos de vendas de automóveis em junho e a números que mostram uma expansão firme das manufaturas, sugerindo que uma queda na produção econômica no primeiro trimestre foi uma anomalia.

O Produto Interno Bruto (PIB) contraiu a uma taxa anual de 2,9% no período de janeiro a março, causando uma forte redução de estimativas do crescimento dos EUA para este ano. O crescimento na segunda metade do ano está estimado em torno de 3,5%.

Conforme os dados divulgados hoje, a taxa de participação na força de trabalho – a parcela de norte-americanos em idade de trabalhar que estão empregados ou buscando um emprego – ficou estável em 62,8%. O índice de norte-americanos com emprego subiu para 59%, nível mais alto desde agosto de 2009.

Euforia nas bolsas

Os dados positivos levaram a bolsa de Nova York a abrir em forte alta nesta quinta. O índice Dow Jones chegou a 17.043 pontos, ultrapassando o limite de 17 mil pontos pela primeira vez na história. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s