Conselho de Direitos Humanos da ONU se reunirá para discutir crise em Gaza

Pelo menos um terço dos membros do Conselho (16 países) precisam demonstrar apoio para convocar este tipo de reunião

France Presse

21/07/2014 

Parentes choram durante funeral de menino que morreu em bombardeio  (Mohammed Salem/Reuters)  
Parentes choram durante funeral de menino que morreu em bombardeio

A ONU anunciou nesta segunda-feira (21/7) que o seu Conselho de Direitos Humanos realizará uma reunião extraordinária na quarta-feira (23/7) sobre a situação “no Território Palestino ocupado, incluindo Jerusalém Oriental”, em pleno conflito entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza.

“O Conselho de Direitos Humanos realizará uma reunião extraordinária na quarta-feira, 23 de julho, sobre a situação dos direitos humanos nos Territórios Palestinos ocupados, incluindo Jerusalém Oriental”, disse a ONU em um comunicado.

O presidente do Conselho, o gabonês Baudelaire Ndong Ella, recebeu na sexta-feira uma carta assinada pelo representante permanente do Egito, em nome do grupo árabe, de seu colega paquistanês, em nome da Organização para a Cooperação Islâmica, e do observador permanente do Estado da Palestina, pedindo a convocação de uma sessão especial. 

Para convocar esse tipo de reunião é necessário o apoio de pelo menos um terço dos membros do Conselho, ou seja, 16 países. O conflito entre Israel e o Hamas na Faixa de Gaza, que começou no dia 8 de julho, deixou mais de 500 mortos palestinos – a maioria civis – e 20 israelenses, incluindo 18 soldados.

O Conselho de Segurança da ONU pediu na noite de domingo o “fim imediato das hostilidades” no reduto palestino.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s