Jihadistas ordenam a mutilação genital de mulheres no Iraque

Funcionário da ONU afirmou que medida pode afetar quatro milhões de pessoas

Funcionário da ONU afirmou que medida pode afetar quatro milhões de pessoas<br /><b>Crédito: </b> Haidar Hamdani / AFP / CP
Funcionário da ONU afirmou que medida pode afetar quatro milhões de pessoas 
Crédito: Haidar Hamdani / AFP / CP

Os Jihadistas ordenaram que todas as mulheres iraquianas entre as idades de 11 e 46 devem ser submetidas a mutilação genital feminina, o que poderia afetar até quatro milhões de mulheres e meninas no país devastado pela guerra, afirmou um funcionário da ONU nesta quinta-feira.

Segundo mais alto funcionário da ONU no Iraque, Jacqueline Badcock, disse: “É uma fatwa (decreto religioso), aprendemos sobre isso esta manhã. Nós não temos números precisos”. As mutilações genitais não são comuns no Iraque, e se restringem mais a regiões isoladas.

Fonte: AFP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s