Petrobras investe US$ 587 milhões em projetos no Amazonas

Investimentos ampliam produção de petróleo e gás nas bacias dos rios Amazonas e Solimões

Jornal do Commércio | Manaus

Procura por gás natural será na bacia do rio Solimões. Foto: Reprodução/Shutterstock

MANAUS – A produção de petróleo e gás no Amazonas deve receber investimentos estimados em US$ 587 milhões até o final deste ano, segundo a Petrobras. Pelo menos dois projetos devem ser implementados, incluindo a extração do gás natural. Entre as iniciativas destacam-se a implantação da quarta Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN-IV), em Urucu, que deverá processar inicialmente 1,8 milhão metros cúbicos diários de gás natural. E ainda, a perfuração de poços para pesquisa de petróleo na área de concessão denominada AM-T-85, na Bacia do rio Amazonas, que abrange os municípios de Silves e Itapiranga.

Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, a partir da implantação da UPGN-4 a produção total de Líquido de Gás Natural (LGN) da companhia, em Urucu, terá um acréscimo de cerca de 12%, número que corresponde a um ganho de mais de 2 mil barris por dia. O crescimento da produção de LGN possibilita um aumento na entrega ao mercado de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) que é uma parcela do LGN. Neste ano, a autarquia ainda iniciou uma produção no campo do gasoduto Juruá-Araracanga, na província petrolífera do Urucu, com ganho de produção de gás de cerca de 800 mil metros cúbicos diários.
De acordo com a Petrobras, a média da produção de petróleo no Estado é de 44 mil barris diários, número que vem sendo mantido. Quanto ao gás natural, a produção média é de 12,5 milhões metros cúbicos por dia. O gás natural extraído no Amazonas é consumido pelas usinas termelétricas do Sistema Eletrobras (Mauá e Aparecida), cinco PIEs (Produtores Independentes de Energia) que são: Tambaqui, Jaraqui, Manauara, Cristiano Rocha e Ponta Negra; Cigás (Companhia de Gás do Amazonas) e a Reman (Refinaria Isaac Sabbá (Reman). As empresas utilizam 3,4 milhões metros cúbicos diários de gás natural. A assessoria afirma que o gás natural produzido no Estado atende a demanda local.
De acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), no período de janeiro a julho deste ano foram produzidos mais de 26,6 milhões metros cúbicos de gás natural no Amazonas. O secretário da Secretaria Estadual de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos (SEMGRH), Daniel Nava, avalia a província do Urucu como uma das reservas mais produtivas de óleo e gás natural. Ele explica que o óleo extraído após receber um tratamento dá origem a outros produtos. “A área de Urucu tem uma produção significativa.
Parte do óleo vem para a refinaria e logo após é transformado em outros produtos. O gás abastece empresas”, frisa. Nava ainda informou que do total de gás extraído no Brasil 7% é proveniente do Amazonas. “Entre três a cinco empresas, além da Petrobrás, atuam no Estado para tornar esse trabalho possível e com bons resultados de extração”, disse.
A Petrobras conta com um quadro funcional nas atividades de exploração e produção na Amazônia constituído por mais de 5,2 mil colaboradores. Deste total, mais de 4,6 mil atuam na Base de Operações Geólogo Pedro Moura, em Urucu. O petróleo produzido na província de Urucu é processado na Reman (Refinaria Isaac Sabbá), que pertence à Petrobras.
A Reman tem capacidade de processamento de 46 mil barris diários de petróleo, com relevante contribuição quanto ao abastecimento da região Norte. Sua produção é destinada ao mercado local. Dentre os derivados do petróleo produzidos pela refinaria podemos destacar o diesel, a gasolina, o querosene de aviação e o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), popularmente conhecido como gás de cozinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s