Dieta mediterrânea reduz doenças renais em 50%

Agência ANSA

A dieta mediterrânea protege a saúde dos rins, quem segue fielmente este tipo de alimentação pode evitar doenças renais crônicas, revela um estudo médico norte-americano. Este tipo de dieta reduz o risco de ter doenças renais crônicas em 50% e evita danificar a funcionalidade dos rins em 42%, revela a pesquisa realizada por especialistas da Columbia University Medical Centers.

O estudo, realizado com 900 pessoas que foram acompanhadas por sete anos, busca encontrar soluções para a epidemia de doenças renais que atinge 20 milhões de norte-americanos. “Adotar a dieta mediterrânea significa consumir regularmente mais fruta, verdura, peixe, legumes e gorduras poliinsaturadas e reduzir as carnes, alimentos em lata, alimentos industrializados e doces”, explicam os pesquisadores.

Não existem “alimentos mágicos, mas é necessário ter uma maior disciplina na escolha do que se coloca na mesa e o que se come fora de casa, destinando o consumo de doces apenas em ocasiões especiais”, destacam os especialistas.

A pesquisa foi publicada na revista científica “Clinic Journal of the Americn Society of Nephrology”.    A dieta mediterrânea consiste basicamente em um maior consumo de verduras, legumes, frutas frescas, nozes e cereais, queijos magros, azeite extra-virgem, peixes e uma taça de vinho tinto por dia.

Um estudo espanhol já revelou que este tipo de dieta também reduz o risco de desenvolver doenças cardiovasculares em 30%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s