Comédia, Terror e Musical estreiam nas telonas de Manaus

Portal Amazônia

Cinemas da capital amazonense continuam com os filmes ‘Os Pinguins de Madagascar’, ‘Êxodo: Deuses e Reis’, e muito mais

MANAUS – Os filmes ‘A Entrevista’ e ‘Caminhos da Floresta’ são algumas das estreias nas telonas de Manaus. Para aqueles que são amantes de terror o filme ‘A Mulher de Preto 2 – O Anjo da Morte’, compõe a lista de estreias. Confira os horários e a sinopse do filme.

A Entrevista:

Dave Skylark (James Franco) e seu produtor Aaron Rapoport (Seth Rogen) conduzem o popular programa de TV sobre celebridades `Skylark Tonight´. Quando descobrem que o ditador norte-coreano Kim Jong-Un é fã do show, eles marcam uma entrevista com ele na tentativa de conseguirem sua aprovação como jornalistas sérios. Mas quando Dave e Aaron se preparam para viajar à Pyongyang, seus planos mudam no momento em que a CIA os recruta, mesmo sendo os homens mais desqualificados possíveis, para assassinar Kim Jong-Un.

Horário:

Cinemark – Dublado: 12h40, 15h20, 18h20, 21h
Cinépolis Millennium – Dublado: 17h45; Legendado: 15h10, 20h20
Cinépolis Plaza – Dublado: 14h35, 17h05, 22h30; Legendado: 19h55
Cinépolis Ponta Negra – Dublado: 13h10, 18h30; Legendado: 15h45, 21h30; Legendado VIP: 16h, 22h10
Kinoplex – Dublado: 16h, 20h55

Caminhos da Floresta:

‘Caminhos da Floresta’ cruza as tramas de algumas histórias e explora as consequências dos desejos e das buscas dos personagens. Este musical engraçado e emocionante segue os contos clássicos de Cinderela (Anna Kendrick), Chapeuzinho Vermelho (Lilla Crawford), João e o Pé de Feijão (Daniel Hittlestone) e Rapunzel (Mackenzie Mauzy), todos reunidos em uma história original envolvendo um padeiro e sua esposa (James Corden e Emily Blunt), seu desejo de formar uma família e a interação com a bruxa (Meryl Streep) que os amaldiçoou.

Horário:

Cinemark – Legendado: 12h50, 15h45, 18h30, 21h15
Cinépolis Millennium – Legendado: 3h30, 16h15, 19h05, 21h50
Cinépolis Ponta Negra – Legendado: 13h45, 16h35, 22h20; Legendado VIP: 13h, 19h
Kinoplex – Legendado: 15h40, 18h20, 21h
Playarte – Legendado: 13h20, 15h55, 18h30, 21h05, 23h40

A Mulher de Preto 2 – O Anjo da Morte:

Durante a Segunda Guerra Mundial, um bombardeio destrói a cidade de Londres, forçando diversas crianças a buscarem abrigo em cidades menores da Inglaterra. Edward é uma destas crianças traumatizadas. Ele acabara de perder os pais e não pronuncia uma palavra sequer. Ele é acolhido pela governanta Jean e pela professora Eve na Mansão do Pântano. O abrigo está caindo aos pedaços, mas serve como refúgio ao pequeno grupo. Aos poucos, no entanto, uma série de acontecimentos assustadores passam a afetar os novos hóspedes.

Horário:

Cinemark – Dublado: 11h20, 13h30, 15h50, 18h10, 20h40
Cinépolis Millennium – Dublado: 14h45, 19h45; Legendado: 17h15, 22h15
Cinépolis Plaza – Dublado: 15h15, 17h30, 18h50, 21h05, 22h; Legendado: 19h45
Cinépolis Ponta Negra – Dublado: 15h20, 20h15; Legendado: 17h40, 22h30
Kinoplex – Dublado: 13h40, 18h40
Playarte – Dublado: 13h, 15h, 17h, 19h, 21h, 23h

Um Santo Vizinho:

Maggie e seu filho adotado de 12 anos, Oliver, se mudam para a casa ao lado da do veterano de guerra Vincent. Quando Oliver fica trancado para fora de casa um dia, Vincent o deixa ficar em sua casa até que sua mãe volte. Como Vincent tem contas até o teto para pagar e está desesperado por dinheiro, ele diz a Maggie que ficará como babá de Oliver todos os dias após a escola. Vincent então introduz Oliver em seu estilo de vida, que inclui jogos de azar, bebidas e seu relacionamento com uma prostituta russa.

Horário:

Cinépolis Millennium – Legendado: 19h30
Cinépolis Ponta Negra – Legendado VIP: 17h

Anúncios

Vaticano admite 2 casos internos de posse de pornografia infantil

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO (Reuters) – O Vaticano, que ainda luta contra os efeitos de um escândalo mundial de pedofilia na Igreja Católica, descobriu dois casos de posse de pornografia infantil entre seus muros em 2014, disse seu promotor público no sábado.

Gian Piero Milano, cujo título oficial é Promotor de Justiça, relatou os casos num relatório de 50 páginas lido para autoridades do Vaticano na cerimônia que abre o ano jurídico.

A Igreja Católica tem sido atingida por escândalos de abuso sexual de crianças por padres nos últimos 15 anos. O papa Francisco prometeu tolerância zero para os infratores, mas as vítimas de abuso querem que ele faça mais e que os bispos que supostamente encobriram abusos paguem por isso.

Em seu relatório, Milano disse que a polícia do Vaticano investigou “dois casos delicados, de diferentes graus de gravidade, de posse de material de pornografia infantil” por pessoas que vivem ou trabalham dentro do Vaticano, a sede da igreja de 1,2 bilhão de membros.

O promotor não deu detalhes, mas um porta-voz do Vaticano disse que um dos casos envolvia o ex-arcebispo, Jozef Wesolowski, que foi preso em setembro, acusado de pagar para fazer sexo com crianças enquanto era embaixador papal na República Dominicana.

Francisco aprovou a prisão –a primeira dentro do Vaticano ligada a alegações de abuso sexual, a fim de enviar um sinal de que mesmo altos funcionários da igreja serão responsabilizados se cometerem abusos, disse o Vaticano na ocasião.

A imprensa italiana noticiou na época que pornografia infantil foi encontrada no seu computador. Atualmente ele está preso no Vaticano, à espera de julgamento.

O porta-voz do Vaticano não deu detalhes sobre o outro caso.

O promotor também citou investigações de 2014 sobre desfalques envolvendo antigos administradores do banco do Vaticano, conhecido como Instituto para Obras de Religião.

Milano ainda mencionou no relatório o caso de um monsenhor polonês, condenado por desvio de fundos de uma basílica de Roma, onde trabalhou como contador. Houve três tentativas de entregar drogas ilegais no Vaticano vindas de países estrangeiros, pelo correio, em 2014, disse ele, sem dar detalhes.

Rússia prevê PIB negativo de 3% de 2015, dia agência

MOSCOU (Reuters) – O ministro da economia da Rússia, Alexei Ulyukayev, disse que o ministério prevê queda de três por cento na economia do país em 2015 e uma inflação de 12 por cento até o final do ano, afirmou a agência de notícias Interfax neste sábado.

Mais cedo, o ministro disse que estava baseando sua previsão macroeconômica no preço médio de 50 dólares por barril de petróleo, principal produto de exportação da Rússia.

Ulyukayev também disse que é provável que a Rússia tenha uma saída líquida de capital de cerca de 115 bilhões de dólares.

O investimento de capital –dinheiro investido em itens como construção e infraestrutura – deve cair cerca de 13 por cento esse ano e as vendas no varejo em oito por cento, disse ele.

(Reportagem de Polina Devitt)

Ucrânia abrem novas negociações de paz com separatistas

MINSK/KIEV (Reuters) – Uma nova rodada de negociações de paz envolvendo a Ucrânia e separatistas começou neste sábado, enquanto combates entre as forças do governo de Kiev e os rebeldes apoiados pelos russos assola o leste da Ucrânia, matando civis e militares.

Os principais membros do chamado grupo de contato -o ex-presidente ucraniano Leonid Kuchma, um diplomata russo e um oficial da Organização para Segurança e Cooperação na Europa- se reuniram numa residência na capital bielorrussa Minsk, onde se juntaram a dois representantes dos separatistas.

Os lados tiveram apenas uma reunião inconclusiva desde que selaram um cessar-fogo em setembro, como parte de um plano de 12 pontos para a paz. Violada desde o início, a trégua ruiu completamente com um novo avanço dos rebeldes na semana passada.

Ambos os lados se acusaram mutuamente de ataques mortais de artilharia e morteiros contra alvos civis nas últimas duas semanas, incluindo um centro cultural na principal cidade regional de Donetsk na sexta-feira, que matou pelo menos cinco pessoas à espera de ajuda humanitária.

O plano de paz setembro também pediu um controle mais rígido da fronteira entre a Rússia e Ucrânia, por meio do qual Kiev diz Moscou está canalizando lutadores e equipamentos, bem como a libertação dos prisioneiros detidos de parte a parte.

Muita coisa mudou, no entanto, desde setembro.

Os separatistas criaram auto-proclamado ‘repúblicas do povo’, enquanto suas forças, que Kiev diz ter suporte de 9 mil soldados russos, tomaram mais de 500 quilômetros quadrados de território para além do acertado nas conversações de Minsk e ameaçam assumir o controle de duas regiões do leste do país.

O pesado bombardeio continuou neste sábado em regiões do leste da Ucrânia, como os separatistas tentando cercar as forças governamentais próximas ao entroncamento ferroviário e rodoviário estratégico de Debaltseve.

O chefe da polícia regional Vyacheslav Abroskin, em um post no Facebook, disse que 12 civis foram mortos por um bombardeio separatista. O ministro da Defesa Stepan Poltorak disse que 15 soldados ucranianos foram mortos e 30 ficaram feridos em confrontos no leste.

Os rebeldes também continuavam a ameaçar Mariupol, uma cidade de meio milhão no sudeste do país, na costa do Mar de Azov, disse Lysenko.

Mais de 5 mil pessoas foram mortas no conflito desde abril passado, após a anexação da Crimeia pela Rússia, em resposta à destituição do presidente apoiado por Moscou em Kiev.

Sanções ocidentais contra a Rússia criaram a maior crise nas relações Rússia-Ocidente desde o fim da Guerra Fria.

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP

Presidente do Irã acusa opositores internos de prejudicar negociações nucleares

DUBAI (Reuters) – O presidente iraniano, Hassan Rouhani, está cada vez mais frustrado com a resistência a um acordo nuclear com o Ocidente e acusou adversários neste sábado de “torcerem” para o outro lado nas negociações exaustivas de Teerã com as potências mundiais.

Logo depois de sua vitória nas eleições 2013 sobre extremistas conservadores, o pragmático Rouhani prometeu acabar com os 12 anos de impasse nas conversas nucleares com o Ocidente e garantir o fim de duras sanções que debilitaram economia iraniana dependente do petróleo.

As conversações do Irã com Estados Unidos, China, Rússia, França, Alemanha e Grã-Bretanha continuaram por cerca de 14 meses e ultrapassaram o prazo de novembro 2014 para um acordo final abrangente, que limitaria a capacidade de energia nuclear do Irã em troca de uma gradual levantamento das sanções.

As potências ocidentais suspeitam que o Irã esteja enriquecendo urânio para desenvolver uma capacidade de armas nucleares e quer frear rigorosas inspeções da ONU para impedir esse desfecho. O Irã diz que busca apenas energia pacífica de enriquecimento.

Rouhani, confrontado com a crescente preocupação popular sobre a sua promessa eleitoral não cumprida para corrigir a economia, culpou a interferência dos opositores em parte pela falta de progresso nas negociações.

“Aqui no nosso país não é claro o que (os críticos) estão fazendo. É como se eles estivessem torcendo pela equipe rival,” Rouhani disse ele em reunião pública, citado por um funcionário da agência de notícias Irna.

“E quando perguntamos a eles o que querem, eles respondem:” Nós estamos criticando e crítica é uma coisa boa … Isso não é crítica, é sabotagem dos interesses nacionais e favor para a política partidária “, disse ele.

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, até agora tem apoiado as negociações nucleares, mas também segue denunciando “inimigos” estrangeiros e “o Grande Satã” para tranquilizar os políticos linha dura, para quem o sentimento anti-EUA sempre foi parte integrante da Revolução Islâmica do Irã.

(Reportagem de Mehrdad Balali)

Bahrein tira nacionalidade de 72 cidadãos por violência

O Bahrein anunciou neste sábado que tirou a nacionalidade de 72 cidadãos que “prejudicaram os interesses do reino”, onde a maioria xiita pede desde 2011 uma monarquia constitucional, segundo a agência oficial BNA.

Segundo a agência, esta decisão, anunciada por decreto, se inscreve dentro das medidas tomadas para “preservar a segurança e a estabilidade e lutar contra os perigos e as ameaças terroristas”.

A agência oficial publicou os nomes das 72 pessoas privadas da nacionalidade do Bahrein.

“As autoridades competentes no ministério do Interior tomarão as medidas necessárias para aplicar a decisão governamental”, explicou a BNA.

Trata-se do maior número de bahrenitas que perde coletivamente a nacionalidade desde que entrou em vigor uma lei adotada em 2013 que prevê esta sanção para os autores de ações qualificadas como “terroristas”.

Pequeno país dirigido pela dinastia sunita Al Khalifa, o Bahrein vive, desde fevereiro de 2011, protestos da maioria xiita, que pede uma verdadeira monarquia constitucional.

Ex-funcionária colombiana acusada de espionagem se entrega

A ex-diretora de Inteligência da Colômbia María del Pilar Hurtado, acusada de espionagem política, se entregou às autoridades no Panamá e já se encontra em Bogotá por ordem da Promotoria, informaram neste sábado autoridades de ambos países.

“Ela está na sede da Promotoria em Bogotá desde as 5 da manhã”, confirmou à AFP uma fonte da acusação, que garantiu que nas próximas horas divulgarão mais detalhes sobre o procedimento que será aplicado à ex-funcionária.

Mais cedo, o ministério de Segurança e a chancelaria do Panamá informaram em um comunicado conjunto que Hurtado “foi entregue às autoridades colombianas no Aeroporto de Tocumen e saiu em um voo privado para a Colômbia de madrugada”.

O advogado de Hurtado, Jaime Camacho, disse à emissora colombiana RCN La Radio, que a ex-funcionária está na sede da Promotoria à espera da audiência de legalização da captura”.

Segundo as autoridades panamenhas, Hurtado, ex-diretora do Departamento Administrativo de Segurança da Colômbia (DAS) durante o governo de Álvaro Uribe (2002-2010), fez contato com autoridades de migração desse país na sexta-feira à noite e logo se entregou, sendo notificada de sua expulsão do país.

A entrega da ex-funcionária acontece depois que na sexta-feira a Interpol publicou uma circular solicitando sua captura internacional pelos delitos de “conspiração agravada por apropriação, falsidade ideológica em documento público, violação ilícita de comunicações agravada e abuso de função pública”.

Camacho, seu advogado, disse neste sábado que todo o processo de entrega “foi muito rápido, muito ágil”.