Norte do Mali palco de violentos combates

Força de paz da ONU em patrulha no Mali, 23/07/15.

Força de paz da ONU em patrulha no Mali, 23/07/15.

REUTERS/Adama Diarra
Lígia ANJOS

O norte do Mali volta a ser palco para violentos combates entre membros de um grupo armado pró-governamental e a rebelião de maioria tuaregue; ambos signatários do acordo de paz, confirmou a missão da ONU no Mali (Minusma).

Várias pessoas perderam a vida, nos confrontos que decorrem desde sábado perto de Kidal, no nordeste maliano. Ambas as partes acusam-se mutuamente de não ter respeitado o cessar fogo assinado em Bamako, no passado mês de Junho.

O responsável do grupo de autodefesa tuaregue Imghad e aliados (Gatia, pró-Bamako), Fahad Ag Almahmoud, que enfrentou a Coordenação dos Movimentos de l’Azawad (CMA, rebeldes), disse à Agência France Presse que há registo de “15 mortos, entre os quais chefes militares. A situação está estabilizada. Os combates pararam temporariamente. Controlamos actualmente a cidade de Anéfis”, indicou Fahad Ag Almahmoud, secretário-geral do Gatia.“Recuperamos veículos e uma significativa quantidade de armas e munições. As hostilidades começaram há três dias (numa zona) entre Anéfis e Tabankort”, a meio caminho entre Kidal e Gao, a principal cidade do norte do Mali.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s