ANP fez mais de 7,4 mil ações de fiscalização no primeiro semestre

Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

O trabalho da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no primeiro semestre deste ano, resultou em 7.495 ações de fiscalização e 1.804 autos de infração. No período, foram feitas ainda 389 interdições e 113 apreensões de produtos.

Nos postos de combustíveis ocorreram 5.262 ações fiscalizatória, que resultaram em 1.047 infrações. Dessas, 93 infrações, totalizando 6,6%, foram em função da fraude conhecida como “bomba baixa”, quando há adulteração na bomba de combustível, que coloca menos produto no veículo do que informa o equipamento, lesando o consumidor. A Bahia registrou 22% dos casos de bomba baixa, seguida de São Paulo, com 21%, Rio de Janeiro, 12%, e Minas Gerais, 11%.

Vender ou armazenar produtos diferentes das especificações originais gerou 220 infrações. A gasolina registrou o maior número de não conformidades, totalizando 78 casos. A maior irregularidade foi o percentual de etanol fora do índice permitido.

Também houve fiscalização em revendedores de botijões de gás, totalizando 1.292 operações, que resultaram em 415 infrações. Por região, a ANP fez 3.470 ações de fiscalização no Sudeste, 1.704 no Nordeste, 1.132 no Centro-Oeste, 766 no Sul e 423 no Norte do país. Os dados foram divulgados nessa terça-feira (18) e podem ser acessados na íntegra na página da agência na internet (www.anp.gov.br).

Edição: Aécio Amado
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s