José Dirceu tem só R$ 104 mil em conta, diz Banco Central

Antes de ser preso, Dirceu dizia que devolveria o valor a além da multa que recebera dos seus apoiadores

20/08/2015
Foto: Reprodução/Facebook
O juiz federal Sergio Moro mandou bloquear R$ 20 milhões do ex-ministro José Dirceu. No entanto, o Banco Central informou que só encontrou R$ 103.777,40 em duas contas dele, mantidas na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, o valor equivale a 0,5% do montante que o juiz mandara bloquear. A maior parte dos recursos de Dirceu (cerca de R$ 96 mil) foi encontrada na conta que ele abriu para receber doações para pagar a multa aplicada pelo Supremo no julgamento do mensalão, de R$ 971 mil.

Antes de ser preso, Dirceu dizia que devolveria o valor a além da multa que recebera dos seus apoiadores. Como não há histórico da movimentação, não dá para saber se as contas foram esvaziadas antes da prisão de Dirceu, no último dia 3 de agosto. A empresa de consultoria do ex-ministro, a JD, chegou a faturar R$ 39,1 milhões, mas está desativada e não tinha nada no banco, ainda de acordo com relatório do Banco Central enviado nesta quarta (19) à Justiça federal do Paraná.

Segundo o lobista Milton Pascowitch, que fez um acordo de delação após ser acusado de repassar propina em negócios entre empreiteiras e a Petrobras, Dirceu recebia de R$ 500 mil a R$ 800 mil mensais de dois fornecedores de mão de obra terceirizada para a estatal, a Hope RH e a Personal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s