No interior de São Paulo, sem-terra marcham contra retrocessos

“O nosso objetivo ao tomar as ruas de Ribeirão Preto neste dia 20 é mostrar para o povo que a melhor forma de lutar contra o golpe e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora é ir para as ruas”, afirma o MST

20/08/2015

Brasil de Fato

A marcha com cerca de 400 trabalhadores sem terra teve início na terça-feira (18), em Serrana, interior paulista, e chegou na manhã desta quinta-feira (20) no município de Ribeirão Preto.

Eles estão mobilizados pela posse da fazenda Martinópolis, onde há mais de sete anos está montado o acampamento Alexandra Kollontai.

Neste momento, ocorre uma reunião com representantes da Procuradoria Geral do Estado e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para tratar do arrendamento da área.

De acordo com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no ano passado, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assumiu o compromisso com as famílias sem terra de que faria a adjudicação [ato judicial que concede posse] da fazenda e a destinaria para a Reforma Agrária, mas, até o momento, o processo está parado.

No final do dia, os sem-terra se somam às manifestações que ocorrem em todo o estado por direitos e pela democracia.

Segundo Kelli Mafort, da direção nacional do MST, Ribeirão Preto é uma das cidades em que houve um dos maiores atos fora Dilma no último domingo (16). Para ela, isso mostra o quanto a cidade é berço do pensamento conservador, o que é conivente com o modelo do agronegócio.

“O nosso objetivo ao tomar as ruas de Ribeirão Preto neste dia 20 é mostrar para o povo que a melhor forma de enfrentar a direita, de lutar contra o golpe e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora é ir para as ruas. Nosso papel é lutar até o fim pelos direitos sociais, entre eles a reforma agrária”, finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s