Imigrantes entram em confronto com polícia na Itália e criticam tratamento

MILÃO (Reuters) – Centenas de imigrantes entraram em confronto nesta segunda-feira com a polícia e bloquearam brevemente uma estrada importante que leva a Milão, coração financeiro da Itália, durante protesto contra as condições em que vivem e a longa demora para receber autorização de trabalho.

Entoando “documentos, documentos”, cerca de 300 imigrantes interromperam o tráfego da estrada. O batalhão de choque foi chamado para forçar o recuo dos manifestantes para seu acampamento temporário nas proximidades, onde esperam serem registrados e receber documentos de identificação.

Os manifestantes são na maioria africanos. “Este lar não presta, este lar não presta”, gritava um deles.

Mais de 100.000 imigrantes chegaram à Itália até agora neste ano pelo mar, de acordo com uma cifra do Ministério do Interior. Embora muitos dos recém-chegados procurem seguir rapidamente para países mais ricos do norte da Europa, pelo menos 85.000 estão em abrigos italianos, muitas vezes na esperança de obterem documentos temporários que lhes permitam procurar empregos.

Como em outras nações europeias, o fluxo enorme criou tensões políticas, e alguns partidos de oposição estão exigindo uma abordagem muito mais rígida para lidar com os imigrantes.

(Reportagem de Crispian Balmer)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s