Lojas do Rio recebem o primeiro carregamento da nova bala Juquinha

Donos da marca foram pessoalmente entregar as quase 30 toneladas. E vem mais uma novidade: forma de gelatina

O DIA | FRANCISCO EDSON ALVES

Rio – Mais uma novidade foi anunciada nesta segunda-feira, quando começou a chegar às lojas do ramo no Rio de Janeiro e em boa parte do Brasil, o primeiro carregamento de quase 30 toneladas da bala Juquinha, que volta ao mercado de “roupa nova”, conforme o DIA antecipou no domingo. Os novos donos da marca, Antônio Tanque, 57 anos, e seu filho, Vitor Tanque, 25, que fizeram questão de acompanhar pessoalmente o abastecimento dos primeiros 200 pontos de vendas na Capital carioca, revelaram que uma empresa espanhola está negociando a fabricação da Juquinha em forma de gelatina.

Galeria: Veja como é a preparação da bala mais famosa do Brasil

Conforme o DIA antecipou nesta segunda-feira, a bala mais consumida no Brasil há 64 anos, terá ainda novas versões, em fase de testes, como drops, chicletes e pirulito-carimbo, que promete deixar o formato da carinha do mascote da marca na língua e na pele da criançada. “Estamos fechando mais essa novidade com os espanhóis”, adiantou Antônio.

Fernanda Ramos foi a primeira a receber nova versão da bala Juquinha das mãos do dono da marca, Antonio Tanque

Foto:  Bruno de Lima / Agência O Dia

Os revendedores da Juquinha comemoraram a volta das bala às prateleiras. “Graças a Deus, agora não precisarei mais ficar ouvindo todos os dias, desde que a distribuição foi interrompida (em maio): ‘tem bala Juquinha? Quando vai chegar?. Não consigo mais viver sem a bala…’”, disse Fernanda Ramos, 52, proprietária da doceria Esplendor, na Lapa, a primeira a receber o produto das mãos dos empresários.

“Vamos sempre acompanhar de perto a distribuição, conversando com os revendedores. Assim poderemos garantir um produto com cada vez mais qualidade no mercado”, ressaltou Antônio. Nos próximos seis meses, mais de 300 toneladas do confeito chegarão às lojas.

Segundo Vitor, nos próximos dias a distribuição estará totalmente normalizada em todo o estado. As primeiras carretas da bala foram carregadas com o sabor mais tradicional, o de tutti-frutti, com uma pequena alteração, que a deixou mais azedinha. A partir de outubro, outros quatro – uva, framboesa, morango e maçã-verde – também passarão a ser comercializados.

Para a produção do confeito, em Lajeado, a 120 Km de Porto Alegre (RS), a Florestal Alimentos S/A, uma das cinco maiores fábricas do Brasil no seguimento, contratada para produzir a nova versão da Juquinha, fez adaptações sem parte de seu maquinário para manter o formato quadrado, único no País. As embalagens também ganharam cores mais vivas e um personagem mais esbelto e voltado para a saúde e o esporte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s