Imigrantes são encontrados mortos em barco na costa da Líbia

ROMA (Reuters) – Cerca de 50 imigrantes foram encontrados mortos no compartimento de carga de um barco na costa da Líbia nesta quarta-feira durante uma operação de resgate que salvou 430 pessoas, informou a Guarda Costeira da Itália.

Milhares de pessoas, a maioria da África e do Oriente Médio, se lançaram ao mar neste ano na esperança de chegar à Europa, muitas vezes superlotando barcos pequenos e inadequados para cruzar o mar Mediterrâneo.

A porta-voz da Guarda Costeira italiana disse que a embarcação sueca Poseidon, que trabalha com a Frontex, a agência de controle de fronteiras da União Europeia, partiu nesta quarta-feira para ajudar um barco em dificuldade e encontrou os corpos.

Não ficou claro de imediato como os imigrantes morreram.

Mais de 100.000 imigrantes chegaram à Itália só neste ano, mas se acredita que pelo menos 2.300 morreram tentando fazer a travessia marítima.

Serviços de emergência receberam 10 pedidos de socorro de vários barcos nesta quarta-feira, todos em uma área cerca de 50 quilômetros distante da costa líbia, disse a porta-voz.

Uma embarcação da Guarda Costeira italiana salvou 113 pessoas de um bote parcialmente desinflado. Mais cedo, o Poseidon havia resgatado 130 pessoas de outro bote e um navio mercante recolheu 225 pessoas em uma operação separada.

(Reportagem de Antonella Cinelli)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s