Salazar, Aécio e a síndrome de presidente da república

Fernando Morais

QUA, 26/08/2015

Por Fernando Morais, via Facebook

aécio de oliveira salazar

Em setembro de 1968 o ditador português antonio de oliveira salazar, de 79 anos, sofreu uma trombose cerebral após um acidente doméstico. sem condições de governar, foi afastado da presidência e substituído por marcelo caetano. levaram salazar para sua cidade natal, santa comba d’ão, e lá montaram um falso gabinete para ele. até morrer, dois anos depois, salazar “despachou” como presidente, assinou falsos decretos, nomeou e demitiu ministros abstratos, concedeu audiências. todos os envolvidos sabiam que se tratava de uma encenação. menos o ditador, que morreu no dia 27 de julho de 1970 certo de que era presidente de portugal.

Essa talvez seja a solução para a síndrome de presidente da república de que padece o senador aécio neves desde as eleições do ano passado. levem o rapaz para são joão del rey, montem para ele um gabinete presidencial com seguranças, secretarias, ministros, introdutores diplomáticos, faixa presidencial e tudo o mais a que tem direito, constitucionalmente, um presidente no exercício do cargo. na hora que o surto passar deem alta para ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s