Hungria quer usar exército para barrar refugiados

Tropas serão enviadas para a fronteira com a Sérvia, para reforçar a polícia e impedir a passagem de migrantes que querem atravessar o país para outros destinos. Polícia já usou gás lacrimogênio e reforçou vedações na fronteira.

Uma refugiada síria. Foto de DFID - UK Department for International Development
Uma refugiada síria. Foto de DFID – UK Department for International Development

O governo húngaro anunciou esta quarta-feira a intenção de enviar tropas para a fronteira com a Sérvia para travar o afluxo de migrantes, horas depois de anunciar um reforço de mais de 2.000 polícias na zona fronteiriça.

O plano será votado em sessão extraordinária do parlamento na próxima semana. A crise migratória já tinha levado o governo conservador da Hungria a construir em julho uma vedação metálica na fronteira. Mas esta quarta-feira a polícia usou gás lacrimogéneo sobre os migrantes junto do principal centro de registo, em Roszke, que protestavam contra a recolha das suas impressões digitais.

Um quinto de crianças

Dados oficiais indicam que só na terça-feira um número recorde de 2.533 pessoas, 555 das quais crianças, atravessou a fronteira serbo-húngara. Desde o início do ano, segundo números oficiais, mais de 120.000 migrantes entraram na Hungria, membro da União Europeia e do espaço de livre circulação Schengen, a maior parte dos quais seguiu viagem para outros países da União Europeia.

A maioria dos refugiados vem da Síria, via Turquia, entra na Grécia, que atravessa, seguindo-se a Macedónia, a Sérvia, a Hungria, a partir de onde o destino principal é a Alemanha, onde Angela Merkel afirmou que não mandaria embora nenhum sírio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s