Polícia prende suspeitos de atentado contra prefeito de Paraty

Da Agência Brasil

A polícia efetuou hoje (1°) a prisão temporária dos supeitos de serem mandantes da tentativa de homicídio contra o prefeito de Paraty, no sul fluminense, Carlos José Gama Miranda, e do assessor da prefeitura, Sérgio José Miranda, no dia 19 de maio deste ano, quando os dois deixavam à sede da prefeitura no início da noite. O executor do crime já está preso desde o dia 21 de julho.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, Fábio Cardoso, o crime foi encomendado e os suspeitos da ordem são dois irmãos. Eles foram presos em casa, em Paraty. Segundo Cardoso, a motivação do crime seria a reintegração de posse de um terreno, onde estavam morando há quase cinco anos.

“O terreno era da prefeitura de Paraty e há cerca de cinco anos os dois irmãos ocuparam o local. Só que a prefeitura teve que retomar a propriedade por causa de obras de saneamento que estão sendo realizadas no local. As nossas investigações apontam que essa seria a motivação”, informou.

Uma operação conjunta do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Milita foi montada para prender os irmãos apontados como mandantes do crime.

A dupla tentativa de homicídio ocorreu no dia 19 de maio deste ano, quando o prefeito de Paraty, Carlos José Gama Miranda, conhecido como Casé, levou um tiro de raspão na cabeça. Seu primo e assessor, Sérgio José Miranda, também foi atingido na cabeça. Ambos foram levados para o hospital e tiveram alta dias depois.

O suposto executor do crime foi preso no dia 21 de julho, depois de a polícia quebrar sigilos, analisar imagens das câmeras do local e ouvir testemunhas. Ele ainda está preso na Divisão de Homicídios da Capital, por ordem judicial. Os possíveis mandantes foram levados hoje (1º) para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho, zona norte do Rio, e em seguida encaminhados para a delegacia de homicídios.

A prefeitura de Paraty agradeceu o empenho da polícia nas investigações do caso e destacou que o esclarecimento do crime é um desejo de toda a população local, que repudia a cultura de violência, e que foi atingida indiretamente pelo atentado contra o chefe do Executivo.

Segundo o órgão, o prefeito Casé  tem acompanhado com expectativa as investigações, e renova a esperança de que os fatos sejam esclarecidos rapidamente.

Edição: Maria Claudia
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s