Arquivo da tag: A Tribuna

Bolo de laranja de liquidificador

21/04/2014 | A Tribuna |  | Categoria: Bolos

10 porções
AT Revista. Boa Mesa

 
  • Ingredientes massa:
  • 4 ovos;
  • 3/4 de xícara de óleo de canola ou milho;
  • 1 xícara de suco de laranja (ou abacaxi ou 1/2 xícara de suco de limão mais 1/2 de água);
  • 2 xícaras de açúcar;
  • 2 xícaras de farinha de trigo;
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó;
  • 1 colher (sopa) de raspas de laranja.
  • Para a cobertura:
  • 1 xícara de açúcar;
  • 1/4 de xícara de suco de laranja.
 

Este bolo é daqueles bem fáceis. Coloca tudo no liquidificador, bate e pronto: é só levar ao forno. Ótimo para o lanche do feriadão. Ainda mais que a previsão é de chuva para o fim do dia.

 

Preparo massa: preaqueça o forno a 200°C. Coloque os ovos, o óleo e o suco no liquidificador e bata um pouco. Junte os outros ingredientes, exceto as raspas de casca de laranja. Bata até misturar tudo. Desligue e acrescente, com o auxílio de uma colher, as raspas de laranja.
Unte uma forma de furo no meio (22 cm de diâmetro) com margarina e farinha. Ponha a massa nela e leve ao forno preaquecido. Deixe em torno de 30 minutos ou até que o bolo esteja assado (para ver, enfie um palito na massa e veja se ele sai limpo). Espere amornar e desenforme. Cobertura: misture o açúcar e o suco e coloque sobre o bolo morno.

Dica: se quiser preparar esta receita com baunilha, troque o suco de fruta por leite aromatizado com 1 colher (sobremesa) de essência de baunilha.

Na Baixada Santista, espetáculos relembram as últimas horas de Jesus Cristo

De A Tribuna On-line

N/A

Espetáculo tem exibição gratuita nas cidades da região

A encenação Paixão de Cristo será exibida nesta sexta-feira em cinco cidades da Baixada Santista. Em Cubatão, a edição deste ano apresentará os últimos instantes da vida de Jesus Cristo sob óticas do evangelho do apóstolo João.

A apresentação será às 20 horas, no Parque do Trabalhador de Cubatão (Rua Salgado Filho, 249). Entre as estrelas convidadas, João Vitti (rede Record), que interpretará Pôncio Pilatos, e a cantora gospel Carolina Dantas.

Em Mongaguá, a tradicional encenação acontece às 15 horas, no espaço ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida, em frente à Avenida Dudu Samba (Centro). Em Peruíbe, o ato começa às 17 horas, na Paróquia São João Batista (à Praça Monsenhor Lino dos Passos, Centro).

Já em São Vicente, os espetáculos serão realizados hoje e domingo, a partir das 19 horas, ao lado da Paróquia Beato José de Anchieta, no Humaitá. Este ano, foi instituído um ingresso simbólico, que deve ser trocado por um quilo de alimento não perecível. Arquibancadas montadas pela Prefeitura vão garantir a acomodação para duas mil pessoas por noite.

A maior encenação a céu aberto de Praia Grande será hoje e amanhã, a partir das 21 horas, na Praça Ceferino Gonzalez Vegas, no Guilhermina. O evento é gratuito e são esperadas cerca de 7 mil pessoas.  

Estivadores prorrogam negociação com o Governo e adiam paralisação

Da Redação de A Triibuna

N/A

Greve nacional estava prevista para a próxima semana

A Federação Nacional dos Estivadores e os dirigentes de diversos sindicatos da categoria decidiram prorrogar as negociações com o Governo Federal por mais 30 dias. Com isso, foi suspensa a greve nacional dos trabalhadores prevista para acontecer na próxima semana.

“Resolvemos adiar o movimento uma vez que o Governo nos pediu mais um prazo para analisar as nossas reivindicações”, disse o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos, Rodnei Oliveira da Silva.

A categoria pede a extensão das atividades atribuídas aos Órgãos Gestores de Mão-de-Obra (Ogmos), visando a administração e o fornecimento de trabalhadores para os terminais instalados fora do porto organizado.

Eles também pedem a normatização da requisição de avulsos pelos terminais privativos localizados também nessas áreas consideradas parte do porto organizado.

“Identificamos irregularidades nas duas situações e queremos uma solução para esse problema que foi criado pelo próprio Governo ao atribuir tratamento diferenciado para os terminais portuários”, afirma o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos.

Além disso, os funcionários solicitam a regulamentação da renda mínima e a aplicação do plano de desligamento voluntário (PDV).

De acordo com o dirigente, os portuários estão acumulando prejuízos desde que a nova Lei dos Portos foi sancionada pela presidente Dilma Rousseff, em junho de 2013.

Estamos dando mais um voto de confiança para as autoridades e esperamos que a situação dos portuários seja revertida considerando que as perdas dos companheiros só aumentam a cada dia de trabalho”, afirma ele.

Encontro

Uma nova reunião com representantes da Secretaria de Portos (SEP), Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), e Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) está prevista para o início de maio.
 

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio