Arquivo da tag: aiatolá

Irã: aiatolá se opõe a intervenção dos EUA no Iraque

22/06/2014 

Teerã, 22 – O líder máximo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse neste domingo ser contra uma intervenção dos Estados Unidos no vizinho Iraque, onde extremistas islâmicos e militantes sunitas que se opõem ao governo em Teerã tomaram o controle de uma série de vilarejos e cidades, informou a agência de notícias oficial iraniana Irna.

“Nós nos opomos fortemente à intervenção dos EUA e de outros nos assuntos internos do Iraque”, disse Khamenei, na primeira reação à crise no país vizinho, de acordo com a agência. “A principal disputa no Iraque é entre aqueles que querem que o Iraque se junte ao lado dos EUA e aqueles que buscam um Iraque independente”, afirmou Khamenei, que tem a palavra final sobre as políticas do governo. “Os EUA têm como objetivo levar os seus próprios seguidores cegos ao poder, já que não estão felizes com o atual governo do Iraque.”

Khamenei disse que o governo do Iraque e seu povo, com a ajuda dos principais clérigos, seria capaz de acabar com a “sedição” lá mesmo, argumentando que os extremistas são hostis tanto aos xiitas como aos sunitas.

Mais cedo, o presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse que alguns países “alimentam terroristas com seus petrodólares”, em uma referência velada aos Estados Árabes do Golfo, e advertiu que esse apoio irá voltar para assombrá-los. “Tenha certeza, amanhã será a sua vez. Os terroristas bárbaros irão atrás dos apoiadores do terrorismo no futuro”, afirmou Rouhani.

O Irã xiita apoia o governo liderado por xiitas em Bagdá e disse que irá avaliar qualquer pedido de ajuda militar.

 
Fonte: Associated Press.

Condenada a 20 anos por criticar Khomeini no Facebook

Diário de Notícias|Luís Manuel CabralHoje

Uma cidadã britânica enfrenta uma pena de 20 anos numa prisão iraniana após ter criticado o antigo Supremo Líder deste país islâmico, o Ayatollah Khomeini, na Internet.

Segundo o jornal britânico “Daily Mail”, Roya Saberi Negad Nobakht, de Stockport, Manchester, tinha ido ao Irão visitar amigos quando decidiu publicar alguns comentários no Facebook que foram considerados ofensivos pelo regime iraniano.

A mulher, de 47 anos, que tem cidadania britânica e iraniana mas vive em Inglaterra há seis anos, foi presa em Shiraz, em outubro, por alegadamente ter feito comentários ofensivos sobre o antigo Supremo Líder iraniano, Ayatollah Khomeini. Após a sua detenção, Roya Nobakht foi acusada de colocar a segurança do país em risco ao tentar manipular a opinião pública com comentários ofensivos para o regime.

Roya Nobakht tinha viajado para o Irão em outubro, para passar três semanas de férias com amigos, e o seu marido ficou em pânico quando a mulher falhou o voo de regresso a Manchester. Daryoush Taghipoor viajou imediatamente para o Irão e passou mais de oito semanas à procura de Roya em hospitais, morgues e esquadras de polícia até descobrir que ela tinha sido detida.

Alertado para a situação, o Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico confirmou ao jornal que está a tratar do caso. “Estamos cientes que uma cidadã britânica foi detida no Irão e estamos a tentar perceber os contornos do caso em conjunto com as autoridades iranianas”.