Arquivo da tag: Alemanha

Greta viveu um ano sem gastar dinheiro

Diário de Notícias|Susana Salvador, com AFPHoje

 
Foto do perfil de Greta Taubert na sua página de Facebook
Foto do perfil de Greta Taubert na sua página de FacebookFotografia © DR

A jornalista freelancer de 30 anos queria saber como seria a vida em caso de colapso do sistema económico e, para isso, renunciou à sociedade de consumo durante um ano.

Greta Taubert conta toda a sua experiência no livro ‘Apokalypse Jetzt! – o título em alemão para o filme de 1979 ‘Apocalipse Now’, de Francis Ford Coppola, sobre a guerra do Vietname – que foi publicado em fevereiro na Alemanha.

Depois do ano sem consumo, onde a roupa era trocada em lojas em segunda mão e os alimentos cultivados numa horta comunitária, Greta confessou à AFP que a primeira coisa que comprou foram collants. “E produtos de higiene”, acrescentou, numa entrevista em Leipzig, na antiga Alemanha de Leste.

Durante o ano em que renunciou ao consumo, Greta criou os seus próprios desodorizantes em casa, assim como cremes de rosto, pasta para os dentes é até shampoo. Tudo 100% orgânico. “Mas comecei a parecer-me como um Neandertal. Os meus amigos disseram-me: ‘agora estás a ir longe de mais'”, indicou a rir.

Nas férias, Greta andou à boleia cerca de 1700 km para visitar Barcelona, onde ficou com ‘ocupas’

“O nosso sistema económico está baseado na perspetiva de crescimento infinito, mas o nosso mundo ecológico está limitado”, afirmou.

A sua experiência começou depois de, numa tarde em casa da avó, ver a mesa cheia e, ao pedir leite, a avó lhe trazer também uma série de preparados com sabores para adicionar ao leite. Isto poucas horas depois de um almoço farto. “O mantra ‘mais, mais, mais’ não nos vai levar longe”, disse à AFP.

Há cada vez mais pessoas que aderiram à tendência de “menos é mais”, multiplicando-se os sites de partilha de comida e de outros bens. Na Alemanha, em 2012, quase sete milhões de toneladas de comida acabaram no lixo, o equivalente a 81,6 quilogramas por pessoa.

“Hoje, tento incorporar na minha vida diária o que aprendi durante este ano”, contou Greta. “Mas estou feliz por já não viver de forma tão radical”, acrescentou.

Klose salva a Alemanha, faz história e iguala recordes de Ronaldo e Pelé

Gana dá trabalho, mas não consegue vencer a primeira

O DIA

Ceará – A emoção no duelo entre Alemanha e Gana, neste sábado, na Arena Castelão, ficou reservada para o segundo tempo. Os 45 minutos iniciais foram discretos, de poucas oportunidades. A etapa final valeu o ingresso: gols, adrenalina e recorde. Neste contexo, um empate por 2 a 2 de tirar o fôlego. Gana deu trabalho, virou o placar, mas viu Klose sair do banco para salvar o time alemão e fazer história. Ele igualou recordes de Ronaldo e até de Pelé.

Klose salva a Alemanha e faz história em Copas

Foto:  Reuters

Com o resultado, Alemanha está com quatro pontos, na liderança do Grupo G. Gana soma seu primeiro ponto (perdeu para os Estados Unidos na estreia). Estados Unidos e Portugal se enfrentam neste domingo e fecham a segunda rodada da chave.

Na próxima rodada, quinta-feira, às 13h, Alemanha encara Estados Unidos, na Arena Pernambuco. No mesmo dia e horário, Gana enfrenta Portugal em Brasília, no Mané Garrincha.

O JOGO

O duelo começou em ritmo lento, com a Alemanha com maior posse de bola. A estratégia de Gana era contra-atacar. Após descida pela direita, Asamoah Gyan surgiu na área e finalizou por cima, na primeira chance do jogo. Os ganases obrigaram Neuer a trabalhar. Astu arriscou da entrada da área. O goleiro espalmou. A resposta alemã foi com Müller, travado na hora de marcar.

O goleiro alemão mais uma vez precisou mostrar serviço. Muntari arriscou da entrada da área. Neuer espalmou para longe. O primeiro tempo foi de pouca emoção, com a Alemanha com mais posse de bola. Porém, Gana foi mais perigosa e soube se defender.

A Alemanha não demorou a abrir o placar no segundo tempo. Logo aos seis minutos, Götze apareceu de surpresa na área, como se fosse um centroavante, e, sem jeito, completou para o fundo da rede. Inicialmente, ele tentou uma cabeçada, mas a bola bateu em seu joelho antes de entrar.

Após o gol, o jogo teve de ficar paralisado. Um torcedor invadiu o campo logo após a entrada de Jordan Ayew no lugar de Kevin-Prince Boateng. Como o irmão, que defende a Alemanha, havia saído no intervalo, o duelo familiar durou apenas 45 minutos.

Gana não sentiu o gol e conseguiu empatar logo depois. André Ayew aproveitou cruzamento da direita e cabeceou no canto direito de Neuer: 1 a 1. O time africano virou o placar. Asamoah Gyan aproveitou falha da zaga alemã, invadiu a área e fuzilou para fazer 2 a 1.

A Alemanha recorreu ao artilheiro Klose para deixar tudo igual. Ele entrou, na vaga de Götze, aos 23 minutos. Dois minutos depois, em seu primeiro toque na bola, ele completou cobrança de escanteio e fez 2 a 2. Foi 15º gol de Klose em Copas, empatando com Ronaldo como o maior goleador dos Mundiais. Como curiosidade, os dois estabeleceram a marca histórica em duelo com Gana. De quebra, Klose se igualou a Pelé e ao alemão Seeler, que fizeram gols em quatro Copas diferentes.

O jogo ficou aberto, mas com o mesmo panorama: Alemanha com mais posse de bola e Gana explorando o contra-ataque. As duas equipes tiveram chances, mas o empate prevaleceu. No fim, Müller se chocou com Boye e levou a pior, sangrando em campo. Que segundo tempo!

FICHA TÉCNICA

Alemanha 2×2 Gana

Estádio : Arena Castelão 
Árbitro : Sandro Meira Ricci (Brasil) 
Público : 59.621 presentes 
Gols : Götze (Alemanha, aos 6′ do 2ºT) e Klose (Alemanha, aos 25′ do 2ºT), André Ayewm (Gana, aos 8′ do 2ºT) e Asamoah Gyan (Gana, aos 17′ do 2ºT) 
Cartão amarelo : Muntari (Gana) 
Cartão vermelho : –

Alemanha : Neuer; Boateng (Mustafi, no intervalo), Hummels, Mertesacker e Höwedes; Khedira, Lahmn, Özil, Toni Kross e Götze (Klose, aos 23′ do 2ºT); Thomas Müller; Técnico: Joachim Löw.

Gana : Dauda; Afful, Mensah, John Boye e Kwadwo Asamoah; Rabiu (Badu, aos 31′ do 2ºT), Muntari e Kevin-Prince Boateng (Jordan Ayew, aos 7′ do 2ºT); Atsu (Wakaso, aos 27′ do 2ºT), André Ayew e Asamoah Gyan; Técnico: Kwesi Appiah.

Veja vídeo:

Veterano aos 24, Müller barra Klose e vira talismã alemão

Nas últimas três Copas do Mundo, a Alemanha havia se acostumado a ver em Miroslav Klose o sinônimo de gol. Foram cinco em 2002, cinco em 2006 e outros quatro em 2010, que o levaram ao posto de segundo maior artilheiro da história dos Mundiais, atrás apenas do brasileiro Ronaldo. Porém, aos 36 anos, o centroavante da Lazio não tem mais o rendimento de antes, e viu seu lugar como titular e talismã da seleção alemã ser tomado por um “veterano” bem mais jovem: Thomas Müller.

É até estranho pensar que Müller, presença constante nos principais jogos e torneios do futebol mundial nas últimas cinco temporadas, tem só 24 anos. Antes da última Copa, em que ele marcou cinco gols e foi eleito o melhor jogador jovem da competição, ele havia acabado de ser promovido ao time principal do Bayern de Munique. Agora, o técnico Joachim Löw já fala dele como um dos mais experientes do grupo.

“Ele é muito importante, motiva os colegas do ponto de vista esportivo”, elogiou Löw. “Ele é imprevisível, está sempre pronto para marcar o gol. E fora de campo também motiva os companheiros, ele é divertido, sempre positivo, se comunica e conversa com todos na mesa. Ele integra e envolve os demais, cuida dos jogadores mais jovens… Ele consegue passar alegria e espontaneidade, e isso realmente é muito bom para a nossa equipe”.

O excelente desempenho de Müller para melhorar o clima da seleção no vestiário não é surpresa para um jogador que se notabilizou por fazer bem múltiplas funções. Comumente escalado como segundo atacante no Bayern, ele jogou como ponta direita na última Copa, sua posição mais frequente na seleção alemã até o ano passado. Nesta temporada, Guardiola chegou a usá-lo como meio-campista no clube, e na última segunda-feira, ele destruiu Portugal com três gols jogando como centroavante.

Nem mesmo ele sabe qual é sua melhor posição. Müller é um futebolista estranho: não tem a habilidade de um Messi, a potência de um Cristiano Ronaldo ou a velocidade de um Neymar. Sua força está na cabeça – não só na ótima técnica de cabeceio, do alto de seus 1,86 m, mas na inteligência com que se movimenta e aparece sempre no lugar certo para dar prosseguimento ou finalizar as jogadas. Ele não precisa ser um gênio com a bola, porque é um gênio sem ela.

Nas palavras do próprio Thomas, ele é um “Raumdeuter” – na língua alemã, que tem algumas expressões impossíveis de serem fielmente reproduzidas em outros idiomas, seria algo como “o intérprete do espaço”. Ele se posiciona de acordo com as circunstâncias, com aquele instinto de quem sabe onde a bola vai estar.

Neste sábado, ele coloca suas habilidades únicas em ação novamente na Copa do Mundo, contra Gana, em Fortaleza, a partir das 16h. O técnico do time africano, James Appiah, já avisou que Müller “não vai conseguir nada muito fácil” de sua defesa, após os três gols sobre Portugal na estreia. Mas ele não precisa de facilidades – apenas de um segundo de desconcentração, para que ele veja dentro da área o espaço que ninguém mais vê.

Fonte: Terra 

Milhares de dados bancários suíços apreendidos em porto alemão

AFP – Agence France-Presse

21/06/2014 

Dois contêineres com 14.000 relatórios bancários suíços, incluindo dados de contas nas Ilhas Caimã, foram apreendidos pelas autoridades alfandegária no porto de Hamburgo (norte da Alemanha), informou o jornal Welt am Sonntag.

Mais de mil caixas com o que parecem ser dados de contas offshore de fraudadores fiscais alemãs foram descobertas no final de maio, segundo a mesma fonte.

Parte dos documentos procede da filial das Ilhas Caimã do banco suíço Coutts, por sua vez filial do Royal Bank of Scotland.

Estes dois contêineres se dirigiam a Genebra.

Segundo a revista Focus, diversos documentos sobre a família saudita de Osama Bin Laden também foram apreendidos.

Em Berlim, o ministério das Finanças, indagado pelo Welt am Sonntag, indicou que este caso estava relacionado com uma investigação aberta pela procuradoria de üsseldorf (oeste) junto com os serviços fiscais do Estado regional da Renânia do Norte-Westfália.

Este Land comprou em 2012 cds de dados sobre alemães suspeitos de terem fraudado a receita através de bancos suíços.

Duas favoritas jogam hoje: Argentina em BH e Alemanha em Fortaleza

Agência Brasil

Apontadas como favoritas, Argentina e Alemanha entram em campo neste sábado de olho na classificação antecipada para a segunda fase da Copa. Depois de vencer, com dificuldade, o primeiro jogo contra a Bósnia, no Maracanã, a equipe de Lionel Messi vai ao Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, para jogar contra o Irã, às 13 horas. Os iranianos ficaram no empate contra a Nigéria, por 0 x 0, na primeira rodada.

Já a tricampeã Alemanha, que goleou a seleção portuguesa na estreia por 4 x 0, volta a campo contra Gana, às 16h, no Estádio Castelão, em Fortaleza. Os ganeses buscam a recuperação e a sobrevivência no mundial depois de perderem para os Estados Unidos.

Bósnia e Nigéria complementam a rodada de hoje, às 19h, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Em último no Grupo F, os bósnios tentam a recuperação depois de quase surpreenderem a favorita Argentina na estreia. Já os nigerianos, em segundo no grupo, jogam para se manter como a segunda força entre os quatro e passar para as oitavas de final.

Ontem, em jogo que definiu a liderança do Grupo D, a Costa Rica venceu a Itália por 1 x 0, no Recife. Já pelo Grupo E, a França venceu a Suíça por 5 x 2, em Salvador, e o Equador assumiu o segundo lugar do grupo ao derrotar Honduras por 2 x 1, de virada, em Curitiba.

Ucrânia: França e Alemanha ameaçam Rússia com novas sanções

Da Agência Lusa

O chefe de Estado francês e a chanceler alemã solicitaram hoje ao presidente russo, Vladimir Putin, que exerça toda a influência para terminar com o conflito na Ucrânia e ameaçaram a Rússia com novas sanções internacionais.

François Hollande e Angela Merkel insistiram que Putin deve fazer “todos os esforços necessários para convencer os grupos armados e garantir imediatamente o fim das hostilidades” no Leste federalista e pró-russo da Ucrânia. “Caso contrário, existe o risco da adoção de novas medidas pela comunidade internacional que afetarão as relações com a Rússia”, indicaram os dois responsáveis num comunicado da presidência francesa.

Hollande e Merkel recordaram a Putin a importância de “garantir rapidamente o fim dos combates no Leste da Ucrânia para garantir a estabilização da situação de segurança e o início de condições para uma efetiva diminuição” das tensões.

Os dois dirigentes sublinharam ainda a disponibilidade do presidente ucraniano, Petro Poroshenko, para “anunciar um cessar-fogo unilateral” e apelaram ao reinício das negociações para o fornecimento de gás russo à Ucrânia.

Portugal sofre a maior derrota de sempre em Mundiais

Diário de Notícias|João RuelaHoje

 
Portugal sofre a maior derrota de sempre em Mundiais

Fotografia © Reuters

Alemães “atropelaram” a seleção nacional com recital de futebol. Expulsão de Pepe e lesões de Hugo Almeida e Fábio Coentrão complicaram o que já era difícil. Bater o Gana e os EUA será essencial.

Filme do jogo:

90+2′ Final do jogo!

90+2′ “Bomba” de Cristiano Ronaldo, para defesa de Neuer.

90′ Dois minutos de compensação…

88′ Grita-se “olé!” nas bancadas…

85′ Livre de Ronaldo, novamente contra a barreira.

84′ A Portugal resta torcer que Gana e Estados Unidos da América empatem, caso contrário a diferença de golos poderá tornar o apuramento uma impossibilidade, mesmo vencendo os dois últimos jogos…

82′ Substituição na Alemanha. Saiu Müller, o homem do jogo (já leva oito golos em dois Mundiais), e entrou Podolski.

80′ Portugal vai mesmo sofrer a sua maior derrota de sempre em Mundiais, ao 24.º jogo. A Alemanha chega hoje aos 100, a primeira a fazê-lo…

78′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ 4-0! Mais uma falha de Rui Patrício, desta vez a não conseguir segurar o cruzamento de Schürrle. Müller aproveitou para encostar, completando o “hat-trick”. É o oitavo golos em Mundiais, aos 24 anos!

78′ Excelente corte de André Almeida, a impedir o remate de Lahm, na sequência de mais uma falha de Rui Patrício. Que mal está o guarda-redes na partida…

76′ As imagens televisivas mostram que o lance é passível de grande penalidade.

75′ Portugal quase marcava! Remate potente de Nani, para defesa de Neuer; Éder foi à recarga, mas cai no relvado. Ronaldo protesta efusivamente junto ao árbitro, a pedir penálti… Aguardamos pela repetição.

73′ Substituição na Alemanha. Saiu Hummels e entrou Mustafi. O central do Dortmund sai a mancar e a sangrar no joelho…

72′ Hummels sai para receber assistência médica. A Alemanha tem o jogo ganho, por isso o central deverá ser substituído por precaução.

70′ Rui Patrício impede o remate de Lahm, que aparecia em zona de finalização.

69′ João Pereira salva. Contra-ataque da Alemanha, com Schürrle a isolar Götze; o avançado rematou com “selo de golo”, mas o lateral conseguiu desviar para canto.

68′ João Moutinho isola Nani, mas o extremo não conseguiu encontrar espaço para o remate. Não está a ser uma boa estreia em Mundiais…

67′ A única coisa de bom que Portugal poderá tirar do que sobra do jogo é não sofrer mais lesões e não ver cartões (dois amarelos valem um jogo de suspensão, por isso João Pereira já está em risco para o jogo com o Gana).

65′ Substituição em Portugal. Saiu Coentrão e entrou André Almeida.

65′ Coentrão vai mesmo sair. Sai com muitas queixas e a sua utilização para o que sobra no Mundial pode estar em causa.

64′ Coentrão pede de imediato substituição. O lateral sentiu o “esticão” na perna e já recebe assistência médica… Postiga ia entrar, mas assim poderá ser chamado André Almeida.

62′ Substituição na Alemanha. Saiu Özil e entrou Schürrle.

61′ Ricardo Costa quase consegue finalizar, na sequência de um canto batido por Moutinho, mas Hummels não o deixou rematar.

60′ Livre de Ronaldo, contra a barreira.

60′ Ronaldo ganha um pontapé livre em boa posição…

58′ Cristiano Ronaldo muito assobiado sempre que toca na bola. Os alemães estão em superioridade nas bancadas…

56′ Alemanha com 54% de posse de bola, 10 remates (seis à baliza) e 23 ataques perigosos. Portugal tem 46% de posse de bola, sete remates (três à baliza) e 18 ataques perigosos.

54′ Livre que João Moutinho, que a seleção nacional não consegue aproveitar.

52′ Ronaldo solta para o lado esquerdo, onde Nani e Coentrão apareceram a chocar um contra o outro. Lance que diz muito da exibição portuguesa.

51′ Rui Patrício evita o quarto! Perda de bola de Cristiano Ronaldo, contra-ataque da Alemanha e Özil, isolado, atirou para defesa de Rui Patrício. Müller foi à recarga, mas cabeceou por cima.

49′ Éder tenta o cruzamento/remate. Não saiu uma coisa nem outra.

48′ Caso se mantenha este resultado, Portugal sofrerá a sua maior derrota de sempre em Mundiais. Até aqui, os maiores desaires tinham sido por 3-1, contra Marrocos (1986) e Alemanha (2006).

46′ Início da segunda parte! Bola para Portugal.

– Substituição em Portugal. Saiu Miguel Veloso e entrou Ricardo Costa.

45+2′ Intervalo na Arena Fonte Nova. A Alemanha vence por 3-0 e tem o jogo mais do que resolvido. Só um “milagre” evitará que Portugal sofra uma derrota por números históricos…

45+1′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ O 3-0!Falha tremenda de Bruno Alves, que falhou o corte na grande área e permitiu que a bola sobrasse para Müller, que bateu Rui Patrício pela terceira vez na partida. E isto ameaça não ficar por aqui…

45′ Dois minutos de compensação…

44′ Portugal não voltou a aproximar-se da grande área adversária desde a expulsão de Pepe. O jogo está mais perto do 3-0 do que do 2-1…

42′ Pepe é o sexto jogador da seleção nacional a ser expulso em Mundiais. O único a ter sido expulso mais cedo foi João Pinto, no Mundial 2002, aos 27 minutos do Portugal-Coreia do Sul. O Mundial no Brasil ameaça não trazer melhores memórias…

40′ Remate de Götze, na sequência de um canto, por cima do alvo.

39′ Muitos protestos no banco de Portugal, alegando que Pepe não fez nada merecedor de expulsão. Que podia ter evitado o conflito com Müller, podia…

37′ Cartão vermelho para Pepe! O central luso-brasileiro “encostou” a cabeça a Müller, após o alemão se ter queixado de ter sido atingido na face, gesto entendido como agressão pelo árbitro na partida. Se já estava difícil, agora torna-se impossível competir com esta Alemanha.

36′ Éder falha! Na sequência de um canto, o ponta-de-lança foi às alturas cabecear, mas atirou por cima do alvo.

35′ Portugal desperdiça! Coentrão, isolado por Moutinho, teve espaço para rematar ou assistir Ronaldo, mas decidiu mal e Hummels acabou por ceder canto – quase que desvia para a própria baliza.

34′ Nani surge em velocidade no último terço do terreno, mas falha na assistência para Cristiano Ronaldo.

32′ GOLO DA ALEMANHA! HUMMELS FAZ O 2-0! Cabeçada fortíssima do central, que bateu Pepe e Bruno Alves nas alturas, na sequência de um pontapé de canto, e desviou para o fundo das redes. Portugal muito, muito mal na partida, diante de uma Alemanha largamente superior em tudo.

31′ Alemanha quase marcava! Özil assistiu Müller, cujo remate levava “selo de golo”, mas João Pereira desviou para pontapé de canto.

29′ Éder cumpre a nona internacionalização. Até ao momento não conseguiu qualquer golo, ele que faz a estreia em fases finais de competições de seleções.

28′ Substituição em Portugal. Saiu Hugo Almeida e entrou Éder.

27′ Hugo Almeida pede assistência médica. Tem batalhado entre os centrais alemães (a Alemanha também joga com dois centrais “de raiz” nas laterais), até ver sem sucesso. Éder conversa com Paulo Bento… e vai mesmo haver substituição!

25′ Nani quase marcava! Excelente pontapé do extremo, em arco, que sai a rasar a trave!

23′ Cristiano Ronaldo vai pedindo a bola e tentado partir para os lances individuais. Está a um golo dos 50 pela seleção nacional…

22′ Não vai haver pausas para beber água, o que significa que o calor, afinal, não será assim tanto – e não servirá de “desculpa”.

20′ João Pereira está a ter muitos problemas em travar Götze, até aqui a maior ameaça alemã.

18′ A Alemanha nunca tinha usufruído de uma grande penalidade marcada tão cedo em Mundiais. Müller já leva seis golos em Mundiais (fez cinco na África do Sul).

16′ Nos primeiros 11 jogos do Mundial 2014, houve cinco reviravoltas no marcador. Até ao momento não houve empates…

14′ Grande corte de Bruno Alves, a afastar o perigo da grande área.

13′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ O 1-0! O avançado bate Rui Patrício, na conversão da grande penalidade. Os jogadores da seleção nacional protestam, mas sem motivos para tal: era falta para penálti.

11′ Penálti para a Alemanha! João Pereira deixou Götze fugir e, depois, puxou o avançado alemão na grande área. Cartão amarelo para o lateral.

9′ Alemanha falha com a baliza aberta! “Disparate” de Rui Patrício, a entregar a bola a Khedira, que, à entrada da grande área e sem ninguém no caminho para a baliza, atirou ao lado do alvo!

8′ Ronaldo quase marcava! Excelente ação de Miguel Veloso, a recuperar a bola à entrada da grande área da Alemanha e a soltar Ronaldo, que já dentro da grande área atirou par defesa difícil de Neuer.

6′ Remate de Cristiano Ronaldo, para a bancada. Má decisão do extremo, que pede desculpa aos colegas.

5′ Portugal cria perigo. Contra-ataque de Ronaldo, a soltar Hugo Almeida, que rematou com o pé direito para Neuer segurar. Não é o melhor pé do ponta-de-lança…

4′ João Pereira afasta o perigo da grande área, após investida de Kroos. Melhor a Alemanha neste início de jogo.

3′ A Alemanha joga com seis jogadores do Bayern Munique de início. Em Portugal, o Real Madrid é o clube mais representado, com três.

2′ Corte providencial de Pepe, no momento em que Götze se preparava para finalizar, após cruzamento de Boateng.

1′ Primeira grande ovação da partida, no momento que Ronaldo toca na bola pela primeira vez. Há centenas de brasileiros misturados com os adeptos da seleção nacional.

1′ O sérvio Milorad Mazic apita para o início do jogo! Bola para a Alemanha.

PORTUGAL: Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves, Fábio Coentrão; Miguel Veloso, João Moutinho, Raúl Meireles; Cristiano Ronaldo, Nani e Hugo Almeida. Suplentes: Beto, Eduardo, André Almeida, Ricardo Costa, Luís Neto, William Carvalho, Rúben Amorim, Rafa, Vieirinha, Silvestre Varela, Hélder Postiga e Éder.

ALEMANHA: Neuer; Boateng, Mertesacker, Hummels, Höwedes; Lahm, Khedira; Mesut Özil, Toni Kroos, Thomas Müller; Mario Götze. Suplentes: Zieler, Weidenfeller, Ginter, Erik Durm, Mustafi, Grosskreutz, Schweinsteiger, Draxler, Kramer, Schürrle, Podolski e Klose.

Portugal estreia-se nesta segunda-feira (17.00) no Mundial 2014, com a Alemanha, numa partida em que contará com Cristiano Ronaldo a 100 por cento e frente a um adversário com quem perdeu nos últimos três encontros oficiais (Mundial 2006, Euro 2008 e Euro 2012).

De nada valeu, à seleção nacional, ter Cristiano Ronaldo em campo nesses últimos três desafios, mas a expetativa em torno do capitão da seleção portuguesa nunca foi tão elevada. Reeditar as proezas de Carlos Manuel (resolveu o jogo em Estugarda, em 1985) e Sérgio Conceição (fez um “hat-trick” aos alemães em 2000) é o objetivo, sendo que Portugal, além destes dois jogos, só por mais uma vez bateu a Alemanha – em 1983, golo de Dito num particular. Este será o 18.º confronto direto.

Ultrapassados os problemas físicos que o afetaram durante o estágio, Ronaldo garantiu na véspera do jogo de Salvador que está bem fisicamente e será titular frente à Alemanha, embora Paulo Bento não tenha adiantado qual será a equipa que vai apresentar.

As grandes dúvidas para o “onze” português estão no centro do ataque, em que há três jogadores para um lugar: Hélder Postiga, Hugo Almeida e Éder.

Apesar de ter perdido os três últimos encontros frente à Alemanha, Portugal tem um saldo positivo em encontros de estreias em Mundiais, tendo somado três triunfos, um empate e apenas uma derrota, no Mundial2002, contra os Estados Unidos (3-2, depois de ter estado a perder por 3-0), adversários na segunda jornada do Grupo G do torneio de 2014.

A Alemanha, que se vai tornar na primeira equipa a atingir os 100 jogos em Mundiais, tem, segundo o selecionador Joachim Löw, todos os jogadores disponíveis, apesar dos problemas com Neuer, Khedira e Schweinsteiger, que no domingo fez exames complementares.

O avançado Miroslav Klose precisa de um golo igualar como o melhor marcador de sempre em Campeonatos do Mundo o brasileiro Ronaldo, que fez, na sua carreira, 15 golos na maior competição de seleções.

Melhores momentos:

Neonazistas alemães do NPD conquistam vaga no Europarlamento

Partido entrará pela primeira vez na história na Eurocâmara

O partido neonazista alemão NPD entrará pela primeira vez na história na Eurocâmara, segundo os resultados definitivos das eleições europeias na Alemanha publicados nesta segunda-feira e que confirmam a vitória dos conservadores de Angela Merkel.

Com 300 mil  votos e um resultado de 1%, o NPD conquistou um dos 96 assentos pertencentes à Alemanha na nova assembleia, contra 99 da legislatura anterior. O partido de extrema-direita se beneficia do sistema eleitoral alemão para a votação europeia, que passou ao proporcional integral e que, portanto, não prevê um número mínimo para conquistar uma cadeira. Esta reforma também permitiu que outros pequenos partidos, como o conjunto de associações Freie Wahler, afiliado aos Liberais europeus, o Partido para a Proteção dos Animais, o Partido da Família, o Partido Pirata ou o satírico Die PARTEI (O Partido) conquistassem um assento cada um. Este partido, fundado pelo humorista Martin Sonneborn, recebeu uma vaga com apenas 184.525 votos, 0,6% do total.

O partido conservador da chanceler Angela Merkel CDU/CSU ganhou as eleições com 35,3% dos votos (34 assentos), à frente de seu sócio de coalizão, o social-democrata SPD (27,3%, 27 cadeiras).

Fonte: AFP

 

Taxa de participação nas eleições europeias sobe em vários países

Cidadãos europeus vão às urnas votar nas eleições para o parlamento europeu

Cidadãos europeus vão às urnas votar nas eleições para o parlamento europeu|REUTERS|RFI|Gleb Garanich

Em meio à ameaça euroceticista e o avanço dos partidos de extrema-direita, mais de 388 milhões de eleitores europeus de 21 países vão às urnas neste domingo (25) para eleger 751 novos deputados europeus. Contrariando as expectativas, no meio da tarde a taxa de participação no pleito estava em alta em vários países da União Europeia.

Por volta do meio-dia, 15,7% dos franceses já haviam comparecido às urnas, quase um ponto a mais em relação às eleições de 2009, que registraram, no mesmo horário, 14,81% de partipação, e um total de 40,63%. Neste ano, os franceses vão eleger 74 deputados.

A Alemanha, que deverá escolher 96 representantes no Parlamento Europeu, ainda não divulgou resultados oficiais sobre a participação no pleito.

Mas, segundo o jornal Süddeutsche Zeitung, a tendência é que um número maior de eleitores compareça às urnas em relação às últimas eleições. Em Portugal, a participação também surpreendeu ao meio-dia. O índice foi de 12,4%, contra 11,84% em 2009.

Na Croácia, que acaba de integrar a União Europeia, a participação também estava em alta de 2%.

República Tcheca e Polônia devem ter baixa participação

Já na República Tcheca, apenas 20% dos eleitores foram às urnas até meio-dia, segundo estimativas da agência CTK. Em Malta também foi registrada uma leve baixa, mas a participação continua sendo uma das mais elevadas da Europa e foi estimada em 75%.

Na Polônia, onde apenas uma pequena parte da população foi às urnas, o primeiro-ministro Donald Tusk declarou que “se a participação ultrapassasse os 20%, não seria um drama.” Em 2009, a abstenção ultrapassou os 70% em vários países do leste europeu, entre eles a Eslováquia, a Lituânia, a Polônia, a Romênia, a República Tcheca e a Eslovênia. 

Exposição de DKW presta tributo ao Brasil na Alemanha

Da Redação de A Tribuna

A Alemanha é um país famoso por cultivar a paixão por carros, especialmente os antigos. Audi, Porsche, Volkswagen, Mercedes-Benz e BMW têm museus com relíquias das épocas mais remotas. E em tempos de Copa do Mundo, a Audi homenageia o Brasil com uma exposição de modelos DKW, uma das marcas mais importantes do início da industrialização nacional, nos anos 60.

Chamada de Ordem e Progresso – A DKW Vemag e o novo amanhecer do Brasil, a mostra em Ingolstadt abre as portas hoje e vai até o dia 21 de setembro com modelos como Belcar (sedã), Vemaguet (perua) e Candango (jipe). Outro destaque é o GT Malzoni, esportivo que teve somente 35 unidades fabricadas.

Belcar e Fissore, feito no Brasil com toque italiano: DKW foi uma das marcas que deram origem a Audi

Belcar e Fissore, feito no Brasil com toque italiano: DKW foi uma das marcas que deram origem a Audi

Os carros não são tudo. Os visitantes podem escutar samba e bossa nova em duas “cadeiras sonoras”. O futebol ganha espaço por meio de um painel de vídeo, pelo qual é possível assistir aos maiores momentos vividos por Pelé nas três Copas do Mundo em que foi campeão, enquanto outro mostra cenas dos gols da Seleção Brasileira na Copa de 1982, realizada na Espanha.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio