Arquivo da tag: ALERTA

Chuvas deixam regiões de Santa Catarina em alerta

27/06/2014

Florianópolis, 27 – As regiões Oeste e Meio-oeste de Santa Catarina estão em alerta por causa de novas chuvas causadas por um ciclone extratropical. Até a manhã desta sexta-feira, 27, dois decretos de situação de emergência chegaram à Defesa Civil Estadual, para as cidades de Rio do Antas e Palmitos, no Oeste. O fenômeno chegou ao Estado na noite de quarta-feira, 24, e também obriga atenção nas regiões do Planalto Sul, Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

Até o final da manhã, foram registradas 50 famílias desabrigadas e 300 desalojadas em Águas de Chapecó, mais 18 famílias desabrigadas em Rio das Antas. Em Mondaí, 100 famílias também deixaram suas casas.

Principal preocupação da Defesa Civil, a bacia do rio dos Peixes, que até a noite anterior estava subindo, estabilizou-se na manhã desta sexta. A cota já passa dos 10 metros, em Joaçaba (Meio-oeste), cidade que comunicou alagamentos. O rio Uruguai também apresenta alta: o nível está em 13,8 metros, com inundação iminente em Águas de Chapecó e Concórdia (Oeste).

China: jornal faz alerta sobre mercado imobiliário

O principal jornal do Partido Comunista chinês alertou hoje para que bancos de investimento estrangeiros, especuladores e empresas imobiliárias domésticas não tenham uma visão “excessivamente pessimista” sobre o mercado imobiliário.

 
Em artigo, a edição estrangeira do People’s Daily afirma que há indivíduos com “motivos ocultos” que querem prejudicar o mercado e forçar o governo a relaxar restrições adotadas para manter os preços de moradias sob controle.
 
“O mercado imobiliário está passando por uma correção normal e precisamos ficar vigilantes em relação aos que têm motivos ocultos para falar mal do mercado (numa tentativa) de prejudicá-lo, desorientar a política e atender as demandas de interesses privados”, diz o jornal.
 
Segundo o People’s Daily, o propósito desses comentários pessimistas é “pressionar o governo a reduzir restrições para compras de moradias, facilitar o crédito e lançar outras medidas para resgatar o mercado de maneira que as imobiliárias possam continuar se beneficiando dos preços altos dos imóveis”.
 
A edição doméstica do jornal não trouxe o mesmo artigo, mas publicou outro texto, de autoria do presidente da Vanke Property Yu Liang, repetindo a visão de que o mercado imobiliário não está mais numa fase de ouro e está entrando agora numa “fase de prata”. A Vanke é uma das maiores empresas do setor imobiliário chinês.
 
Fonte: Dow Jones Newswires.
 

ONU alerta para subida de extremismo e racismo na Europa

por Lusa, texto publicado por Isaltina PadrãoHoje

A responsável das Nações Unidas para os direitos humanos, Navi Pillay, manifestou-se hoje preocupada com o aumento do extremismo e do racismo retórico na Europa, avisando que a contestação à origem dos imigrantes pode conduzir ao abuso de direitos.

“Estou preocupada com o aumento recente no espetro político em vários Estados da Europa Ocidental de um discurso marcado por um sentimento racista e pela intolerância religiosa”, afirmou Pillay perante os diplomatas presentes num encontro do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra.

Lembrando a vitória recente dos eurocéticos e dos discursos anti-imigração e xenófobos proferidos no último mês por alguns partidos durante as eleições para o Parlamento Europeu, a responsável manifestou-se preocupada perante o facto de os políticos que fizeram declarações perturbantes figurarem entre os decisores europeus. 

“O novo Parlamento Europeu vai incluir um líder do partido alemão que afirmou: ‘a Europa é o Continente das pessoas brancas e deve permanecer como tal'”, referiu Pillay, numa referência a Udo Voigt do Partido Nacional Democrático alemão (NPD). 

A comissária da ONU para os Direitos Humanos realçou ainda que Marine Le Pen, que lidera a Frente Nacional francesa (FN), vai sentar-se no Parlamento Europeu, apesar dos comentários em que comparava “as orações pacíficas dos muçulmanos nas ruas à ocupação militar do seu país pelos nazis”. 

Pillay, que durante seis anos ocupou o cargo de responsável da ONU para os direitos humanos, vai ser substituída no cargo pelo embaixador da Jordânia para as Nações Unidas, Prince Zeid al-Hussein, a 01 de setembro. 

OMS adverte que depressão é a doença mais frequente na adolescência

DIÁRIO DA MANHÃ|TALLITA GUIMARÃES

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou que a depressão é a principal causa de doença e de inaptidão entre os adolescentes entre 10 e 19 anos. O documento da OMS destaca que os três principais motivos de morte no mundo nesta faixa de idade são os acidentes de trânsito, a Aids e o suicídio.

Segundo a Organização, em 2012, 1,3 milhão de adolescentes morreram no mundo. Para elaborar o documento, ela utilizou dados fornecidos por 109 países. Os problemas mais frequentes nessa faixa etária estão relacionados com cigarro, consumo de drogas, bebidas alcoólicas, Aids, transtornos mentais, nutrição, sexualidade e violência.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

 

Dono de site diz que alertou PM do Guarujá sobre boatos

Estadão Conteúdo

O dono do perfil no Facebook Guarujá Alerta, apontado como o catalisador da onda de boatos que terminaram com o linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, no sábado, disse ao Estado, depois de evitar reportagens por dois dias, que procurou a Polícia Militar na sexta-feira para pedir ajuda para desmentir a boataria sobre a sequestradora que atuaria na cidade.

O homem, que não revela nome, idade nem profissão porque diz já ter recebido mais de 600 ameaças, disse que seu papel durante os dias que antecederam o espancamento de Fabiane foi informar que as histórias que circulavam pela internet não eram verdadeiras. Ele conta que a onda de histórias sobre a sequestradora crescia na rede, e o que ele fez foi repercuti-la. Até constatar que os casos não eram verdadeiros.

“As pessoas publicavam nos perfis delas e em outros perfis. Tinha gente publicando que havia uma criança morta dentro de caçamba de lixo no bairro Maré Mansa e gente dizendo que viu a sequestradora”, diz o dono da página.

“O que fizemos? Detalhamos direitinho, dissemos que no Rio havia o mesmo boato, que uma foto que haviam publicado era de um site de humor, mas não teve como segurar esse boato. O pessoal começou a extrapolar”, continua. “Nem é nosso papel segurar boatos.”

Sem força para acalmar a população, segundo afirma, o dono da página decidiu pedir ajuda à polícia. “Um dia antes do acontecido, enviamos um e-mail para o 21.º Batalhão de Polícia Militar do Guarujá, pedindo que enviasse uma nota oficial para tranquilizar a população da cidade, esclarecendo que tudo era um boato, para que a população ficasse mais calma. Mas infelizmente não tivemos resposta”, lamenta.

Na tarde do sábado, ele diz que começaram a aparecer mensagens com fotos de Fabiane, dizendo que a sequestradora havia sido presa. “Dissemos que não publicaríamos nenhuma foto”, afirma.

O homem prestou depoimento na Delegacia Seccional do Guarujá nesta terça-feira, 6, e foi liberado. O delegado do caso, Luiz Ricardo Lara Dias Júnior, trata o dono da página como uma testemunha e diz que ele tem colaborado, chegando a enviar suas senhas do Facebook para a polícia. Mas diz que o material publicado no Guarujá Alerta ainda está sendo analisado.

“Não me sinto culpado pelo ocorrido. A todo momento, tudo o que quis foi dizer que aquilo era um boato, sempre quis. Mas infelizmente não posso me responsabilizar por aquelas pessoas que fizeram aquela atrocidade”, alega.

Não é o que pensam outras pessoas, também segundo o do no da página. “Até gente instruída, advogado, pergunta se eu não deveria ser linchado também”, afirma, ao relatar as ameaças que está sofrendo.

Escapismo

A Polícia Militar foi procurada no começo da noite desta quarta-feira, 7, para comentar as declarações. Por causa do horário, fora do expediente administrativo, informou não ter como confirmar se o e-mail realmente havia sido enviado à corporação. A corporação se comprometeu a apurar o caso hoje.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública “lamenta profundamente que a defesa do responsável pelo perfil Guarujá Alerta queira empurrar para a Polícia Militar a responsabilidade pelo boato que resultou na morte de uma pessoa inocente em Guarujá”. “Tal comportamento demonstra escapismo.”

Moradores do bairro – e parentes de Fabiane – dizem que só souberam da história após ler os boatos do Guarujá Alerta e culpam a divulgação feita.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio