Arquivo da tag: ARMÊNIA

Erdogan apresenta condolências pelo massacre de arménios ocorrido entre 1915 e 1917

por LusaHoje

 
Primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan
Primeiro-ministro turco Recep Tayyip ErdoganFotografia © Reuters

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, apresentou hoje as condolências da Turquia “aos netos dos arménios mortos em 1915”, numa referência às deportações e massacres desta comunidade cometidos pelo império otomano em plena I Guerra Mundial.

Num comunicado emitido na véspera do 99.º aniversário do início das deportações, o chefe do Governo turco aborda abertamente e pela primeira vez estes acontecimentos ocorridos entre 1915 e 1917, na fase final do império otomano, e reconhecidos como um genocídio por numerosos países.

Pelo contrário, e desde a sua fundação em 1923, a Turquia republicana nunca reconheceu o genocídio arménio.

“É um dever humano compreender e partilhar a vontade dos arménios em comemorar os seus sofrimentos durante essa época”, refere o texto, citado pela agência noticiosa AFP.

“Desejamos que os arménios que perderam a vida no contexto do início do século XX repousem em paz e exprimimos as nossas condolências aos seus netos”, acrescenta a missiva. Na sua mensagem sobre os acontecimentos de 1915, Erdogan também considera “inadmissível” que os acontecimentos de 1915 sejam utilizados como um “pretexto” para hostilizar a Turquia, ou que a questão seja aproveitada para promover o “conflito político”.

“No mundo de hoje, promover a inimizade através da história e criar novos antagonismos não é aceitável nem útil para a construção de um futuro comum”, sublinha o líder turco, que também recorda a necessidade do diálogo “apesar das diferenças”, de compromisso e de promoção do “respeito e tolerância”.

Neste contexto, recorda que a Turquia “apelou para o estabelecimento de uma comissão história conjunta para estudar os acontecimentos de 1915 na perspetiva de uma abordagem académica”.

“Este apelo permanece válido. As investigações, que deverão ser efetuadas por historiadores turcos, arménios e internacionais desempenharão um significativo papel no esclarecimento dos acontecimentos de 1915 e de um correto conhecimento da história”, refere.

O dia 24 de abril de 1915 assinala o início das perseguições à população arménia que há séculos vivia sob domínio otomano, no que é descrito como o primeiro genocídio do século XX. Centenas de milhares de arménios foram na ocasião deportados e a maioria dos seus bens confiscados.

Enquanto as autoridades da Arménia e diversos historiadores se referem a cerca de 1,5 milhões de mortos no decurso das perseguições e deportações, a Turquia argumenta que cerca de 500.000 arménios morreram de fome ou em combates durante o conflito mundial, continuando a rejeitar o termo genocídio.