Arquivo da tag: CLIPE

Brody Dalle divulga clipe da canção Don’t Mess With Me ; assista

De A Tribuna On-line

N/A

Primeiro CD de Brody Dalle conta com participações
Sendo alvo de garrafas, baldes de tinta e muitos outros objetos, Brody Dalle estreou nessa semana o clipe de Don’t Mess With Me. O segundo single do álbum Diplod Love traz um som bastante rock’n’roll assim como boa parte das canções do trabalho.
 
E mesmo sendo vítima das “agressões”, a moça não perde a pose de rockstar e apresenta um vídeo com uma bela fotografia.
 
O primeiro disco solo da ex-líder do Distillers conta com diversas participações especiais. Nick Valensi (baixista do The Strokes) e Shirley Manson (vocalista do Garbage) foram alguns do convidados. A cantora inclusive estrelou o clipe de Meet The Foetus/Oh The Joy.
 
Assista abaixo ao clipe de Don’t Mess With The Me:
 

Pelas raízes do rock’n’roll com Jack White

Diário de Notícias|Nuno GalopimHoje

 
Pelas raízes do rock'n'roll com Jack White

‘Lazaretto’, o segundo álbum a solo do ex-vocalista dos White Stripes assinala nova incursão do músico por diversas heranças da cultura rock e suas periferias.

Os sete álbuns de originais que os White Stripes lançaram entre 1999 e 2007 representam uma das mais notáveis obras que o universo do rock’n’roll conheceu nos últimos tempos. Depois de encerrado o ciclo com Icky Thump, em 2007, quatro lançamentos ao vivo têm assegurado a continuação da sua discografia. Porém em 2012 Jack White (findo uma etapa menos vitaminada a bordo dos Raconteurs) deu novo passo significativo ao editar a solo Blunderbuss, disco onde, mais que nunca, abria os horizontes da sua música a várias genéticas fulcrais da cultura rock numa coleção de canções que, mesmo seguindo caminhos variados nas formas (e cores) tinha na sua voz, naquele canto inquieto, um denominador comum que assinava a coesão do todo. Não estamos muito longe desses mesmos princípios agora que encontramos em Lazaretto o seu segundo passo assinado em nome próprio. A relação com raízes diversas da cultura rock está novamente bem patente, sublinhando também uma atitude melómana que ele mesmo tem desenvolvido através da sua própria editora, a Third Man Records.O álbum abre com Three Women, na verdade uma canção que nasce diretamente da memória de Three Women Blues”, canção de 1928 de Blind Willie McTell. Os riffs intensos, as guitarras angulosas e a voz agitada dominam parte de um alinhamento que evoca tanto os blues, como a country ou o rhythm’n’nblues. Mas que, fruto de um labor de estúdio mais demorado que nunca, acaba por gerar arranjos mais complexos que revelam novos caminhos possíveis para a relação de Jack White com estas mesmas raízes. E escutem-se temas como Temporary Ground, Would You Fight For My Love? ou o intrigante (e invulgar) High Ball Stepper e respire-se o sabor da descoberta que pode nascer de uma inteligente forma desafiante de regressar a velhas referências.

Veja clipe:

Assista ao clipe de Fardados , canção do novo disco dos Titãs

De A Tribuna On-line

N/A

Álbum mais recente da banda foi lançado em maio
O quarteto do rock nacional Titãs segue divulgando seu novo álbum, Nheengatu. A novidade é o lançamento do clipe da canção Fardado, dirigido por Oscar Rodrigues Alves. A canção, que critica a violência policial, é a primeira do disco, que também apresenta temas como a pedofilia, os protestos de 2013, e a situação dos moradores de rua.
 
Lançado em maio, o disco procura retomar a fúria da banda apresentada em discos como o clássicoCabeça dinossauro. Atualmente, o Titãs é formado por Branco Mello (vocal e baixo), Paulo Miklos (vocal, guitarra e saxofone), Sérgio Britto (vocal, teclado, e baixo) e Tony Bellotto (guitarra), tendo o baterista Mario Fabre como músico de apoio. 
 
Confira o novo clipe abaixo:
 

LANÇAMENTO DO CLIPE “LEVANTA E ANDA” DE EMICIDA SE TORNA VIRAL NAS REDES SOCIAIS

Escrito por Thais Siqueira|DoLadoDeCá

 


Fruto de mais uma produção do Laboratório Fantasma, a música “Levanta e Anda” é mais um sucesso do rapper Emicida com  participação de Rael da Rima. O clipe foi gravado em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo, com a própria comunidade participando à frente e atrás das câmeras. O fio condutor da história é o passeio de duas crianças pela favela em que vivem.

Com a participação de Evandro Fioti, empresário e irmão de Emicida, o vídeo narra histórias de crianças pobres com uma imaginação fértil, e que são protegidas por essa imaginação de toda a miséria que as cerca. Em apenas dois dias na web, o clip já possui mais de cem mil visualizações no youtube, além de ser o tema mais utilizado pelas hashtags postadas nos perfis do facebook, twitter e Instagram dos admiradores de Emicida.

Confira o clip “Levanta e Anda” aqui.

 

Sepultura lança clipe de Da lama ao caos

Vídeo com música da Nação Zumbi enaltece a cultura pernambucana


Emanuel Leite Jr
 – Diario de Pernambuco

14/05/2014 

Clipe foi gravado em apenas um dia. Foto: Alex Solca/Divulgação  
Clipe foi gravado em apenas um dia. Foto: Alex Solca/Divulgação

Em 1993, o Sepultura lançou o Chaos AD, álbum que revolucionou a música pesada mundial ao mergulhar nas raízes sonoras brasileiras, incorporando elementos da música indígena e afro-brasileira ao seu thrash metal. A experiência foi aprofundada no Roots, de 1996, definido pelo jornal Los Angeles Times como “a reinvenção da roda”. Duas décadas depois, o grupo voltou a explorar a riqueza cultural do Brasil. E a banda brasileira mais bem sucedida internacionalmente escolheu a cultura pernambucana para homenagear em seu 13º álbum, The mediator between head and hands must be the heartDa lama ao caos”, da Chico Science & Nação Zumbi, ganhou uma versão bem mais pesada. O clipe, lançado nesta quarta-feira (14) e dirigido por Rafael Kent, explora a plasticidade dos elementos estéticos da nossa cultura.

Em colaboração com o blog DP no estúdio com o Sepultura, do Viver, o guitarrista Andreas Kisser já havia explicado o que conecta o Sepultura à Nação Zumbi. “A nossa relação com a Nação Zumbi é muito legal. Quando o Sepultura estava começando a usar a percussão brasileira, o Chico Science estava surgindo na mesma época, fazendo quase o oposto. Enquanto nós incorporávamos a música brasileira ao peso do heavy metal, eles acrescentavam o peso das guitarras do rock ao som único da música regional de Pernambuco. E a música Da lama ao caos é um exemplo disso.”


O clipe de Da lama ao caos foi gravado em apenas um dia, sendo dirigido e produzido por Rafael Kent, o mesmo diretor responsável pelo clipe da faixa The Vatican, primeira música de trabalho do The mediator between head and hands must be the heart. Kent explica que buscou apresentar no vídeo uma estética que remetesse o espectador ao Nordeste, região de origem da Chico Science & Nação Zumbi, recorrendo ao minimalismo.

“Quando recebi a música pra fazer o roteiro, pensei que havia vários elementos mais ou menos literais e que ficariam interessantes se conseguíssemos descontextualizar do local onde as pessoas geralmente pensam quando veem, por exemplo, um personagem do maracatu. Gosto do minimalismo e, acho que a depender do que é registrado, conseguimos plasticidades incríveis, como no caso da roupa e da dança do maracatu”, contou.

Kent ainda revelou como um clipe de Skrilex, com Damien Marley, em que um dos personagens evoca o espírito de uma águia indígena, serviu de inspiração para os trechos finais de sua versão para Da lama ao caos. “Como não podia deixar de existir o caranguejos no nosso clipe, eu pensei que o personagem que dança o maracatu seria na verdade a velha citada pelo Chico e que, ao fim, ela evocaria um gié e um aratu para organizar ou desorganizar alguma coisa.”

Bruno Vianna, da Bitt Animation, foi o responsável por modelar os garanguejos em 3D e pela animação vista no clipe. A Britt Animation também construiu o chão de barro cinza e rachado, dando a ideia de um sertão desolado.

Assista ao clipe:

 

Pharrell Williams divulga clipe da canção Marilyn Monroe ; veja vídeo

De A Tribuna On-line

N/A

Cantor divulgou clipe de seu mais recente CD
O cantor e produtor norte-americano Pharrell Williams liberou o clipe de sua nova música, intitulada Marilyn Monroe. O artista havia anunciado a faixa como sucessora do hit Happy, mas o cantor revelou que também lançará um dueto com Miley Cyrus chamado Come Get It Bae
 
O vídeo ainda traz a participação especial de Kelly Osbourne. Com o lançamento dos singles, Williams dá continuidade a divulgação do álbum G I R L, seu mais recente trabalho, lançado em março deste ano. 
 
Confira a seguir o clipe de Marilyn Monroe:
 

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio