Arquivo da tag: corte

Herói de torneio africano, Mba fica fora da seleção da Nigéria no Mundial

03. Junho 2014 

(Reuters) – A Nigéria cortou o herói da Copa Africana das Nações Sunday Mba da seleção que vai representar o país na Copa do Mundo, cuja lista final de 23 homens foi divulgada após expirar o prazo de entrega à meia-noite de segunda-feira. 

Mba marcou o gol da vitória quando a Nigéria derrotou Burkina Fasso por 1 x 0 e conquistou o título da Copa das Nações na África do Sul no ano passado, e estava na lista preliminar divulgada pelo técnico Stephen Keshi. 

Também foram cortados o meia Nnamdi Oduamandi, que teve boa atuação na Copa das Confederações no Brasil no ano passado, e Victor Obinna, autor de um gol decisivo para a Nigéria na repescagem das eliminatórias para o Mundial disputada em novembro contra a Etiópia. 

Keshi disse ter tido dificuldades para definir a seleção final, mas iria manter os jogadores cortados em um amistoso preparatório contra a Grécia em Filadélfia, no Estados Unidos, na terça, e numa segunda partida preparatória, contra os EUA em Jacksonville, no domingo. 

Sorteada para o Grupo F, a Nigéria estreia no Mundial contra o Irã em Curitiba, no dia 16 de junho, e também vai enfrentar a Bósnia e a Argentina. 

Confira a convocação completa da Nigéria:

Goleiros: Chigozie Agbim (Gombe United), Austin Ejide (Hapoel Beer Sheva), Vincent Enyeama (Lille)

Defensores: Efe Ambrose (Celtic), Elderson Echiejile (Monaco), Azubuike Egwuekwe (Warri Wolves), Kunle Odunlami (Sunshine Stars), Godfrey Oboabona (Caykur Rizespor), Kenneth Omeruo (Middlesbrough), Juwon Oshaniwa (Ashdod), Joseph Yobo (Norwich City)

Meias: Ramon Azeez (Almeira), Reuben Gabriel (Waasland-Beveren), John Mikel Obi (Chelsea), Victor Moses (Chelsea), Ogenyi Onazi (Lazio), Michael Uchebo (Cercle Brugge)

Atacantes: Shola Ameobi (Newcastle United), Michael Babatunde (Volyn Lutsk), Emmanuel Emenike (Fenerbahce), Ahmed Musa (CSKA Moscow), Uche Nwofor (Heerenveen), Peter Odemwingie (Stoke City).

(Reportagem de Mark Gleeson, na Cidade do Cabo)

Reuters

Adolescente morre em sala de aula após sofrer parada cardíaca

DIÁRIO DA MANHÃ|HÉLIO LEMES

Um adolescente de 15 anos, morreu em uma sala de aula do Colégio Estadual Deputado José Luciano, no Condomínio Rio Formoso, em Goiânia, após sofrer duas paradas cardíacas. 

O serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU), foi acionado para prestar atendimento, conseguiu reanimar o jovem, mas, ele sofreu uma outra parada e acabou morrendo.

Renan quer cortar R$ 5 milhões da terceirização da TV Senado

Em busca de uma economia de cerca de R$ 5 milhões por ano, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta quinta-feira que fará um corte de 15% no contrato de terceirização de serviços que atende à TV Senado. Segundo Calheiros, esse é o segundo maior contrato de fornecimento de mão de obra da Casa, custando R$ 29 milhões ao ano.

A medida, explicou o presidente, segue o padrão de cortes e reduções que vem sendo adotado pela Mesa Diretora do Senado para acabar com “o gigantismo administrativo do Senado”. “Esse contrato da comunicação social se prorroga, de uma forma ou de outra, há 17 anos. É um contrato eivado de vícios e que precisa ser enquadrado não apenas na racionalização, mas na própria transparência do Senado Federal”, disse.

Renan Calheiros garantiu que os valores a serem economizados reforçarão os investimentos na modernização da TV Senado, especialmente na compra de equipamentos. Segundo ele, serão adquiridas novas ilhas de edição e câmeras, além da transferência para o sinal digital da TV, num investimento total de R$ 15 milhões a R$ 20 milhões. “Com essa racionalização, daremos fôlego financeiro para os investimentos em modernização”, garantiu.

“Parte dos recursos para fazer frente aos importantes investimentos em modernização virão da alienação da folha de pagamento do Senado Federal, já aprovado pela Comissão Diretora da Casa”, declarou Calheiros. Segundo ele, os recursos também virão do Fundo de Investimento em Telecomunicações (Fistel), que ainda depende de regulamentação encaminhada pelo Ministério das Comunicações à presidente Dilma Rousseff.

No anúncio ao plenário, o presidente do Senado informou que aprovados no último concurso público do Senado e servidores efetivos da área de comunicação cedidos a outros órgãos cobrirão parte das vagas.

Fonte: Terra