Arquivo da tag: cristiano ronaldo

Portugal precisa de vitória contra EUA hoje para continuar no Mundial

O atacante português Cristiano Ronaldo treina na Arena da Amazônia.

O atacante português Cristiano Ronaldo treina na Arena da Amazônia.

REUTERS/Siphiwe Sibeko

A Bélgica pode chegar às oitavas de final da Copa do Mundo, se a equipe vencer a Rússia neste domingo (22), no Maracanã, pelo grupo H. No mesmo grupo, Coreia do Sul e Argélia se enfrentam em Porto Alegre. No grupo G, o dia é decisivo para Portugal, que precisa vencer os Estados Unidos, em Manaus, caso queira preservar as chances de passar à próxima fase.

O técnico de Portugal, Paulo Bento, ilustrou a importância da partida contra os Estados Unidos. “A situação é muito simples: ou ganhamos ou voltamos para casa, e no caso de um empate dá no mesmo”, disse Bento, durante entrevista coletiva em Manaus. O técnico acredita, porém, que a seleção portuguesa será capaz de reagir bem à pressão do resultado, mesmo estando com quatro jogadores contundidos e Bruno Alves sendo dúvida para a partida contra os americanos.

Goleado por 4 a 0 pela Alemanha, Portugal é último no grupo G com zero pontos. O treinador português também procurou minimizar a pressão sobre Cristiano Ronaldo, dizendo que o camisa 7 não é responsável por todos os problemas da equipe. “Temos um dos melhores jogadores do mundo, mas temos outros para apoiá-lo”, argumentou Bento. O técnico português descartou fazer uma mudança radical na equipe após a derrota para a Alemanha.

Cristiano Ronaldo dá entrevista exclusiva a repórter sexy

Diário de Notícias|Filomena AraújoHoje

 
Ronaldo dá entrevista exclusiva a repórter sexy

A mexicana Inés Sainz, de 35 anos, já tinha entrevistado Messi e agora conseguiu um exclusivo com CR7. No Mundial de 2010, foi eleita a jornalista desportiva mais atraente do planeta.

A repórter, que chegou ao Brasil no dia 6, entrevistou Ronaldo numa conversa cuja primeira parteirá para o ar este domingo na TV Azteca, no México.

“Estou muito feliz por ter conseguido este exclusivo mundial, estive a trabalhar muito tempo para consegui-la e por fim acabo de a fazer há um par de dias” disse a jornalista à revista Hola. “Cristiano Ronaldo foi muito amável. Vê-se que gostou muito da entrevista porque acabou por demorar muito mais tempo que o previsto e durante a conversa, rimo-nos muito”, relata Inés Sainz.

Com mais de 10 anos de carreira profissional, a repórter teve oportunidade de conhecer e entrevistar várias figuras do mundo desportivo mas a conversa com CR7 será recordada de maneira especial. “Posso dizer que é uma das melhores entrevistas que já fiz. Gostei muito que falasse de tudo o que quis, não houve nenhum tipo de veto às perguntas e descobri um homem autêntico que desfruta muito da vida e que diz sempre o que pensa”, explicou a jornalista.

Ronaldo respondeu a perguntas até de carácter mais pessoal: ” ser pai foi o que mais sensibilizou nesta vida”. “É sem dúvida um pai amoroso e dedicado” opina a entrevistadora

Dengue ameaça craques como Cristiano Ronaldo durante a Copa, sugere imprensa

O jogador da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo.

O jogador da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo|REUTERS/Sergio Perez

Quando escolheu Campinas para ser a sede de suas equipes durante a Copa do Mundo, as federações de futebol de Portugal e da Nigéria não poderiam imaginar que a cidade paulista seria alvo de uma intensa campanha de combate à dengue. A prefeitura campineira prometeu intensificar as operações contra o mosquito transmissor antes da chegada das delegações aos centros de treinamento. 

Campinas se tornou um dos principais focos de preocupação entre todas as cidades que vão acolher as 32 seleções da Copa devido ao número recorde de pessoas atingidas pelo mosquito transmissor da doença. Foram 32.384 casos registrados entre 1° de janeiro e 15 de maio.

Reportagens divulgadas na imprensa francesa relatam que a epidemia é recorde porque já ultrapassa os 11.500 casos registrados em 2007.

Em entrevista à agência de notícias AFP, a coordenadora do programa de luta contra a dengue em Campinas, Andrea Von Zuben, enumera três fatores que contribuíram para a propagação do mosquito e da doença: o calor intenso dos primeiros meses do ano, a circulação predominante de um tipo de vírus mais raro, e a falta de higiene e locais com água parada que favorecem a proliferação do aedes aegypti.

No entanto, a boa notícia para as delegações de Portugal e da Nigéria é que o Mundial acontece num período onde as temperaturas serão mais baixas, desfavoráveis à disseminação da doença.

“A Federação portuguesa de futebol está em contato permanente com as autoridades locais e nos foi garantido que a situação está sob controle e não há motivos para alarme” , declarou um dos responsáveis da Federação lusa à agência AFP.

Promessa de desinfecção

No início de maio, durante visita do treinador de Portugal Paulo Bento ao centro de treinamento, a prefeitura de Campinas já havia confirmado três operações de desinfecção antes da chegada da delegação portuguesa, prevista para o dia 11 de junho no bairro de jardim Eulina, onde está situado o estádio Moisés Lucarelli.

Em meados de maio, um estudo da revista britânica The Lancet dedicada a doenças infecciosas identificou três cidades-sedes do Mundial com risco potencial durante a competição: Natal, Fortaleza e Recife. O Brasil é o país mais atingido pela dengue desde o início deste século com mais de 7 milhões de casos entre 2000 e 2013, segundo dados oficiais do país.

Outras doenças

Diante do risco da propagação de outras doenças em função do contatos dos moradores com turistas estrangeiros, particularmente do África e da Europa, onde há casos de rubéola e poliomielite, Campinas lançou um vasto programa de vacinação.

A campanha tem como alvo prioritário funcionários de hotéis, motoristas de taxis e empregados de estabelecimentos turísticos como restaurantes.

Ronaldo: “Éramos muito pobres, nem tinha brinquedos”

Diário de Notícias|João RuelaHoje

 
Ronaldo: "Éramos muito pobres, nem tinha brinquedos"
Fotografia © Gustavo Bom / Global Imagens

Cristiano Ronaldo confessa que, neste momento, não sabe o valor da fortuna que possui, mas lembra que nem sempre foi assim. Futebolista quer jogar até aos 40 anos.

Cristiano Ronaldo é, segundo a revista Forbes, o futebolista mais bem pago do mundo, tendo auferido em 2013, entre contratos publicitários e salários com o Real Madrid, 53,6 milhões de euros. Mas nem sempre foi assim. Em entrevista ao jornal britânico The Sun, CR7 recordou a infância difícil.

“Não faço ideia de quanto dinheiro tenho, mas não é o dinheiro que me move. No início, quando não tinha nada, era diferente. Queria ter dinheiro para mim e para a minha família, porque cresci com muito pouco. Éramos muito pobres. Não tinha brinquedos, nem recebia presentes no Natal”, contou o futebolista português, que nesta quinta-feira se juntou à seleção nacional na preparação para o Mundial 2014.

Aos 29 anos, vencedor de duas Bolas de Ouro, três Botas de Ouro e que acabou de conquistar a sua segunda Liga dos Campeões, primeira pelo Real Madrid, Ronaldo faz planos para o futuro. “Adoro o futebol. É a minha vida. Tenho sete ou oito anos, ou talvez mais, de carreira. Se as minhas pernas me deixarem jogar até aos 40, então quero jogar”, disse o extremo, que já admitiu a possibilidade de, no futuro, jogar em França, EUA ou até regressar ao Manchester United, embora tenha contrato até 2018.

Embora tenha em Lionel Messi o grande rival na disputa pelo estatuto de melhor jogador do mundo, sempre sujeito à eterna subjetividade, Cristiano Ronaldo pensa em igualar duas outras lendas. “Espero que um dia esteja na primeira página da história do futebol, na mesma página com o Maradona e o Pelé. Quero chegar lá”, frisou.