Arquivo da tag: ESPANCAMENTO

Jovem cigano está em coma depois de ser espancado na França

AFP – Agence France-Presse

17/06/2014 

Um adolescente cigano estava nesta terça-feira em estado de coma depois de ter sido espancado por uma dezena de pessoas que o acusavam de roubar em um subúrbio de Paris, indicou a polícia.

O jovem de 16 anos, que vivia com sua família e outros ciganos em uma casa abandonada ao norte de Paris, apareceu na noite de sexta-feira inconsciente em um carrinho de supermercado, segundo uma fonte policial.

Segundo os primeiros elementos da investigação, os agressores o acusavam de ter assaltado poucas horas antes a casa de uma vizinha na localidade Cite des Poetes.

“Várias pessoas foram buscá-lo no bairro de Chabolas, no qual vivia, e o levaram à força”, explicou outra fonte policial.

O adolescente foi colocado em um porão, no qual sofreu espancamentos.

A mãe da vítima denunciou a agressão.

Segundo uma fonte judicial, o adolescente já havia realizado outros roubos.

A polícia o deteve várias vezes desde o início de junho, declarou Michel Fourcade, o prefeito da localidade em que vivia, que nas últimas semanas havia denunciado outros atos de vandalismo e roubos atribuídos à comunidade cigana.

A ONG SOS Racismo considera que “este grave incidente demonstra a degradação alarmante da imagem dos ciganos ou supostamente ciganos na sociedade como resultado das repugnantes tensões vividas entre os cidadãos”.

Goianésia: Pai agride filho de 11 anos com martelo, cinto e murros

DIÁRIO DA MANHÃ|NATÂNIA CARVALHO

Em Goianésia, Goiás, um homem foi preso suspeito de agredir seu filho, um menino de 11 anos. 

De acordo com Poliana Bergamo, titular da Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam) do município, a denúncia anônima foi confirmada nos depoimentos do menino e na maneira com que foi ele encontrado em casa, com pernas e pés inchados, claros sinais de violência doméstica.

“Ele disse que o pai batia de várias formas, com pau ou cinto, que o chutava e desferia murros. Ele relatou que o pai ainda deu duas marteladas no peito dele”, revelou Poliana. As agressões ocorreram em um período de oito dias, tempo que o menino morou com o pai, no mês de abril deste ano. Como o homem fugiu de casa, a polícia não havia conseguido prendê-lo.

O homem, lavrador, teria acolhido o filho depois de um pedido de ajuda da mãe. Assim que o menino chegou a sua casa, ele proibiu todos os possíveis contatos com a mãe.

Segundo Poliana, o suspeito tem passagem na polícia por receptação, porte e posse ilegal de arma, além de lesão corporal. Ele será indiciado por tortura, já que promoveu tamanho sofrimento que não pode ser classificado apenas como maus tratos, podendo pegar de 2 a 8 anos de detenção. A criança voltou a morar com a mãe.

(Com informações do G1)

Madrasta espanca enteado de 10 anos e choca internautas

DIÁRIO DA MANHÃ|DANIELLY SODRÉ

Um garoto de 10 anos foi cruelmente espancado por sua madrasta na cidade de Heyuan, na China. O crime foi descoberto pelo professor do menino. Aluno de uma escola primária, Bin Bin foi chamado pelo seu professor para conversar pois parecia sentir dor cada vez que se movia, de acordo com o jornal americano Daily Mail.

O menino começou a chorar, antes de contar que não queria ir para casa, pois sua madrasta iria amarrá-lo a um cesto de roupas para espancá-lo.

Foto:Daily Mail

Foto:Daily Mail

Indignação

Depois de ter revelado ao professor que a madrasta o maltratava, a criança foi convidada a mostrar seus ferimentos. Cerca de 90% de seu corpo estava coberto com lacerações e contusões. As fotos dos hematomas provocaram indignação entre internautas chineses.

Crueldade

“Ela me bate o tempo todo”, contou a criança, mostrando a pele machucada. O menino disse que a surra mais recente ocorreu, porque ele ficou encharcado em um aguaceiro quando ia para casa. “Ela disse que eu estava brincando na água e me puniu com uma tira de couro”, disse ele.

Quiong Yang, professor do garoto disse: “Ele é um menino tão doce e gentil. Ele partiu meu coração quando me contou esta crueldade. Sua madrasta está com ciúmes da relação do menino com seu pai, e parece que ela não conseguiu ter um filho. Ela disse que ele deve ajudá-la a fazer trabalhos domésticos todos os dias e se alguma coisa estiver imperfeita, ele leva outra surra”.

A polícia chinesa já foi acionada e uma investigação criminal foi aberta.

Foto:Daily Mail

Foto:Daily Mail

 

Menina é internada após ser espancada no PR

Suspeito de atacar a criança de seis anos é marido da babá da vítima, foi preso e já teria admitido o crime

Da BandNews FM Curitiba noticias@band.com.br

Uma menina de seis anos foi parar no hospital depois de ser espancada pelo marido da babá em Apucarana, no norte do Paraná. A criança foi encaminhada ao serviço médico com lesões por todo o corpo, de acordo com informações da polícia.

Já o suspeito das agressões foi preso e já teria admitido o crime. Ele disse que usou um cinto para bater na menor e foi autuado por tortura.

As agressões ocorreram na última quarta-feira, na residência do casal. A criança ficava lá havia cerca de um mês, sempre nos períodos em que a mãe estava no trabalho, em um bar de Londrina, que fica na mesma região.

No episódio da última quarta, no entanto, o choro da menina teria irritado o homem. Depois da surra, a esposa do agressor chamou a mãe da criança, que denunciou o casal à polícia.

A babá chegou a ser detida junto com o marido, mas depois foi liberada por falta de indícios da participação dela no crime. O caso, no entanto, só vai ser concluído depois que a própria vítima for ouvida, o que só deve acontecer depois que ela receber alta médica.

Ainda segundo a polícia, o exame de corpo de delito deve ficar pronto nos próximos dias. O laudo vai detalhar se a menor foi alvo de outras agressões anteriormente, inclusive violência sexual.

O Conselho Tutelar acompanha o caso e quer descobrir se a mãe tem condições de cuidar da filha. O inquérito deve ser encaminhado ao Ministério Público do Paraná nos próximos 10 dias.

Mulher quase idosa é espancada e estuprada em Trindade

DIÁRIO DA MANHÃ|HÉLIO LEMES

Uma mulher identificada como Percina Maria da Silva, de 59 anos, foi estuprada e espancada por Antônio Nilson Santiago, na cidade de Trindade, região metropolitana de Goiânia, na tarde deste domingo (27).

A Polícia Militar (PM) informou que a mulher estava em casa, quando o suspeito teria pulado o muro e praticado o crime. Segundo a PM, Percina foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar o exame de corpo de delito, em que se constatado o estupro, o suspeito será autuado em flagrante. Segundo a PM, Antônio Nilson já possui outras duas passagem pela polícia, por furto e receptação.

Jovem suspeito de assalto é espancado e amarrado de cueca em poste

DIÁRIO DA MANHÃ|DANIELLY SODRÉ

Seminu, amarrado com pedaços de lençol a um poste de energia elétrica e recebendo golpes de fios de cobre. Moradores em Ipatinga, no Vale do Aço, Minas Gerais resolveram fazer justiça com as próprias mãos, o algoz, o jovem Josimar Dias de Sena, 18 anos suspeito de roubos no Morro do Sossego. Os moradores chegaram a filmar a agressão até a chegada de policiais militares.

O caso foi registrado pela PM como lesão corporal. O suspeito contou a polícia ter sido retirado à força de casa na última quinta-feira (17) por homens desconhecidos. De cuecas, ele foi amarrado ao poste com as mãos para trás e espancado por um homem não identificado. Durante as agressões, o suspeito de assalto foi obrigado a gritar: “Nunca mais vou roubar no morro”.

Segundo a Polícia Militar, Josimar Sena afirmou que não conhecia os agressores e que não os denunciaria caso soubesse quem são, visto que possui dívidas com traficantes e é responsável por “outros delitos” no bairro.

Ele foi levado por militares a uma Unidade de Pronto Atendimento com feridas nas costas, pernas e braços. Nenhuma vítima de roubo denunciou Josimar de Sena à polícia após o espancamento. O agressor não foi identificado até o momento.

Jovem foi agredido com fios de cobre por moradores.Foto:Divulgação Jornal Diário do Aço

Jovem foi agredido com fios de cobre por moradores.Foto:Divulgação Jornal Diário do Aço