Arquivo da tag: FIFA

Fifa agora é dona da marca “pagode”

Alana Gandra – Agência Brasil

Até o momento, mais de 180 registros foram concedidos pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) à Federação Internacional de Futebol (Fifa) para a Copa do Mundo. Um deles, o da marca “Pagode”, causou polêmica. Em função da Lei Geral da Copa, a marca passou a ser de uso exclusivo da Fifa. Assim, durante o Mundial, fica proibido o uso dela para atividade associada ao evento.

O registro realizado no instituto trata de Pagode como a fonte tipográfica, mas a legislação referente ao campeonatoampliou a restrição. “O que gerou a grande polêmica é que a Lei Geral da Copa tem uma disposição que diz que a Fifa vai enviar ao Inpi listas de registros que a entidade quer que sejam reconhecidos como marcas de alto renome, que têm proteção para tudo”, disse nesta quarta-feira  (21/5) à Agência Brasil a diretora substituta de Marcas do instituto, Silvia Rodrigues de Freitas.

Isso faz com que a marca “Pagode”, por exemplo, tenha proteção automática. Como a palavra tem muitos sentidos no Brasil, a diretora acredita que não haverá proibição da Fifa para que o nome seja usado por grupos de pagode. “Não faz sentido”, opinou.

Em geral, existe um procedimento complexo para reconhecimento de uma marca de alto renome no Inpi.  Mas a lei isentou a Fifa dos procedimentos. “A Fifa nos diz quais são as marcas de alto renome e a gente simplesmente publica”, explica.

Pela Lei Geral da Copa, o reconhecimento das marcas de alto renome da Fifa tem um prazo de validade. “O alto renome só vale até o fim deste ano. Isso da marca pagode poder proteger tudo só vale até o dia 31 de dezembro deste ano. A partir de 1º de janeiro de 2015, as marcas que a Fifa quis que fossem de alto renome voltam a ser marcas normais”, disse a diretora do Inpi.

No momento, a Fifa tem 100 marcas de alto renome reconhecidas no Brasil.Há marcas para vestuário, equipamentos, competições esportivas, publicações, por exemplo. “Elas voltam a proteger apenas aquele escopo inicial”, salientou.

A lei também dá prioridade aos pedidos da Fifa nos trabalhos do Inpi. Apesar do privilégio, Silvia aponta que todas as disposições da lei sobre marcas continuam sendo aplicadas aos pedidos da entidade internacional esportiva. “Não é pediu, levou, não. Ele (pedido) só é examinado mais rápido”.

Cerca de 1.406 pedidos da Fifa entraram no Inpi desde os anos de 1970. Desses, 236 foram após a vigência da Lei Geral da Copa, em 5 de junho de 2012. A iniciativa da Fifa não é novidade para o Inpi.

Silvia recordou que o Brasil já sediou uma Copa do Mundo, em 1950, quando perdeu para o Uruguai. E toda vez que o Brasil se candidatava para abrigar uma nova Copa do Mundo ou Copa das Confederações, a Fifa depositava pedidos de registro de marcas no país.

“A Fifa só manda da porta do estádio para dentro”

O prefeito ACM Neto reagiu com firmeza às críticas de ouvintes da rádio Metrópole nesta manhã de que a Fifa ‘mandará’ nas ruas de Salvador e das demais cidades-sede da Copa do Mundo 2014 durante a competição, que inicia em 12 de junho próximo.

“De jeito nenhum. A gente trabalha muito mais na Copa. A única coisa que passa para o comando da Fifa é o estádio da Fonte Nova. Não vai mais haver aquele esquema de trânsito. Nada passa para a Fifa, a Fifa só manda da porta da Fonte Nova para dentro”, disse o democrata.

ACM também comentou a suposta estremecida na relação com o governador Jaques Wagner (PT), que dava o que falar quando ele assumiu a Prefeitura de Salvador em janeiro de 2013. Segundo o democrata, não há nenhuma desavença com o petista.

“Jamais deixaria de ser boa. Tanto da parte dele, quanto da minha. Separamos a relação administrativa da relação política, ele tem o candidato dele e eu tenho o meu. Quando entrei no governo, primeira coisa que mostrei é que é possível estabelecer uma boa relação”.

O prefeito também negou rumores de que ele estaria preocupado com obras que têm recursos do governo federal em retaliação à sua figura na disputa pelo governo do estado e, consequentemente, em benefício do pré-candidato do PT, Rui Costa.

“Não tenho nenhum elemento para desconfiar do governo federal. Não tenho tido contato com a presidente (Dilma Rousseff), mas tenho certeza de que as obras seguirão normalmente”.

Fonte: Brasil24

Fifa confirma listas de 30 jogadores das 32 seleções participantes

Estadão Conteúdo

A Fifa divulgou nesta sexta-feira, em seu site oficial, o nome dos 30 jogadores incluídos nas listas prévias de convocados das 32 seleções que vão participar da Copa do Mundo no Brasil. A partir da relação inicial, sete nomes precisarão ser cortados até o dia 2 de junho para que as relações finais de 23 jogadores necessariamente com três goleiros, sejam definidas.

Em alguns casos, como no da seleção brasileira, por exemplo, os treinadores optaram por já anunciar a lista final antes desse prazo. Só depois da convocação dos 23 nomes, o técnico Luiz Felipe Scolari divulgou os sete nomes que estão em uma “lista prévia” do Brasil para o Mundial. São eles: o goleiro Diego Cavalieri, o lateral-direito Rafinha, o zagueiro Miranda, o lateral-esquerdo Filipe Luís, o volante Lucas Leiva, o meia Lucas e o atacante Alan Kardec.

A lista final de cada uma das 32 seleções será divulgada pela Fifa no dia 5 de junho em seu site. A entidade explicou que um jogador da lista definitiva só poderá ser substituído se ele sofrer uma grave lesão até 24 horas antes do primeiro jogo da fase de grupos da sua equipe.

A contusão, porém, precisará ser confirmada pelo Comitê Médico da Fifa. Nesse caso, o jogador substituto não precisará estar necessariamente na lista provisória, que foi publicada no site da entidade nesta sexta-feira.

Arena Pantanal poderá ser entregue à Fifa inacabada

Diário de Cuiabá|Gustavo Nascimento

Faltando menos de uma semana para término do prazo de entrega da Arena Pantanal para a Fifa, a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) vai adiantar R$ 8 milhões para que as terceirizadas voltem ao trabalho. Caso o acordo não seja cumprido, a obra será novamente paralisada. 

Ao menos, 15 empresas terceirizadas pela empreiteira Mendes Junior, responsável pela obra, estão paradas há quase uma semana por falta de pagamento. Os empreendimentos são responsáveis pelos serviços de acabamento do estádio. Eles alegam que a empreiteira deve entre R$ 15 a 20 milhões as empresas. 

Na manhã de ontem, o grupo de empresários voltou a se reunir com o secretário de Secopa, Maurício Guimarães. As terceirizadas entraram em um acordo com a secretaria, que prometeu adiantar valores para que a Mendes Junior pague as terceirizadas. 

Segundo o secretário, o governo realizou um pagamento de R$ 2 milhões na última segunda-feira. Ele também prometeu realizar um depósito de mais R$ 2 milhões ontem e mais R$ 2,3 milhões na próxima segunda(19), dois dias antes da data de entrega do estádio para a Fifa, que está programada para dia 21. 

Conforme Júlio Flávio Campos de Miranda, diretor da Concremax e representante das empresas prestadoras de serviços da Arena, a empreiteira garantiu que os recursos serão repassados às outras empresas, assim que a Secopa pagar. Contudo, ele afirmou que R$ 8 milhões não serão suficientes para quitar o débito da empreiteira com as empresas, que giraria entre R$ 15 e 20 milhões. Ele disse também que mais empresas passam pelo mesmo problema. 

Segundo ele, Maurício Guimarães, disse que ainda faltam R$ 26 milhões para serem quitados com a Mendes Junior, através de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS). Porém, a quantia somente será liberada após a conclusão da Arena. Mas, para que a obra caminhasse o governo do Estado autorizou a Secopa a fazer um adiantamento. 

De acordo com Julio, desde fevereiro as empresas não receberam nenhum repasse da Mendes Junior e ao cobrar a empreiteira recebiam sempre a mesma resposta, de que a Secopa estaria devendo. 

Segundo a empresária Syrlainne Carvalho, representante da Varello Vidros, a Mendes Júnior não reconhecia as medições apresentadas e não liberava o faturamento. E disse que o serviço está quase finalizado. 

Fifa deve rever financiamento de estruturas temporárias na próxima Copa do Mundo

Jerome Valcke visitou as obras do estádio da Amazônia neste domingo 16 de fevereiro.

Jerome Valcke visitou as obras do estádio da Amazônia neste domingo 16 de fevereiro. REUTERS/Bruno Kelly|RFI

Há pouco mais de um mês antes do início do Mundial, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, voltou a criticar a organização do Brasil durante uma entrevista coletiva à imprensa nesta sexta-feira (9) em Zurique. Ele também disse que a Federação deverá rever o financiamento de estruturas temporárias bancadas com dinheiro público, um dos motivos dos protestos que se espalharam pelo país.

 

O secretário da Fifa não escondeu sua preocupação em relação ao atraso nas obras, principalmente da Arena do Corinthians, estádio conhecido como Itaquerão, onde acontecerá o jogo de abertura entre o Brasil e a Croácia, no dia 12 de junho. “Minha principal preocupação é conseguir terminar as instalações temporárias. Esta será nossa tarefa mais importante nos próximos dias”, disse Valcke.

O executivo da Fifa também falou sobre os movimentos sociais que tomaram conta do país e as críticas envolvendo a preparação do mundial, incluindo as acusações de corrupção nas licitações. E disse que o financiamento das estruturas poderá ser revisto no futuro.

“A Copa do Mundo não é um meio de resolver ou criar problemas, mas um meio para o governo aumentar o número de investimentos em um período mais curto. Não há um só país no mundo que não utilizaria a Copa do Mundo como plataforma para protestos, mas não me sinto culpado pela utilização do dinheiro que poderia ter sido investido em educação ou outra coisa”, disse Valcke.

“Há uma grande parte do dinheiro que foi investida em infraestrutura que será usufruída pelos brasileiros. O que podemos questionar é porque eles têm que pagar por essas infraestruturas temporárias, utilizadas somente para a Copa. Mas isso faz parte da candidatura para sediar o evento, o que poderemos rever no futuro”, completou.

“Preparação deve ser perfeita”

Segundo ele, a preparação deve ser perfeita, reconhecendo que nem tudo está pronto. “Vamos receber os estádios no próximo dia 21 de maio, entraremos no que chamamos de fase de utilização exclusiva. Tudo estará sob responsabilidade de nossas equipes, e se eu tiver que gritar com alguém, pelo menos vou ter esse direito!”, declarou.

Valcke também salientou que a Fifa “não será responsável se houver atrasos nos voos ou se em Cuiabá tem obras atrasadas, por exemplo.” Segundo ele, “a Copa é uma grande festa que temos que poder aproveitar. Se você passa cinco horas na frente de uma boate e não consegue entrar, você perdeu sua noite. Isso não pode acontecer”, acrescentou.

O secretário-geral da Fifa lembrou que o Mundial já é um sucesso de bilheteria, e o Brasil já tem o maior número de ingressos vendidos na história da Copa. O secretário-geral da Fifa disse esperar que as pessoas reconheçam que a Federação não é “culpada por tudo” e que as pessoas compreendam que a Fifa “fez o que pôde.” “Não fizemos a Copa contra o Brasil, mas com o Brasil. Fizemos o possível para ter certeza que essa Copa será extraordinária”, afirmou.

Seleção Brasileira sobe mais duas posições no ranking da Fifa

Lancepress

Poucas mudanças no último ranking da Fifa do mês de maio. Mesmo assim o destaque ficou por conta da Seleção Brasileira, que subiu duas posições e agora ocupa o quarto lugar. O Brasil agora é o melhor sul-americano do ranking, e esta é a melhor classificação dos brasileiros desde julho de 2011.

As três primeiras posições seguem inalteradas em relação ao ranking anterior. A liderança permanece com a Espanha, seguida por Alemanha e Portugal. Os espanhóis são os donos da primeira colocação desde setembro de 2011. Após o Brasil, os outros sul-americanos na lista são a Colômbia, em quinto, o Uruguai, em sexto, e a Argentina, em sétimo.
O último ranking antes da Copa do Mundo será divulgado no dia 5 de junho.

Veja abaixo a classificação das 32 seleções que disputarão o Mundial do Brasil:

1) Espanha
2) Alemanha
3) Portugal
4) Brasil
5) Colômbia
6) Uruguai
7) Argentina
8) Suíça
9) Itália
10) Grécia
11) Inglaterra
12) Bélgica
13) Chile
14) Estados Unidos
15) Holanda
16) França
18) Rússia
19) México
20) Croácia
21) Costa do Marfim
25) Bósnia e Argélia
28) Equador
30) Honduras
34) Costa Rica
37) Irã
38) Gana
44) Nigéria
47) Japão
50) Camarões
55) Coreia do Sul
59) Austrália

Brasileiro do Porto é proibido pela Fifa de defender Portugal na Copa

Lancepress

Em comunicado, a Federação Portuguesa de futebol divulgou que não poderá contar com o futebol do brasileiro Fernando para a Copa do Mundo. O volante do Porto se naturalizou português recentemente e estava nos planos do técnico Paulo Bento para ser convocado para o Mundial, só esperando um parecer positivo da Fifa.
 

O brasileiro Fernando Reges foi proibido pela Fifa de atuar pela seleção portuguesa

O brasileiro Fernando Reges foi proibido pela Fifa de atuar pela seleção portuguesa

No entanto, este parecer acabou sendo negativo. De acordo com a entidade internacional, ele não poderia representar Portugal por ter jogado por divisões de base da Seleção Brasileira sem ter a cidadania portuguesa. Veja o comunicado na íntegra:

“A Federação Portuguesa de Futebol foi informada esta sexta-feira pela FIFA que o jogador Fernando Regis não é elegível para representar a Seleção Nacional.

A FIFA considerou que o jogador Fernando Regis ainda não era detentor da nacionalidade portuguesa quando jogou pelo Brasil no apuramento para o Mundial sub-20 (requisito previsto na alínea a) do nº 1 do Art. 8 Anexo III dos Estatutos da FIFA).”

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio