Arquivo da tag: Fluminense

Fluminense garante vice-liderança e deixa Inter fora do G-4

Correio do Brasil

Fluminense emoatou de 1 a 1 com o Internacional-RS na noite deste domingo, em Macaé

Fluminense empatou de 1 a 1 com o Internacional-RS na noite de domingo, em Macaé, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Jean marcou o gol tricolor e Jorge Henrique, o dos gaúchos. O resultado manteve o Flu, que empatou pela primeira vez na competição, em segundo lugar, com 16 pontos. O próximo jogo pelo torneio será somente em julho, contra o Criciúma, fora de casa.

Fluminense e Internacional começaram a partida procurando controlar o meio de campo. Rafael Sobis, que completou 150 jogos pelo clube tantas vezes campeão, quase marcou gol aos 15 minutos, em contra-ataque puxado por Conca. Logo depois, Walter arriscou chute de longe, tentando encobrir o goleiro Dida, mas a bola foi por cima.

O Tricolor levava ligeira vantagem na posse de bola e no número de finalizações, com três contra apenas uma do adversário, que, no entanto, marcou seu gol aos 23, com Jorge Henrique. A desvantagem não abalou o Flu, que continuou tentando chegar com rapidez ao ataque. Aos 27, Sobis fez linda jogada e a bola sobrou para Jean chutar em cima da zaga.

Logo depois, aos 30, Jean empatou, após centro de Chiquinho e escorada de Sobis para um chute certeiro do volante, no canto direito de Dida. Cinco minutos depois, Wellington Paulista levou perigo. O Internacional ainda tentou duas vezes e o Flu chegou perto do gol com Carlinhos antes de o árbitro encerrar o primeiro tempo.

O Internacional começou o segundo tempo um pouco mais ofensivo do que o Fluminense e atacou duas vezes com o Claudio Winck e Fabrício. Aos poucos, o Tricolor foi reequilibrando a partida e passou a tocar a bola com maior organização para chegar ao gol. Aos 19, Conca foi bloqueado pela defesa adversária após jogada de Carlinhos. Aos 25, Cristóvão colocou o time no ataque ao trocar Chiquinho por Kenedy.

Diego Cavalieri fez boa defesa em chute de Claudio Winck, aos 30. Quatro minutos depois, Valdivia, que entrara há pouco tempo chutou com perigo, à esquerda de Cavalieri. O Fluminense tentou o gol com Walter que cabeceou à esquerda de Dida, aos 36. O Internacional deu resposta dois minutos depois, mas a defesa conseguiu anular a jogada. No empate, as novidades do Tricolor foram a estreia de Fabricio e a entrada de Gustavo Scarpa, que substituiu Sobis.

Jornal: Santos pode trocar Cícero com Fluminense

Com apenas seis pontos em quatro jogos, o Santos busca reforçar sua equipe para melhorar o desempenho irregular no início do Campeonato Brasileiro. Segundo a edição impressa do jornal Lance!, a equipe paulista estaria de olho no atacante Rafael Sobis e no meia Wágner e poderia envolver Cícero em uma eventual troca com os cariocas.

Cícero rejeitou a proposta de renovação do contrato que termina no fim do ano e está com o futuro indefinido na equipe. Como fazer dinheiro com uma venda do atleta é improvável, já que ele pode assinar um pré-contrato a partir do meio do ano e sair de graça, a opção mais vantajosa seria usá-lo como moeda de troca.

Apesar de Cristovão Borges ter segurado Sobis no Fluminense, evitando uma possível transferência para o Corinthians, e gostar do futebol de Wágner, o treinador, segundo a publicação, poderia abrir mão de um dos seus jogadores para encorpar o elenco da equipe carioca. Cícero teria potencial para resolver uma carência de um segundo volante com a possibilidade de levar mais verticalidade ao time.

Ainda segundo a publicação, Cícero é um desejo antigo da diretoria tricolor e não está satisfeito em São Paulo. O jogador, relevado pelo Bahia, já teve passagens pelo Fluminense, onde não teve tanto destaque e acabou negociado com o futebol alemão.

Fonte: Terra 

Com gols de meia ex-Flamengo, Vitória apronta e bate o Fluminense no Maraca

Tricolor decepciona e perde a liderança do Brasileiro

O DIA

Rio – O Vitória não sentiu o peso de jogar num Maracanã com excelente público (50.687 presentes). A experiência de ter no time jogadores que passaram por clubes cariocas e estão acostumados ao estádio ajudou. Neste sábado, o Rubro-Negro aprontou e venceu o Fluminense por 2 a 1. Foi a primeira derrota do Tricolor no Brasileiro e a primeira de Cristóvão Borges à frente do Flu, que estreou o novo segundo uniforme.

Ex-Flamengo, Marquinhos brilhou e comandou o triunfo do Vitória sobre o Fluminense

Foto:  Uanderson Fernandes / Agência O Dia

Com o resultado, o Fluminense, com seis pontos, perdeu a liderança para o Cruzeiro. O Vitória venceu a primeira partida no Brasileiro, pulou para quatro pontos e a nona colocação do torneio. Na próxima rodada, o Tricolor tem o clássico Fla-Flu, domingo, dia 11, às 16h, no Maracanã. O Rubro-Negro baiano também terá um clássico pela frente e encara o Bahia, às 18h30, na Arena Fonte Nova.

>>> FOTOGALERIA: Vitória surpreende e bate o Fluminense no Maracanã

Rodrigo Defendi, Juan, Hugo, Marquinhos, Souza, Caio, o técnico Ney Franco… a lista de velhos conhecidos do futebol carioca pesou a favor do Vitória. Os gols foram marcados por Marquinhos, ex-Flamengo. Assim como em 2013, quando venceu por 3 a 2, o Rubro-Negro apronta no Maracanã.

O JOGO

O Vitória deu trabalho no início do duelo e por pouco não abriu o placar. Souza obrigou Diego Cavalieri a salvar o Fluminense. Depois, o goleiro viu Caio chutar com perigo, à direita. A resposta do Flu foi com Sobis. Ele arrematou e a bola ainda beliscou a trave. O Tricolor, então, passou a ter mais posse de bola e dominou a partida. Sobis novamente incomodou. Pela esquerda, ele chutou e assistiu a Wilson fazer grande defesa, mandando a escanteio.

Apesar de ser superior, o Flu não conseguiu abrir o placar. O Vitória não encaixava o contra-ataque. O primeiro tempo terminou sem gols. O Rubro-Negro aprontou logo no começo da etapa final. Marquinhos aproveitou rebote e chutou de fora da área. A bola desviou em Fred e enganou Cavalieri: 1 a 0.

O Rubro-Negro quase ampliou. Caio desceu pela direita e chutou. Cavalieri salvou. No rebote, o goleiro abafou chute de Juan e novamente impediu o gol. Em mais um rebote, Souza chutou para fora. O Flu tentou reagir. Wagner levou perigo em finalização. O Flu passou a pressionar, mas faltava caprichar no arremate.

O Vitória aproveitou o contra-ataque. Juan tocou para Marquinhos. O meia-atacante se enrolou, mas conseguiu chutar no canto de Cavalieri: 2 a 0. O Flu conseguiu descontar. Jean cobrou falta. Wilson deu rebote e Wagner, em impedimento, marcou. Porém, o Tricolor não teve forças e tempo para buscar o empate.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 1×2 Vitória

Estádio : Maracanã 
Árbitro : Marcos Gomes da Penha 
Público : 50.687 presentes 
Gols : Marquinhos (Vitória, aos 8′ e 37′ do 2ºT) e Wagner (42′ do 2ºT) 
Cartão amarelo : Souza (Vitória) e Fred (Fluminense) 
Cartão vermelho : –

Fluminense : Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivélton e Carlinhos; Diguinho, Jean, Wagner e Conca; Rafael Sobis (Walter, aos 26′ do 2ºT) e Fred; Técnico: Cristóvão Borges.

Vitória : Wilson; Ayrton, Dão, Rodrigo Defendi e Juan; Luiz Gustavo, José Welison, Hugo e Marquinhos; Caio e Souza (Vinícius, aos 23′ do 2ºT); Técnico Ney Franco.

Fluminense e Internacional começam ganhando em casa

Estadão Conteúdo

Fred e Rafael Sóbis (os dois últimos) marcaram

Fred e Rafael Sóbis (os dois últimos) marcaram

O Fluminense fez promoção de ingresso e, diante de um bom público, estreou com vitória no Campeonato Brasileiro de 2014. A equipe do técnico Cristóvão Borges recebeu o Figueirense no Maracanã, neste sábado, e aplicou 3 a 0. Rafael Sóbis e Fred foram os destaques. 

Disposto a apagar de vez o fracasso no Carioca e mostrar que tem condições de brigar pelas primeiras colocações no Brasileiro, o Fluminense procurou se impor desde os primeiros minutos de jogo. Para isso, teve em Conca o principal articulador no meio e explorou as jogadas de fundo com Wagner. Na frente, Rafael Sóbis e Fred demonstravam entrosamento e exigiam atenção constante dos zagueiros Nirley e Thiago Heleno.

O Fluminense abriu a contagem aos 30 minutos, quando Fred recebeu na entrada da área e ajeitou para Rafael Sóbis mandar no ângulo esquerdo. Com a vantagem, o time se animou ainda mais e foi para a pressão. Aos 43, Wagner entrou na área pela esquerda e Thiago Heleno, atabalhoado, trombou com o meia. O juiz marcou pênalti, que Fred bateu com qualidade para fazer 2 a 0.

O placar foi confirmado aos 14 minutos da etapa final. Rafael Sóbis foi à linha de fundo e chutou duas vezes para o meio da área, sendo que na segunda delas Nirley acabou desviando para o fundo do próprio gol, marcando contra.

Mesmo com a vitória praticamente garantida, o Fluminense não diminuiu seu ritmo. Usando sempre os flancos, o time seguiu criando chances de gol. Da mesma forma, o Figueirense melhorou ofensivamente com a entrada de Vitor Júnior, mas, sem uma referência na área, teve poucas chances claras de descontar.

Já na primeira partida oficial na Arena Beira-Rio, o Inter estreou no Campeonato Brasileiro com sucesso sobre o Vitória. A equipe gaúcha venceu por 1 a 0 o time baiano. O embate foi uma reedição do primeiro jogo do Brasileirão de 2013. Na ocasião, entretanto, o placar terminou em 2 a 2, e o palco foi a Fonte Nova.

Na partida desse sábado, o time da casa dominou todo o jogo. Ao mesmo tempo, desperdiçou muitas chances claras de gol. O Inter abriu o placar aos 5 minutos do primeiro tempo. D’Alessandro enfiou para chileno Aránguiz dentro da área, e o volante tocou por cobertura da saída do goleiro. Foi o primeiro gol do Campeonato Brasileiro de 2014. Aos 14, Alex recebeu pela intermediária e chutou de longe, fazendo a bola acertar a trave do goleiro Wilson.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio