Arquivo da tag: Goiânia

Goiânia vive dia de protesto e depredação de ônibus

16/05/2014 

Divulgação

Grande parte da população da Região Metropolitana de Goiânia que depende de ônibus amanheceu nesta sexta-feira, 16, com o serviço comprometido. Foi o segundo dia consecutivo de paralisações, protestos e depredação de mais de 20 ônibus da frota que atende a região. Na área sul houve bloqueio na principal garagem e isto gerou um efeito cascata pelos terminais, iniciando no terminal Bandeiras. A Polícia Militar informou que já foram detidos quatro manifestantes.

Às 8 horas a Tropa de Choque chegou terminal Bandeiras e, minutos depois, houve correria quando uma bomba de efeito moral foi detonada. As empresas começaram a recolher os veículos para evitar mais danos. Por volta das 9h30 já estavam parados 6 dos 19 terminais da região, e a população se concentrava próximo deles, revoltada com a situação. Houve quebra-quebra no interior do terminal Bandeiras com danos em lixeiras, bancos e máquinas automáticas de emissão de bilhetes.


Motoristas insatisfeitos com a negociação salarial que foi concluída no Ministério Público do Trabalho, na quinta, 15, pararam parte do sistema logo depois, em protesto, e repetiram o gesto na manhã de sexta, começando pela área de operação sul, com reflexos em vários pontos. Em cadeia, o protesto atingiu também os terminais Araguaia, Veiga Jardim, Cruzeiro do Sul, Garavelo, Vila Brasília. Na região Leste e Oeste, o sistema operava pela manhã afetado pela ausência da interligação com estes terminais.

Na quinta, houve tumulto e depredações de ônibus em outro ponto, o terminal Padre Pelágio, o maior do sistema que atende a região Noroeste. Houve paralisação de quase quatro horas. Pela tarde, o terminal Praça A também parou por aproximadamente 1 hora e 30 minutos. No início da noite, muita gente teve dificuldade para voltar para casa.

Na manhã de hoje, os passageiros da região sudoeste conseguiram sair de casa para o trabalho, mas quando chegaram ao terminal Bandeiras, assistiram os motoristas paralisando os ônibus gradativamente. Com isto, as pessoas ficaram no terminal, sem ter veículos para fazer a integração até o centro e outros pontos da capital e municípios da Grande Goiânia.

Parte dos manifestantes eram os próprios usuários, revoltados com a confusão e por terem sido abandonados no terminal. Do lado de fora, motoristas se mobilizaram, ameaçando impedir o recolhimento dos ônibus em segurança apesar da forte presença policial.

Na Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC), consórcio que reúne as empresas, a assessoria de Imprensa informou que foram depredados 5 ônibus na quinta e mais 15 hoje, em levantamento preliminar. Conforme a assessoria, as empresas recolheram a frota na área sul, a mais afetada, e esperam que a PM garanta a segurança dos motoristas que não estão participando do protesto para normalizar o serviço.

Divergência


A insatisfação dos motoristas tem ligações com uma divergência entre dois sindicatos da categoria. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Goiás (Sindittransporte) tem o poder de negociar com as empresas e fez acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros (Setransp) para um reajuste de 7%.

Já o Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano da Região Metropolitana de Goiânia (Sindicoletivo) não tem reconhecimento legal e defendia um reajuste de 15%. Os protestos são organizados pelos motoristas ligados ao Sindicoletivo.

O acordo entre o Sindittransporte e o Setransp elevou o salário dos motoristas em R$ 101, passando de R$ 1.445 para R$ 1.546, com R$ 60 a mais para vale-alimentação. Em nota, o Setransp disse que o acordo permitiu um reajuste que, somado com o ticket alimentação, chega a 8,74%.

Em entrevista nesta sexta-feira à TV Record Goiás, o presidente da Câmara Deliberativa de Transporte Coletivo (CDTC), João Balestra, lamentou o protesto e disse que o Sindicoletivo não representa legalmente a classe por isto não respeitou o acordo coletivo.

Ninguém da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) foi localizado no órgão ou por telefone para informar quais medidas estão sendo adotadas. A CMTC tem a função de fiscalizar e garantir a operação do serviço.

Ameaça terrorista no Terminal Rodoviário de Goiânia

DIÁRIO DA MANHÃ|DIVÂNIA RODRIGUES

Um suposto ataque terrorista movimentou o Terminal Rodoviário de Goiânia na tarde desta quinta-feira, 15. Para o local se deslocaram várias viatura policiais, o Grupo Antibomba da Polícia Federal e o Esquadrão antibomba da Companhia de Operações Especiais (Coe) da Polícia Militar (PM). As informações são da PM e de testemunhas que prestaram depoimentos aos policiais.

Ilustração

Ilustração

Conforme os agentes, dois rapazes com passaportes da Jordânia, país do Oriente Médio, teriam sido confundidos por outros passageiros como sendo terroristas. A desconfiança teria surgido quando a mala de um dos rapazes teria sido colocada no chão, fazendo um barulho como se tivesse ao de metal dentro dela. 

Como os rapazes conversavam na língua árabe, logo um tumulto começou e as pessoas teriam começado a correr. A PM foi chamada, e quando chegaram ao local os seguranças do Terminal Rodoviário já teriam retido os jovens. Os policiais, cientes da possibilidade de uma ameaça, acionaram o esquadrão antibombas.

De acordo com os agentes, foi realizado todo o procedimento para o caso de um possível atentado terrorista. Foi usado o raio-x na bagagem, que posteriormente foi aberta. Conforme as informações o que teria feito barulho era um alteres de academia que um dos jovens estava transportando.

A Polícia Federal que também estava no local checou o passaporte dos jovens, que estão no país legalmente, e não constataram nenhuma anormalidade. Os agentes informaram ainda que um dos rapazes reside em Goiânia por fazer um intercâmbio estudantil para aprender a nossa língua e realizar outro curso que deseja. O outro jovem trabalha, segundo as informações, em um frigorífico no interior do estado. 

As equipes terminaram os procedimentos agora a pouco e estavam deixando o Terminal. Conforme os agentes, os pertences dos jovens estavam sendo recolocados nas malas e seria providenciado a eles um táxi para voltarem para casa. 

A equipe do DM.com.br tentou entrar em contato com a Embaixada da Jordânia para falar sobre o episódio, mas até a publicação desta não obteve êxito.

Homem é preso em flagrante por estupro

DIÁRIO DA MANHÃ|HÉLIO LEMES

Davi Walter Teixeira da Cruz, de 35 anos, foi preso em flagrante pelo crime de estupro. Ele teria obrigado um menor de 15 anos a pegar em seu órgão genital na tarde da última terça-feira (14), no centro de Goiânia. 

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA), onde foi autuado em flagrante; de acordo com a PM o crime ocorreu em um ponto de ônibus.

Golpe do Plano Collor chega em Goiânia

DIÁRIO DA MANHÃ|ANA CLÉIA SOUZA

Várias pessoas em Goiânia caíram no Golpe do Plano Collor, de acordo com a Polícia Civil. Foto: Divulgação/Internet

Várias pessoas em Goiânia caíram no Golpe do Plano Collor, de acordo com a Polícia Civil. Foto: Divulgação/Internet

Um dia após a posse de Fernando Collor de Melo, em 16 de março de 1990, a então ministra da Economia, Zélia Cardoso de Mello deu a notícia de que 80% do dinheiro do Brasil ficaria bloqueado. Com esta medida, pessoas que tinham caderneta de poupança ou conta em banco perderam todo o seu dinheiro.

Sabendo disso, estelionatários utilizam esse argumento para aplicar o golpe, denominado Plano Collor. A quadrilha de posse de dados pessoais como: Endereço, Data de Nascimento, CPF, RG entre outros, entram em contato por telefone com a vítima e a informa que ela tem um reembolso referente à essa época, mas para que ela possa receber é necessário fazer um depósito bancário para pagar ás custas advocatícias.

Em Goiânia, uma aposentada foi vítima da quadrilha no dia do aniversário dela, a mulher nos relatou que estava fragilizada quando recebeu a ligação e que jamais suspeitou que se tratasse de um golpe, porque a pessoa do outro lado possuía vários dados pessoais dela.

A mulher somente percebeu que era um golpe depois de realizar o depósito de cerca de R$ 6.500 em duas contas distintas. Ao sair do banco e com o comprovante do depósito, ela se dirigiu ao sindicato para procurar um advogado da instituição que a informou que ela tinha caído no golpe.

Diante disso a dona de casa registrou um boletim de ocorrência no 9° Distrito Policial e o delegado lhe informou que várias pessoas haviam sido vítimas deste golpe em Goiás.

A aposentada resolveu então procurar a imprensa e pediu para não ser identificada, mas que a intenção dela é tão somente alertar outras pessoas para que como ela não caiam nesse tipo de golpe. “ Eu sei que não vou ter o dinheiro de volta, mesmo assim faço o esforço para que a notícia seja divulgada, acredito que muitas pessoas se tornam vítimas por não terem informação ou por um momento de distração”, concluiu.

O Delegado Adjunto da Delegacia do Consumidor, Itamar Lourenço afirma que com o advento da Internet os dados pessoais ficaram vulneráveis e qualquer pessoa pode tê-los disponibilizados na rede mundial de computadores. O cadastro simples em uma loja já é motivo para isso.

Lourenço declara que existem empresas que vendem fichas completas e muitas pessoas em busca de um dinheiro extra acaba repassando estes cadastros. “A internet abriu a vida de todo mundo”, garante.

A orientação do Delegado Itamar Lourenço é para a pessoa ignorar qualquer contato seja por telefone ou carta referente à apólice de seguro, dinheiro bloqueado e principalmente se houver a exigência para realizar depósito de qualquer valor.

 

A nossa equipe de reportagem realizou alguns testes na Internet e pudemos constatar, o quão desprotegido nossos dados pessoais estão, portanto todo cuidado é pouco.

Homem é baleado após fugir e disparar contra a polícia

DIÁRIO DA MANHÃ|DIVÂNIA RODRIGUES

Um assaltante foi alvejado por disparo de arma de fogo ao fugir de equipes da Polícia Militar (PM). O caso aconteceu no início da tarde desta segunda-feira, 12, na Avenida Mangalô, Setor Morada do Sol em Goiânia. As informações são da PM.

<strong>Bill Guerra/ DM.com.br</strong>

Bill Guerra/ DM.com.br

De acordo com os policiais, uma equipe teria se deparado com um homem em atitude suspeita dentro de um carro. Conforme os agentes, a suspeita era de que o homem se tratava de um assaltante de veículos. Ele teria fugido e atirado contra a equipe que também realizou disparos.

O suspeito colidiu o veículo que dirigia em um poste da avenida, porém ainda conseguiu escapar à pé para um mata próxima da região. Para tentar localizá-lo, várias equipes da polícia foram acionadas, inclusive com auxilio de um helicóptero. 

Quando os policiais o encontraram ele já havia conseguido pular o muro de uma oficina mecânica e se esconder no local. Ele estaria com uma das pernas feridas por disparo de arma de fogo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) foi acionado para realizar os primeiros socorros. O homem já possuía várias passagens pela polícia, por roubo, furto e porte de documentos falsos. Aos agentes ele teria apresentado uma identidade falsa. 

Supermercado pega fogo na capital

DIÁRIO DA MANHÃ|HÉLIO LEMES

Um supermercado localizado na cidade Jardim, em Goiânia, pegou fogo na madrugada desta segunda-feira (12). Segundo informações do Corpo de Bombeiros (CB), testemunhas afirmaram que o fogo começou em uma lixeira do lado de fora do estabelecimento comercial, e depois passou para dentro.

O CB afirmou que não houve registro de vítimas, a equipe do DM.com.br entrou em contanto com a direção do supermercado para falar com o proprietário, mas, o mesmo não se encontrava no momento.

Foto: <strong>Bill Guerra/DM.com.br</strong>

Foto: Bill Guerra/DM.com.br

 Foto: <strong>Bill Guerra/DM.com.br</strong>

Foto: Bill Guerra/DM.com.br

 Foto: <strong>Bill Guerra/DM.com.br</strong>

Foto: Bill Guerra/DM.com.br

 Foto: <strong>Bill Guerra/DM.com.br</strong>

Foto: Bill Guerra/DM.com.br

 

Ônibus tem rotas alteradas devido a obras depois de rompimento em galeria fluvial

DIÁRIO DA MANHÃ|DIVANIA RODRIGUES

Linhas de ônibus do transporte coletivo estão realizando desvios por causa de obras em um trecho da Avenida Independência no Setor Aeroporto, em Goiânia. A avenida está interditada desde a última sexta-feira, 02, no sentido Campinas. De acordo com a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), a previsão é de que essa operação dure cerca de 15 dias,  período previsto pela Secretaria Municipal de Obras (Semob) para concluir a reforma.

Divulgação

Divulgação

A interdição da Avenida, que incorpora grande fluxo de trafego da região, se deu por causa de um rompimento na rede fluvial. As linhas de ônibus que estão circulando em novos trajetos são 050, 160 e 401. Por causa do desvio, os passageiros que normalmente usam os pontos 2882 e 174 devem ficar sem atendimento até a liberação do trecho interditado, devendo se deslocar para outros locais de embarque.

No momento os ônibus estão virando na Avenida Oeste, logo depois do supermercado Walmart. Depois eles seguem pela Avenida Leste Oeste, pegando a Avenida República do Líbano e então retornando para o percurso habitual na Independência.

Devido ao novo trajeto e a lentidão no trânsito provocada da interdição da Avenida Independência, a RMTC pede a compreensão dos passageiros para possíveis atrasos pontuais dos ônibus. 

Carro cai no rio Meia Ponte

DIÁRIO DA MANHÃ|DIVÂNIA RODRIGUESB

Um carro caiu nas águas do rio Meia Ponte no início da noite deste domingo, 04. Segundo as informações preliminares, no carro haveria duas pessoas. O local em que houve o acidente fica no Setor Jardim Novo Mundo, Goiânia.

O veículo teria caído de cima da ponte que se situa nesta localidade.

O Corpo de Bombeiros (CB) informou que uma viatura passava pelo local, voltando de outra ocorrência, instantes depois. Conforme o CB os bombeiros ofereceram ajuda, mas o motorista recusou atendimento da equipe.

O carro estaria no fundo do rio ainda neste momento. O CB não confirmou se haveria outra pessoa no veículo. A Polícia Militar (PM) não foi informada sobre a ocorrência.

Dois são presos em Bonfinópolis por roubo no Setor Universitário

DIÁRIO DA MANHÃ|LUDMILLA MOREIRA

Na madrugada deste domingo (04) a Rotam prendeu dois homens que roubaram um carro no Setor Universitário. Os homens deram voz de assalto a uma senhora e levaram seu veículo. No momento do roubo, um homem viu o ocorrido e começou a seguir os ladrões. Ele passou todas as coordenadas do trajeto para a polícia, mas quando o carro entrou em Bonfinópolis, o homem os perdeu de vista. 

Foto:Reprodução

Foto:Reprodução

Com posse das informações, as equipes conseguiram localizar o veículo, um dos autores, Wilkerson e Souza Lopes, de 26 anos, e uma arma calibre 38 falsa. Segundo a Polícia Militar, ele confessou o crime e levou a equipe até a casa de seu comparsa, José Ivanildo de Souza, de 49 anos. 

José já tem passagem por falsificação de documentos, roubo e crime de receptação. Na casa dele foram encontrados uma moto com placa clonada e documentos falsos. Os dois foram encaminhados ao 1ºDP. 

Gerador de energia instalado na calçada incomoda quem passa pelo local

DIÁRIO DA MANHÃ/ANA CLÉIA SOUZA
Gerador de energia instalado na calçada no centro de Goiânia. Foto:Divulgação
Gerador de energia instalado na calçada no centro de Goiânia. Foto:Divulgação

Um gerador de energia instalado na rua 4 esquina com a rua 6 em frente a uma loja de calçados no centro de Goiânia, tem causado desconforto por quem passa pelo local. Segundo relatos de pedestres o aparelho não possui nenhum tipo de proteção.

A nossa equipe de reportagem entrou em contato com os responsáveis da loja onde o gerador está instalado e de acordo com a gerente trainee, Leiliane Andrade o aparelho foi instalado pela Celg por conta de um imprevisto ocorrido com o transformador do poste e como a loja é matriz das demais existentes na grande Goiânia ela não pode parar de funcionar.

Ela ainda nos informou que o gerador de energia possui toda a documentação devida, está cercado pela fita zebrada que geralmente é utilizada em locais que ofereçam riscos ou perigo e que novas providências de segurança serão tomadas.