Arquivo da tag: goleada histórica

Portugal sofre a maior derrota de sempre em Mundiais

Diário de Notícias|João RuelaHoje

 
Portugal sofre a maior derrota de sempre em Mundiais

Fotografia © Reuters

Alemães “atropelaram” a seleção nacional com recital de futebol. Expulsão de Pepe e lesões de Hugo Almeida e Fábio Coentrão complicaram o que já era difícil. Bater o Gana e os EUA será essencial.

Filme do jogo:

90+2′ Final do jogo!

90+2′ “Bomba” de Cristiano Ronaldo, para defesa de Neuer.

90′ Dois minutos de compensação…

88′ Grita-se “olé!” nas bancadas…

85′ Livre de Ronaldo, novamente contra a barreira.

84′ A Portugal resta torcer que Gana e Estados Unidos da América empatem, caso contrário a diferença de golos poderá tornar o apuramento uma impossibilidade, mesmo vencendo os dois últimos jogos…

82′ Substituição na Alemanha. Saiu Müller, o homem do jogo (já leva oito golos em dois Mundiais), e entrou Podolski.

80′ Portugal vai mesmo sofrer a sua maior derrota de sempre em Mundiais, ao 24.º jogo. A Alemanha chega hoje aos 100, a primeira a fazê-lo…

78′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ 4-0! Mais uma falha de Rui Patrício, desta vez a não conseguir segurar o cruzamento de Schürrle. Müller aproveitou para encostar, completando o “hat-trick”. É o oitavo golos em Mundiais, aos 24 anos!

78′ Excelente corte de André Almeida, a impedir o remate de Lahm, na sequência de mais uma falha de Rui Patrício. Que mal está o guarda-redes na partida…

76′ As imagens televisivas mostram que o lance é passível de grande penalidade.

75′ Portugal quase marcava! Remate potente de Nani, para defesa de Neuer; Éder foi à recarga, mas cai no relvado. Ronaldo protesta efusivamente junto ao árbitro, a pedir penálti… Aguardamos pela repetição.

73′ Substituição na Alemanha. Saiu Hummels e entrou Mustafi. O central do Dortmund sai a mancar e a sangrar no joelho…

72′ Hummels sai para receber assistência médica. A Alemanha tem o jogo ganho, por isso o central deverá ser substituído por precaução.

70′ Rui Patrício impede o remate de Lahm, que aparecia em zona de finalização.

69′ João Pereira salva. Contra-ataque da Alemanha, com Schürrle a isolar Götze; o avançado rematou com “selo de golo”, mas o lateral conseguiu desviar para canto.

68′ João Moutinho isola Nani, mas o extremo não conseguiu encontrar espaço para o remate. Não está a ser uma boa estreia em Mundiais…

67′ A única coisa de bom que Portugal poderá tirar do que sobra do jogo é não sofrer mais lesões e não ver cartões (dois amarelos valem um jogo de suspensão, por isso João Pereira já está em risco para o jogo com o Gana).

65′ Substituição em Portugal. Saiu Coentrão e entrou André Almeida.

65′ Coentrão vai mesmo sair. Sai com muitas queixas e a sua utilização para o que sobra no Mundial pode estar em causa.

64′ Coentrão pede de imediato substituição. O lateral sentiu o “esticão” na perna e já recebe assistência médica… Postiga ia entrar, mas assim poderá ser chamado André Almeida.

62′ Substituição na Alemanha. Saiu Özil e entrou Schürrle.

61′ Ricardo Costa quase consegue finalizar, na sequência de um canto batido por Moutinho, mas Hummels não o deixou rematar.

60′ Livre de Ronaldo, contra a barreira.

60′ Ronaldo ganha um pontapé livre em boa posição…

58′ Cristiano Ronaldo muito assobiado sempre que toca na bola. Os alemães estão em superioridade nas bancadas…

56′ Alemanha com 54% de posse de bola, 10 remates (seis à baliza) e 23 ataques perigosos. Portugal tem 46% de posse de bola, sete remates (três à baliza) e 18 ataques perigosos.

54′ Livre que João Moutinho, que a seleção nacional não consegue aproveitar.

52′ Ronaldo solta para o lado esquerdo, onde Nani e Coentrão apareceram a chocar um contra o outro. Lance que diz muito da exibição portuguesa.

51′ Rui Patrício evita o quarto! Perda de bola de Cristiano Ronaldo, contra-ataque da Alemanha e Özil, isolado, atirou para defesa de Rui Patrício. Müller foi à recarga, mas cabeceou por cima.

49′ Éder tenta o cruzamento/remate. Não saiu uma coisa nem outra.

48′ Caso se mantenha este resultado, Portugal sofrerá a sua maior derrota de sempre em Mundiais. Até aqui, os maiores desaires tinham sido por 3-1, contra Marrocos (1986) e Alemanha (2006).

46′ Início da segunda parte! Bola para Portugal.

– Substituição em Portugal. Saiu Miguel Veloso e entrou Ricardo Costa.

45+2′ Intervalo na Arena Fonte Nova. A Alemanha vence por 3-0 e tem o jogo mais do que resolvido. Só um “milagre” evitará que Portugal sofra uma derrota por números históricos…

45+1′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ O 3-0!Falha tremenda de Bruno Alves, que falhou o corte na grande área e permitiu que a bola sobrasse para Müller, que bateu Rui Patrício pela terceira vez na partida. E isto ameaça não ficar por aqui…

45′ Dois minutos de compensação…

44′ Portugal não voltou a aproximar-se da grande área adversária desde a expulsão de Pepe. O jogo está mais perto do 3-0 do que do 2-1…

42′ Pepe é o sexto jogador da seleção nacional a ser expulso em Mundiais. O único a ter sido expulso mais cedo foi João Pinto, no Mundial 2002, aos 27 minutos do Portugal-Coreia do Sul. O Mundial no Brasil ameaça não trazer melhores memórias…

40′ Remate de Götze, na sequência de um canto, por cima do alvo.

39′ Muitos protestos no banco de Portugal, alegando que Pepe não fez nada merecedor de expulsão. Que podia ter evitado o conflito com Müller, podia…

37′ Cartão vermelho para Pepe! O central luso-brasileiro “encostou” a cabeça a Müller, após o alemão se ter queixado de ter sido atingido na face, gesto entendido como agressão pelo árbitro na partida. Se já estava difícil, agora torna-se impossível competir com esta Alemanha.

36′ Éder falha! Na sequência de um canto, o ponta-de-lança foi às alturas cabecear, mas atirou por cima do alvo.

35′ Portugal desperdiça! Coentrão, isolado por Moutinho, teve espaço para rematar ou assistir Ronaldo, mas decidiu mal e Hummels acabou por ceder canto – quase que desvia para a própria baliza.

34′ Nani surge em velocidade no último terço do terreno, mas falha na assistência para Cristiano Ronaldo.

32′ GOLO DA ALEMANHA! HUMMELS FAZ O 2-0! Cabeçada fortíssima do central, que bateu Pepe e Bruno Alves nas alturas, na sequência de um pontapé de canto, e desviou para o fundo das redes. Portugal muito, muito mal na partida, diante de uma Alemanha largamente superior em tudo.

31′ Alemanha quase marcava! Özil assistiu Müller, cujo remate levava “selo de golo”, mas João Pereira desviou para pontapé de canto.

29′ Éder cumpre a nona internacionalização. Até ao momento não conseguiu qualquer golo, ele que faz a estreia em fases finais de competições de seleções.

28′ Substituição em Portugal. Saiu Hugo Almeida e entrou Éder.

27′ Hugo Almeida pede assistência médica. Tem batalhado entre os centrais alemães (a Alemanha também joga com dois centrais “de raiz” nas laterais), até ver sem sucesso. Éder conversa com Paulo Bento… e vai mesmo haver substituição!

25′ Nani quase marcava! Excelente pontapé do extremo, em arco, que sai a rasar a trave!

23′ Cristiano Ronaldo vai pedindo a bola e tentado partir para os lances individuais. Está a um golo dos 50 pela seleção nacional…

22′ Não vai haver pausas para beber água, o que significa que o calor, afinal, não será assim tanto – e não servirá de “desculpa”.

20′ João Pereira está a ter muitos problemas em travar Götze, até aqui a maior ameaça alemã.

18′ A Alemanha nunca tinha usufruído de uma grande penalidade marcada tão cedo em Mundiais. Müller já leva seis golos em Mundiais (fez cinco na África do Sul).

16′ Nos primeiros 11 jogos do Mundial 2014, houve cinco reviravoltas no marcador. Até ao momento não houve empates…

14′ Grande corte de Bruno Alves, a afastar o perigo da grande área.

13′ GOLO DA ALEMANHA! THOMAS MÜLLER FAZ O 1-0! O avançado bate Rui Patrício, na conversão da grande penalidade. Os jogadores da seleção nacional protestam, mas sem motivos para tal: era falta para penálti.

11′ Penálti para a Alemanha! João Pereira deixou Götze fugir e, depois, puxou o avançado alemão na grande área. Cartão amarelo para o lateral.

9′ Alemanha falha com a baliza aberta! “Disparate” de Rui Patrício, a entregar a bola a Khedira, que, à entrada da grande área e sem ninguém no caminho para a baliza, atirou ao lado do alvo!

8′ Ronaldo quase marcava! Excelente ação de Miguel Veloso, a recuperar a bola à entrada da grande área da Alemanha e a soltar Ronaldo, que já dentro da grande área atirou par defesa difícil de Neuer.

6′ Remate de Cristiano Ronaldo, para a bancada. Má decisão do extremo, que pede desculpa aos colegas.

5′ Portugal cria perigo. Contra-ataque de Ronaldo, a soltar Hugo Almeida, que rematou com o pé direito para Neuer segurar. Não é o melhor pé do ponta-de-lança…

4′ João Pereira afasta o perigo da grande área, após investida de Kroos. Melhor a Alemanha neste início de jogo.

3′ A Alemanha joga com seis jogadores do Bayern Munique de início. Em Portugal, o Real Madrid é o clube mais representado, com três.

2′ Corte providencial de Pepe, no momento em que Götze se preparava para finalizar, após cruzamento de Boateng.

1′ Primeira grande ovação da partida, no momento que Ronaldo toca na bola pela primeira vez. Há centenas de brasileiros misturados com os adeptos da seleção nacional.

1′ O sérvio Milorad Mazic apita para o início do jogo! Bola para a Alemanha.

PORTUGAL: Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves, Fábio Coentrão; Miguel Veloso, João Moutinho, Raúl Meireles; Cristiano Ronaldo, Nani e Hugo Almeida. Suplentes: Beto, Eduardo, André Almeida, Ricardo Costa, Luís Neto, William Carvalho, Rúben Amorim, Rafa, Vieirinha, Silvestre Varela, Hélder Postiga e Éder.

ALEMANHA: Neuer; Boateng, Mertesacker, Hummels, Höwedes; Lahm, Khedira; Mesut Özil, Toni Kroos, Thomas Müller; Mario Götze. Suplentes: Zieler, Weidenfeller, Ginter, Erik Durm, Mustafi, Grosskreutz, Schweinsteiger, Draxler, Kramer, Schürrle, Podolski e Klose.

Portugal estreia-se nesta segunda-feira (17.00) no Mundial 2014, com a Alemanha, numa partida em que contará com Cristiano Ronaldo a 100 por cento e frente a um adversário com quem perdeu nos últimos três encontros oficiais (Mundial 2006, Euro 2008 e Euro 2012).

De nada valeu, à seleção nacional, ter Cristiano Ronaldo em campo nesses últimos três desafios, mas a expetativa em torno do capitão da seleção portuguesa nunca foi tão elevada. Reeditar as proezas de Carlos Manuel (resolveu o jogo em Estugarda, em 1985) e Sérgio Conceição (fez um “hat-trick” aos alemães em 2000) é o objetivo, sendo que Portugal, além destes dois jogos, só por mais uma vez bateu a Alemanha – em 1983, golo de Dito num particular. Este será o 18.º confronto direto.

Ultrapassados os problemas físicos que o afetaram durante o estágio, Ronaldo garantiu na véspera do jogo de Salvador que está bem fisicamente e será titular frente à Alemanha, embora Paulo Bento não tenha adiantado qual será a equipa que vai apresentar.

As grandes dúvidas para o “onze” português estão no centro do ataque, em que há três jogadores para um lugar: Hélder Postiga, Hugo Almeida e Éder.

Apesar de ter perdido os três últimos encontros frente à Alemanha, Portugal tem um saldo positivo em encontros de estreias em Mundiais, tendo somado três triunfos, um empate e apenas uma derrota, no Mundial2002, contra os Estados Unidos (3-2, depois de ter estado a perder por 3-0), adversários na segunda jornada do Grupo G do torneio de 2014.

A Alemanha, que se vai tornar na primeira equipa a atingir os 100 jogos em Mundiais, tem, segundo o selecionador Joachim Löw, todos os jogadores disponíveis, apesar dos problemas com Neuer, Khedira e Schweinsteiger, que no domingo fez exames complementares.

O avançado Miroslav Klose precisa de um golo igualar como o melhor marcador de sempre em Campeonatos do Mundo o brasileiro Ronaldo, que fez, na sua carreira, 15 golos na maior competição de seleções.

Melhores momentos:

Holanda impõe maior goleada de sempre à campeã

Diário de Notícias|J.R.Hoje 

Holanda impõe maior goleada de sempre à campeã

Fotografia © Reuters

Nunca o campeão do mundo tinha sofrido tamanha goleada. A Espanha esteve a vencer, mas Van Persie e Arjen Robben lançaram a Holanda para uma reviravolta que terminou com uma goleada histórica.

Filme do jogo:

90+4′ Final do jogo! A Espanha sofre a maior goleada dos últimos 51 anos, ao perder por 5-1 diante da Holanda, que impõe a maior goleada de sempre a uma campeã mundial.

90+1′ Fernando Torres desperdiça. O avançado conseguiu contornar o guarda-redes holandês, mas depois falhou no remate.

90′ Holanda falha o sexto! Robben, isolado na grande área, não conseguiu acertar bem na bola e esta sobrou para Casillas.

88′ Ouvem-se “olés” nas bancadas. Até os adeptos brasileiros estão rendidos à exibição da seleção holandesa.

86′ Casillas evita o sexto! Com duas excelente defesas, o guarda-redes espanhola nega o golo a Lens e, depois, a Robben. Na segunda parte, quem joga à campeã mundial é a Holanda.

83′ Para os espanhóis mais supersticiosos, esta é uma sexta-feira 13 que dificilmente irão esquecer.

81′ GOLO DA HOLANDA! ARJEN ROBBEN FAZ O 1-5! Que massacre em Salvador! O extremo holandês correu a alta velocidade para a grande área, contornou Sergio Ramos e Casillas, enquadrou-se com a baliza e atirou para o fundo das redes. Uma noite de sonho para a “laranja mecânica”.

79′ Substituição na Holanda. Saiu Van Persie e entrou Jeremain Lens.

78′ Substituição na Espanha. Saiu David Silva e entrou Fàbregas.

78′ Fernando Torres cai na grande área. Nem falta nem simulação, diz o árbitro.

76′ Pontapé livre de Sergio Ramos, a sair um pouco ao lado do alvo.

74′ Caso se mantenha este 4-1, será a pior derrota que o campeão mundial sofre numa estreia no Campeonato do Mundo.

72′ GOLO DA HOLANDA! ROBIN VAZ PERSIE FAZ O 1-4! Mas que disparate de Casillas! O guarda-redes dominou mal a bola na grande área e acabou por entregá-la a Van Persie, que conseguiu, em esforço, empurrar para o fundo das redes.

69′ Defesa de Iker Casillas, após remate forte de Van Persie.

67′ Golo anulado à Espanha. David Silva coloca a bola no fundo das redes, mas estava em fora-de-jogo.

65′ GOLO DA HOLANDA! STEFAN DE VRIJ FAZ O 1-3! Surpresa e reviravolta total, mas com mais polémica à mistura: De Vrij, na sequência de um canto, desviou para o fundo das redes, mas num lance em que Van Persie faz claramente falta sobre Casillas.

63′ Dupla substituição na Espanha. Saíram Xabi Alonso e Diego Costa e entraram Pedro Rodríguez e Fernando Torres.

62′ Substituição na Holanda. Saiu Gúzman e entrou Wijnaldum.

60′ Van Persie acerta na trave! Remate fortíssimo do holandês, na grande área, a bater em cheio no ferro. Casillas só teve tempo de olhar para a bola.

58′ Espanha em dificuldades em Salvador, perante uma Holanda organizada, coesa e a chegar à vantagem com eficácia.

54′ Diego Costa agride um adversário com uma cabeçada. A equipa de arbitragem não terá visto…

53′ GOLO DA HOLANDA! ARJEN ROBBEN FAZ O 1-2!Surpreendente reviravolta na partida, com o segundo golo a nascer, novamente, de um sublime cruzamento de Blind; Robben recolheu na grande área e bateu Casillas.

50′ O equilíbrio é nota dominante neste início de segunda parte. Chove cada vez mais em Salvador.

48′ À imagem do que já tinha sucedido durante o México-Camarões, chove com grande intensidade na Arena Fonte Nova.

46′ Início da segunda parte! Bola para a Espanha.

45+1′ Intervalo na Arena Fonte Nova, com 1-1 no marcador.

44′ GOLO DA HOLANDA! ROBIN VAN PERSIE FAZ O 1-1!Excelente golpe de cabeça do avançado, a reestabelecer a igualdade no marcador, após um cruzamento de Daley Blind. Finalização soberba do avançado, a empatar o jogo depois de a Espanha ter estado à beira do 2-0.

43′ David Silva desperdiça o 2-0! Completamente isolado, o médio espanhol tentou “picar” a bola sobre Cillessen, mas o guarda-redes holandês conseguiu evitar o golo.

41′ Cartão amarelo para Stefan de Vrij, por travar um ataque da Espanha.

39′ Espanha limitada a “afunilar” o jogo, fruto da ausência de extremos “puros”, mas a conseguir controlar o resultado.

36′ Holanda com dificuldades em reagir à desvantagem. O esquema com três centrais não favorece e Robben e Van Persie não estão a “ter bola” na frente.

33′ Espanha com 63% de posse de bola e três remates, um à baliza (o penálti); a Holanda rematou uma vez, para excelente defesa de Casillas.

30′ A Holanda até estava melhor na partida, mas surge agora em desvantagem no marcador.

27′ GOLO DA ESPANHA! XABI ALONSO FAZ O 1-0! Cillessen ainda acertou no lado, mas o remate do médio foi bem colocado, na conversão da grande penalidade.

26′ Penálti para a Espanha! O árbitro considera que Diego Costa foi derrubado na grande área. Foi de facto contacto entre Stefan de Vrij e o avançado, resta saber se terá sido suficiente para a queda…

25′ Cartão amarelo para Guzman, o primeiro da partida.

20′ David Silva, já dentro da grande área, não consegue o remate e desperdiça uma ocasião de perigo.

18′ Tentativa de remate de Diego Costa, sem perigo para Cillessen.

15′ Pressão alta e agressiva da Holanda, a não deixar a seleção espanhola ter espaço no início de construção. O árbitro já pediu calma face a algumas entradas duras…

13′ Excelente corte de Vlaar, a impedir o remate de Diego Costa na grande área. O avançado vai sendo muito assobiado por algumas dezenas de brasileiros espalhados pela Arena Fonte Nova.

12′ Casillas não sofre golos em fases finais de Mundiais desde a derrota, por 1-0, frente à Suíça, em 2010. Já leva 450 minutos sem ser batido.

10′ Remate de Iniesta, a sair por cima do alvo.

8′ Casillas evita o golo! Excelente passe de Robben, a isolar Sneijder, que já dentro da grande área rematou para defesa do guardião espanhol.

6′ Início de jogo “dividido”, com a Holanda a “imitar” a formação espanhola na pressão alta e rápida sobre o portador da bola, limitando o início de construção do adversário.

3′ É a 11.ª vez que Holanda e Espanha se defrontam. A equipa holandesa não perde no jogo inaugural de uma fase final de um Mundial desde 1938 e procura “vingança” pela derrota sofrida na final de 2010.

1′ O italiano Nicola Rizzoli apita para o início do jogo! Bola para a Holanda.

ESPANHA: Iker Casillas; Azpilicueta, Sergi Ramos, Piqué, Jordi Alba; Sergio Busquets, Xabi Alonso; David Silva, Xavi, Andrés Iniesta; Diego Costa. Suplentes: Reina, De Gea, Javi Martínez, Juanfran, Albiol, Fàbregas, Juan Mata, Koke, Cazorla, David Villa, Pedro e Fernando Torres.

HOLANDA: Cillessen; Janmaat, Vlaar, Bruno Martins Indi, Vrij, Blind; Guzmán, De Jong, Sneijder; Arjen Robben e Van Persie.Suplentes: Krul, Vorm, Veltman, Kongolo, Verhaegh, Clasie, Fer, Wijnaldum, Kuyt, Lens, Huntelaar e Depay.

A Espanha e a Holanda reeditam nesta sexta-feira (20.00) a final do Mundial 2010, no jogo de estreia do Grupo B do Campeonato do Mundo de 2014, segundo dia de competição.

No embate entre os finalistas do campeonato de há quatro anos, na África do Sul, vão estar, de um lado, os atuais campeões, dirigidos por Vicente Del Bosque, obreiro de duas grandes conquistas – Mundial 2010 e Europeu 2012 -, com um plantel composto, essencialmente, pelas “estrelas” caseiras de Barcelona, Real e Atlético de Madrid.

Iniesta, Xavi, Sergio Ramos, Diego Costa e restantes companheiros defrontam Robin Van Persie, Wesley Sneijder e Arjen Robben, um trio experiente que encabeça um conjunto muito “refrescado” por comparação com aquele que esteve na competição africana, e agora sob a batuta de Louis Van Gaal.

A partida está marcada para as 17:00 horas locais (21:00 em Lisboa), e terá lugar na Arena Fonte Nova de Salvador da Baía, onde Portugal se estreará, na segunda-feira, frente à Alemanha.