Arquivo da tag: hulk

Estátua de Hulk faz sucesso na volta da seleção a Teresópolis

A estátua gigante de Hulk nas ruas de Teresópolis.

A estátua gigante de Hulk nas ruas de Teresópolis.

Foto: RFI

A seleção brasileira chegou na tarde desta quinta-feira (19) a Teresópolis e mesmo debaixo de chuva, dezenas de torcedores foram recepcionar os jogadores na entrada da Granja Comary. Uma estátua gigante do jogador Hulk, na entrada do local de concentração, fez o maior sucesso entre moradores e turistas.
 

Com uma sombrinha para proteger da chuva fina o filho pendurado no pescoço, Daniela Amorim e o marido Rafael trouxeram Artur, de 5 anos, ver a passagem da seleção. “Esta é a terceira vez que tentamos. Sempre vemos de muito longe. O meu filho fica aflito para ver a seleção”, diz o morador de Teresópolis. “Quero ver o Neymar”, diz o menino sem esconder a ansiedade.

Os batedores da polícia anunciam a chegada do ônibus oficial. Os vidros estavam escuros, mas a família vai voltar feliz para casa. “Acho que vi o Júlio César”, comentou a Daniela. Seu filho acena afirmativamente com a cabeça, com a certeza de ter visto Neymar.

Emoção maior foi de quem conseguiu pelo menos um aceno de mão do ídolo. Cristina Jacques e sua amiga Ellen Santos, de Nilópolis, tiveram um acesso de gritos ao fotografar o atacante. “Ele deu tchau para mim, é um fofo. Ele estava de boné branco “, diz exaltada. “Ele é muito humilde, valeu a pena ter vindo”, completou Ellen.

 

 
Daniela, Rafael e Artur à espera da passagem da seleção brasileira.

Foto: RFI

Estátua de Hulk faz sucesso e mobiliza moradores e turistas

Sem poder tirar fotos de perto com o ídolo, muitos aproveitaram a presença de Hulk, não o jogador, mas o famoso herói americano que fica verde quando nervoso. Uma estátua gigante de mais de 2 metros vestida com a camisa 7 chamou atenção dos moradores e turistas que aproveitaram o feriado para vir à cidade serrana do Rio.

O personagem colocado na entrada do principal acesso ao centro de treinamento, foi uma iniciativa de alguns moradores de Teresópolis para divulgar o drama da menina Maria Luisa, que irá completar 3 anos de idade. Ela sofre da síndrome de Rett, uma doença rara que atinge em média uma em cada quinze mil crianças, principalmente meninas.

A síndrome provoca um distúrbio do sistema nervoso e impede o desenvolvimento motor e da linguagem. O pai dela, Luiz Antonio, precisa de 60 mil reais para continuar o tratamento chamado Therasuit, desenvolvido pela Nasa e que poderá evitar que ela perca os movimentos.

Para levantar fundos, ele conseguiu uma camisa de treino do goleiro Júlio César, que foi assinada por ele e depois por todos os jogadores da seleção brasileira. “Conseguimos mobilizar os moradores e decidimos fazer uma rifa para arrecadar dinheiro para o tratamento que pode evitar o desenvolvimento da doença”, contou o pai da menina.

A empresária Débora Santana, que tem uma loja de esculturas e festas, se sensibilizou com o caso e ofereceu a estátua gigante para divulgar a campanha. “Estamos aproveitando que os holofotes estão voltados para a seleção para divulgar nossa campanha e ajudar a menina”, explicou.

O fisioteraupeuta Leonardo Pinheiro, que conhece os efeitos da doença, teve a ideia de usar o personagem aproveitando que o jogador da seleção que tem o apelido do herói, também ficou lesionado. “Nós todos nos unimos para que a Maria Luiza possa se beneficiar de um tratamento que será muito importante para a síndrome não evoluir”, declarou.

 

 
Luiz Antonio e Débora tiveram a ideia de promover a campanha de sensibilização com o famoso personagem.

Foto: RFI

Hulk “brasileiro”

A expectativa é que a campanha divulgada também pelas redes sociais faça o mesmo sucesso que a  estátua conquistou com os turistas. Um grupo de amigos de Juiz de Fora, aproveitou o feriado, percorreu 160 quilômetros para tentar ver a seleção.

Depois de ver o ônibus passando, Eduardo Martins fez questão de voltar para casa com uma foto da famosa estátua. “O herói é americano, mas é verde e com a camiseta amarela da seleção, virou brasileiro”, disse.

Hulk admite que pode não jogar contra o México

Lancepress

No primeiro tempo o Brasil fez 1 a 0, gol assinalado por Hulk

O atacante sente dores musculares na coxa esquerda

Hulk admitiu dores musculares na coxa esquerda, mas garante que vai jogar na próxima terça-feira, contra o México, em Fortaleza. O atacante deixou o treino da manhã deste domingo, na Granja Comary, em Teresópolis, e passou a preocupar o técnico Luiz Felipe Scolari. No treino de terça-feira, antevéspera da estreia contra a Croácia, ele já havia deixado o treino mais cedo por causa do mesmo problema.

“No treino, finalizei duas vezes e senti um incômodo. Resolvi sair por precaução, falta dois dias para o jogo. Tem de jogar, é Copa do Mundo, espero ajudar a Seleção. Mas quem vai decidir é o Felipão. Vamos conversar e ver o que é melhor”,  disse o atacante, não garantindo sua escalação.

Depois de sair, Hulk foi substituídopelo volante Ramires. Paraibano, o atacante ainda citou a importância de jogar no Nordeste, perto da família. “Primeiro, pedir a Deus para não sentir lesão, foi só um incômodo. O jogo vai ser no Nordeste, minha família vai estar toda lá, espero jogar e não posso ficar fora”.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio