Arquivo da tag: MORTO

Bailarino brasileiro de 20 anos morre após ser atropelado por caminhão nos EUA

Pedro Henrique Pupa, da companhia de dança Sarasota Ballet, voltava de bicicleta para casa quando foi atingido pelo veículo

IG

Flórida – O paulistano Pedro Henrique Pupa, integrante da companhia de dança norte-americana Sarasota Ballet, morreu após ter sido atropelado por um caminhão de entrega na cidade de Sarasota, na Flórida, na última quarta-feira.

O acidente ocorreu por volta das 14h na via Bay Shore Road, em frente ao museu The Ringling. Segundo Camilla Pupa, tia e ex-professora do rapaz, Pedro voltava de bicicleta para casa após uma aula quando foi atingido. Ele chegou a ser levado ao hospital Blake Medical Center, em Bradenton, mas não resistiu aos ferimentos. O bailarino completaria 21 anos no próximo dia 29 de junho.

“Ele era um grande bailarino, de qualidade técnica e perfil fantásticos”, disse ao iG Camilla, que ajudou na formação artística do sobrinho na Companhia Estável de Dança de Piracicaba, no interior paulista. “Infelizmente, aqui no Brasil ele não ficou conhecido. Mas era muito valorizado nos EUA. Estava no auge, muito feliz.”

Pedro Henrique Pupa vivia nos EUA há 4 anos e fazia parte de companhia de dança

Foto:  Reprodução Facebook

Pedro nasceu em São Paulo, estudou nos EUA e posteriormente se mudou para Piracicaba, onde integrou a companhia. Ele estava morando na pequena cidade de 50 mil habitantes, localizada no Estado da Flórida, havia quatro anos.

Ainda não há data definida para o traslado do corpo e para o enterro do jovem. “Estamos tendo todo o apoio da Sarasota Ballet com esse trâmite”, afirmou Camilla.

De acordo com informações do jornal Sarasota Herald-Tribune, o motorista do caminhão, Willie G. Burns, 58 anos, fazia uma conversão à direita para entrar no museu quando se chocou com o bailarino. Ele foi acusado pela polícia local de violar a regra que impõe a condutores dar passagem preferencial a pedestres e pessoas em bicicleta.

Último trabalho de José Wilker chega aos palcos

‘O Comediante’, espetáculo estrelado por Ary Fontoura, fica em cartaz até 28 de setembro no Teatro Clara Nunes

O DIA

Rio – Emocionar e divertir é a missão que ‘O Comediante’, espetáculo estrelado por Ary Fontoura, vai cumprir até 28 de setembro no Teatro Clara Nunes. A peça, escrita por Joseph Meyer, é o último trabalho de José Wilker (1944-2014) como diretor e conta a história de um ator veterano que sofre por não ser mais convidado para trabalhar.

Ary Fontoura em cena com a atriz Carol Loback em ‘O Comediante’

Foto:  Divulgação

 

Apesar de o tema ter ares dramáticos, o humor permeia a obra, que, após a morte de Wilker, ficou sob o comando de Anderson Cunha. “Foi muito difícil seguir sem o Wilker, mas tentamos reproduzir o que ele queria. Esse espetáculo mescla riso e emoção para falar de um ator que sofre por estar há 20 anos longe dos palcos. A nossa mensagem é de esperança, de nunca desistir de ir em busca de uma vida melhor”, diz Fontoura, que está de férias da TV desde o fim da novela ‘Amor à Vida’.

TEATRO CLARA NUNES. Shopping da Gávea. Rua Marquês de São Vicente 52, 3º piso, Gávea (2274-9696). De qui a sáb, às 21h30. Dom, às 20h. R$ 80 (qui e sex) e R$ 90 (sáb e dom). 90 min. 14 anos. Até 28 de setembro.

Tenente reformado do Exército é morto após sacar dinheiro em Santos

A Tribuna|Eduardo Velozo Fuccia

Segundo-tenente reformado do Exército, Antônio Alvarez, de 76 anos, foi morto a tiros por ladrões, na manhã desta segunda-feira, no Marapé. Momentos antes do latrocínio, a vítima havia sacado R$ 1,5 mil de uma agência bancária no Campo Grande.

O crime foi cometido por dois homens, que não foram identificados. Eles seguiram a vítima do Banco Itaú da Rua Carvalho de Mendonça, próximo à Rua Rio de Janeiro, até a frente do Clube do Curió, na Rua Benedito Ernesto Guimarães, onde o oficial do Exército pretendia entrar.
 

N/A

Idoso foi abordado na Rua Benedito Ernesto Guimarães e teve R$ 1,5 mil roubado

Alvarez estava acompanhado de um filho, de 47 anos, que dirigia o carro ocupado por ambos. A abordagem dos assaltantes ocorreu logo após as vítimas desembarcarem do automóvel. Os marginais chegaram em duas motos, ambas pretas e com baú na traseira. As placas delas não foram anotadas.

Logo após a retirada do dinheiro, ainda dentro do banco, Alvarez entregou a quantia de R$ 500,00 para o filho, ficando com o restante. Os ladrões sabiam que as duas vítimas estavam com os valores e, inicialmente, um deles exigiu o dinheiro em poder do filho.

Reação

De acordo com o filho de Alvarez, o pai “foi para cima” do assaltante e ele tentou segurá-lo. Nesse momento, o segundo marginal se aproximou por trás do homem de 47 anos e arrancou do bolso da calça a quantia que ele trazia.

A dupla exigiu o restante do dinheiro e Alvarez disse que não havia mais, tentando chutar o marginal que anunciara o roubo. Sem hesitar, este criminoso disparou duas vezes contra o militar reformado. Ele portava um revólver calibre 38 niquelado com cabo de madeira. O outro assaltante não chegou a exibir qualquer arma.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou o idoso ao Pronto-Socorro Central, onde ele morreu enquanto recebia os primeiros atendimentos. Alvarez era viúvo e deixa três filhos e seis netos, um dos quais também militar do Exército, lotado no 2º Batalhão de Infantaria Leve, em São Vicente.

Os marginais usavam capacete e não tiveram os rostos visualizados. Policiais do 2º DP de Santos investigam o latrocínio e recorrerão às imagens das câmeras do Itaú para elucidá-lo. Um rapaz que estava na fila do banco logo atrás do idoso é suspeito de passar informações para os ladrões das motos. Ele chamou a atenção do filho do militar, porque saiu da fila antes que fosse atendido.

Homem morre após tentar assaltar PM na zona sul de SP

Um homem morreu e outro ficou ferido na noite de quinta-feira, na rua Juacema, no Jardim Umarizal, zona sul de São Paulo, após tentarem assaltar um policial militar. 

De acordo com a Polícia Militar, dois homens em uma moto abordaram o policial quando ele entrava com seu carro na garagem de uma casa, por volta das 22h40. O PM reagiu e, na troca de tiros, acertou os dois assaltantes antes de ser atingido.

Segundo a PM, um dos assaltantes morreu no local. O policial militar e o outro suspeito de roubo foram encaminhados a hospitais da região. O estado de saúde de ambos não foi informado. O caso foi encaminhado ao 37º Distrito Policial (Campo Limpo). 

Fonte: Terra

Pai atropela e mata acidentalmente filho de 2 anos

DIÁRIO DA MANHÃ|DANIELLY SODRÉ

A família do pequeno Justin Thai está desolada. O pai do garoto, que não foi identificado, atropelou o filho, de apenas 2 anos, quando saía da garagem de ré, na noite da última quarta-feira (7), segundo informações do jornal britânico Daily Mail. A autópsia concluiu que a morte da criança foi causada por um forte trauma na cabeça. O acidente ocorreu em Denver, nos Estados Unidos.

De acordo com o jornal local, o acidente ainda está sob investigação. As autoridades já descartaram o uso de álcool ou drogas pelo pai. No momento do atropelamento, ele estava saindo de casa para buscar o irmão de Justin, um bebê de oito meses que estava na casa da babá. O menino correu para trás do veículo sem que o pai o visse.

 

 

Foto:Divulgação

Foto:Divulgação

 

Capitão da PM é morto com tiro no rosto em Guarulhos

Estadão Conteúdo

Um capitão da Polícia Militar (PM) foi morto a tiro na noite de sábado no bairro Pimentas, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. O assassinato ocorreu em frente a um bar na rua Poço das Trincheiras.

De acordo com a assessoria da PM, o capitão Marcos Ferreira Mata costumava a ir no local, que fica próximo a sua residência. Ele estava de folga, no interior do bar, com um amigo, quando três suspeitos chegaram e foram na direção do policial. O PM foi então rendido e levado para fora do estabelecimento, onde foi atingido por um tiro no rosto.

O capitão chegou a ser socorrido para o pronto-socorro de Pimentas, mas não resistiu. Testemunhas viram um Kadett cinza passar em alta velocidade, mas até o início da manhã deste domingo ninguém havia sido preso.

O caso investigado pela Polícia Civil foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte), já que a arma do policial foi roubada. O capitão havia ingressado na Polícia Militar em 1988.

Ele foi surpreendido pela mãe da menor, que após luta corporal, lhe matou com uma facada

Ele foi surpreendido pela mãe da menor, que após luta corporal, lhe matou com uma facada

O DIA|LUARLINDO ERNESTO

Rio – Um homem foi morto na madrugada desta sexta-feira, quando tentava abusar sexualmente de uma menor de seis anos, no Morro do Dendê, na Ilha do Governador. De acordo com informações da Polícia Civil, um casal encontrou um homem escondido em sua casa, e suspeitaram que a filha de seis anos teria sido vítima de abuso sexual. Houve luta corporal e o suspeito acabou esfaqueado e morto pela mãe da criança.

A criança foi levada para realizar exame de corpo de delito. Divisão de Homicídios da Capital (DH/Capital), que instaurou inquérito para apurar os crimes de estupro e homicídio e a perícia foi feita no local.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio