Arquivo da tag: Mortos

Ataque a instalações petrolíferas deixa 13 feridos na Colômbia

Um ataque com explosivos artesanais contra instalações de um oleoduto no Departamento de Arauca, no leste da Colômbia, deixou 13 pessoas feridas, informou neste domingo o Exército, que atribuiu a ação à guerrilha ELN.

“As pessoas estavam em uma cerimônia religiosa no interior das instalações do complexo petrolífero quando foram atacadas de forma vil e covarde com estas armas não convencionais. Treze delas ficaram feridas”, afirma o texto.

O exército atribuiu o ataque, que foi realizado com um tipo de explosivo artesanal que consiste em um cilindro de gás cheio de estilhaços, ao Exército de Libertação Nacional (ELN), que opera na zona e que iniciou um processo de diálogo com o governo de Juan Manuel Santos.

O ministro da Mineração, Amylkar Acosta, declarou à Rádio Caracol que os feridos estão fora de perigo e que atualmente os danos ao complexo estão sendo avaliados.

“Desta vez o ataque não foi contra o oleoduto propriamente, mas contra as instalações do acampamento, colocando em grave risco a integridade das pessoas que estavam ali naquele momento”, disse o funcionário.

O exército, por sua vez, informou que oito dos feridos estavam hospitalizados em um centro localizado na capital do departamento, localizada a 100 km do município de Arauquita, onde os incidentes ocorreram.

O ataque tinha como alvo o oleoduto de Caño Limón-Coveñas, uma das principais vias de transporte de petróleo da Colômbia com 780 km de extensão, que leva o petróleo produzido nos campos do leste do país ao Mar do Caribe para sua exportação.

Confrontos deixam 21 soldados mortos ao sul de Bagdá

28/06/2014 

Bagdá, 28 – Bagdá, 28/06/2014 – Autoridades iraquianas disseram que confrontos pesados entre forças de segurança e insurgentes sunitas deixaram, pelo menos, 21 soldados mortos ao sul de Bagdá.

A polícia afirmou que os combates duraram horas neste sábado, perto da cidade de Jurf al-Sakhar, cerca de 50 quilômetros ao sul da capital. A cidade faz parte de uma região predominantemente sunita localizada ao sul de Bagdá.

Segundo os oficiais iraquianos, dezenas de militantes foram mortos e outros capturados durante os confrontos. Funcionários do setor de saúde confirmaram o número de baixas das forças governamentais.

 
Fonte: Associated Press.

 

Novo ataque na costa do Quênia provoca 11 mortes

AFP – Agence France-Presse

24/06/2014 

Pelo menos 11 pessoas morreram em um ataque durante a noite contra uma localidade da costa queniana, anunciou uma fonte da polícia local.

Algumas vítimas morreram em agressões com arma branca e outras com tiros à queima-roupa.

A ação aconteceu a poucos quilômetros do cenário de ataques similares, que provocaram quase 60 mortes nas últimas semanas, o que provocou os temores de uma explosão de violência político-étnica.

O último ataque foi cometido em Maleli, a 50 km do arquipélago turístico de Lamu, um paraíso natural e histórico.

O balanço oficial, divulgado pelo prefeito do cantão de Lamu, Stephen Ikua, citava cinco mortos. Mas uma fonte policial de Lamu anunciou que outros seis corpos foram encontrados, alguns com marcas de tiros e outros com ferimentos provocados por armas brancas.

O vice-prefeito de Lamu, Benson Maisori, confirmou que algumas vítimas morreram a facadas e outras foram executada à queima-roupa.

Vários feridos foram levados para hospitais da região, segundo o deputado local Athaman Badi.

Até o momento, o ataque não foi reivindicado.

Na mesma região, ataques nos dia 15 e 16 de junho deixaram quase 60 mortos.

Os islamitas somalis shebab, vinculados à Al-Qaeda, reivindicaram os ataques alegaram que foram uma represália pela intervenção militar queniana na Somália. Também pediram aos turistas estrangeiros que evitem o Quênia, decretada como “zona de guerra”.

Mas o presidente queniano Uhuru Kenyatta negou o envolvimento dos shebab e atribuiu os ataques a “redes políticas locais vinculadas a grupos criminosos” e apontou para, sem citar o nome, oposição liderada por Raila Odinga, que nega qualquer envolvimento nos ataques.

O Quênia foi cenário de vários ataques e atentados atribuídos aos shebab ou a seus simpatizantes desde que seu exército entrou na Somália em outubro de 2011 para lutar contra os islamitas somalis.

A aviação queniana bombardeou no domingo bases dos shebab no sul da Somália, como parte de uma ofensiva iniciada em março pela Amisom, a força da União Africana na Somália, que tem 22.000 oficiais.

O exército queniano afirma que matou mais de 80 “terroristas shebab” nos ataques aéreos, mas o porta-voz dos islamitas, Abdulaziz Abu Musab, negou a informação.

Choque frontal no IC2 faz três mortos

Dário de Notícias|Rute Coelho e Filipa Ambrósio de SousaHoje

 
Choque frontal no IC2 faz três mortos
Fotografia © Carlos Jorge Monteiro – Global Imagens

Um dos carros despistou-se e foi embater num outro que seguia na faixa oposta. Foi pelas 12.00, na IC2, perto de Carnache. Da colisão resultaram três mortos e um ferido em estado muito grave.

A esta hora da tarde de quarta-feira, a Unidade de Trânsito da GNR está no IC2, perto de Cernache, a recolher indícios sobre um choque frontal entre dois ligeiros ocorrido perto do meio dia, depois de um dos veículos se ter despistado e saído da sua faixa de rodagem. Três pessoas tiveram morte imediata e uma ficou gravemente ferida. O DN apurou que nenhuma das vítimas é menor de idade mas ainda não se sabiam os sexos e as idades, segundo referiu o capitão Oliveira, do destacamento de Trânsito do Comando de Coimbra da GNR. O acidente aconteceu ao quilómetro 181 do IC2, o qual ficou cortado nos dois sentidos. Neste momento, o médico legista já declarou os óbitos e as equipas de socorro iam proceder ao desencarceramento das vítimas mortais.

Naufrágio na Malásia deixa cinco mortos e 32 desaparecidos

Barco de madeira transportava imigrantes clandestinos indonésios

Ao menos cinco pessoas morreram e 32 estão desaparecidas após o naufrágio de um barco que transportava imigrantes clandestinos indonésios na costa ocidental malaia, confirmou nesta quarta-feira um funcionário da polícia marítima.

Sessenta pessoas foram resgatadas ou conseguiram nadar até a costa depois do acidente ocorrido perto do porto de Klang, o maior da Malásia. “Trinta e duas pessoas seguem desaparecidas. Encontramos cinco corpos, quatro homens e uma mulher”, disse Mohamad Hambali Yaakup, chefe da polícia marítima de Klang.

“Um barco de madeira com 97 indonésios a bordo afundou quando chegava ao porto Klang, perto de Banting”, disse o porta-voz da Agência Malaia da Polícia Marítima, Mohamad Zuhri, informando ainda que 31 viajantes foram resgatados. “Os indonésios tentavam chegar à Malásia de maneira ilegal cruzando o estreito de Malaca”, acrescentou. 

O barco afundou durante a noite, mas a causa do acidente o a capacidade da embarcação não eram conhecidas. Segundo as autoridades, um helicóptero e cinco embarcações participavam das atividades de socorro. A Malásia, terceira economia do sudeste asiático, atrai os trabalhadores migrantes de vizinhos pobres como Indonésia, Bangladesh e Mianmar.

Fonte: AFP

 

Pelo menos cinco mortos num tiroteio em Las Vegas

por LusaHoje

 
Pelo menos cinco mortos num tiroteio em Las Vegas
Fotografia © REUTERS/Las Vegas Sun/Steve Marcus

Pelo menos cinco pessoas morreram, entre elas dois agentes da polícia, num tiroteio em Las Vegas, nos Estados Unidos, noticiou hoje o jornal local Review Journal.

Duas das vítimas são os presumíveis autores dos disparos, que abriram fogo numa concorrida zona de um centro comercial, sem que se conheçam os motivos. O tiroteio iniciou-se quando dois agentes da polícia se aproximaram dos suspeitos numa pizzaria onde almoçavam, e espalhou-se depois para um supermercado próximo. Testemunhas indicaram que um dos autores dos disparos terá gritado “isto é o início de uma revolução” antes de ser atingido.

Diário da Manhã|Hélio Lemes

Um acidente entre um caminhão e um carro de passeio, na noite da última quarta-feira (4), na GO-241 em Minaçu, cidade a 504 quilômetros da capital, deixou três vítimas fatais e uma ferida.

Os bombeiros identificaram as vítimas como Newton Sotero de Matos, de 59 anos, motorista do carro de passeio; Jucivar Batista da Silva e Leuzimar de Oliveira Souza, de 31 anos, ambos foram encontrados já sem vida no local.

Adilson Borba de Souza, de 42 anos, foi encontrado consciente no local do acidente e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU).

Três mortos e 22 feridos em ataque com faca no metrô de Taipei

AFP – Agence France-Presse

21/05/2014 

Um homem armado com uma faca atacou os passageiros do metrô de Taipé nesta quarta-feira, matando três pessoas e ferindo outras 22, indicou a polícia.

O agressor, um estudante universitário de 21 anos, foi detido imediatamente, acrescentou a fonte. Todos os feridos estão hospitalizados.

Esta foi a primeira agressão fatal no metrô da capital de Taiwan desde sua inauguração, em 1996.

O jovem atacou os passageiros pouco depois das 20h00 locais por razões que ainda são desconhecidas.

Inundações em Bósnia e Sérvia deixam ao menos 16 mortos

AFP – Agence France-Presse

17/05/2014 

Ao menos 16 pessoas faleceram nas inundações dos últimos três dias na Bósnia e na Sérvia, de onde 15.000 pessoas precisaram ser retiradas, indicaram neste sábado as autoridades.

Seis corpos sem vida foram encontrados neste sábado na localidade de Doboj, dois em Maglav e um em Samac, todos eles no norte da Bósnia, o que eleva a 13 o número de falecidos neste país, segundo fontes oficiais.

Na Sérvia, onde o balanço oficial é de três vítimas, as autoridades informaram neste sábado sobre a descoberta de novos corpos, embora não tenham decidido comunicar o número final de falecidos até que os trabalhos de resgate tenham sido concluídos.

“Descobrimos vários cadáveres em Obrenovac (perto de Belgrado). As pessoas têm medo do que podemos encontrar quando as águas baixarem”, declarou Vucic em uma coletiva de imprensa.

Além de Obrenovac, cujos 20.000 habitantes precisarão ser retirados, segundo Maric, a situação continua muito difícil na região de Bijeljina, no nordeste da Bósnia, onde as autoridades iniciaram neste sábado a evacuação de quatro povoados.

A Bósnia, assim como a Sérvia, não registrava chuvas tão intensas há 120 anos, que provocaram a inundação de várias cidades e de dezenas de povoados.

Dezenas de milhares de pessoas ficaram presas em suas casas, enquanto algumas zonas precisaram ser evacuadas devido a deslizamentos de terra.

Desde quinta-feira, mais de 15.000 pessoas precisaram deixar suas casas em uma dezena de cidades da Sérvia devido, segundo o chefe de governo sérvio, a esta “horrível catástrofe natural”.

Naufrágio de barco com imigrantes faz vários mortos em Lampedusa, Itália

por Lusa, publicado por Ana MeirelesHoje

Uma embarcação que transportava imigrantes ilegais naufragou hoje a sul da ilha italiana de Lampedusa, provocando várias vítimas mortais, noticiou a comunicação social italiana, indicando ainda que cerca de 200 imigrantes foram resgatados.

Segundo o canal SkyTV24 e a agência noticiosa italiana Ansa, lanchas da guarda costeira italiana retiraram entretanto vários corpos do mar.

O naufrágio ocorreu a cerca de cem milhas marítimas (160 quilómetros) a sul de Lampedusa, ao largo da Sicília (sul de Itália), a ilha italiana mais próxima da costa líbia.

A agência Ansa avançou igualmente que várias embarcações da marinha militar italiana, ao serviço da operação de salvamento “Mare Nostrum” (vocacionada para situações relacionadas com a imigração ilegal), e várias embarcações comerciais foram deslocadas para a zona do naufrágio.

Cerca de 200 imigrantes foram resgatados com vida e as operações de busca e resgate prosseguem no local. Não foi avançado, até ao momento, um balanço quanto ao número de mortos e feridos.

De acordo com o canal SkyTG24, cerca de 400 pessoas estavam a bordo da embarcação.