Arquivo da tag: MPB

TÁSSIA REIS LANÇA SUA PRIMEIRA EP “TÁSSIA REIS”

Em seu novo trabalho, a rapper exibe uma forte influência na música negra, R&B, Jazz e MPB, revelando composições de sua própria autoria.

A cantora Tássia Reis acaba de lançar seu primeiro EP intitulado “Tássia Reis”, com participação especial de DJ Zala, Nelson D, Skeeter, Esquina da Gentil e Tiago Mac. O primeiro álbum da cantora conta com a direção de Diamante e mixagem de Rodrigo Tuchê.

Tássia Reis é da cidade de Jacareí, interior de São Paulo, também é dançarina de stret dance e formada em moda. Em seu novo trabalho, a rapper exibe uma forte influência na música negra, R&B, Jazz e MPB, revelando composições de sua própria autoria, onde busca mostrar sua angústia, insatisfações e suas críticas sociais.

Faça Download

Confira o Albúm!

DORIVAL CAYMMI INSPIRA NOVO SINGLE DE MANO RÉU

Mano Réu lança música em homenagem ao compositor Dorival Caymmi que neste ano completaria 100 anos.

Com o sample da música “O Vento” de Dorival Caymmi , o rap Mano Réu deu vida a uma nova composição que mescla a batida eletrônica do rap com a sonoridade da MPB tocada na década de 50, um dos períodos de sucesso do compositor baiano.

Caymmi é considerado um dos grandes ícones da música popular brasileira, compôs grandes sucessos como “ O Vento” e “ O que é que a baiana tem?” tornando -se um marco de sucesso nacional e internacional.

Confira a música Aqui

Fábrica de Cultura

Cantora e compositora Tiê faz mini turnê nas Fábricas de Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém e Cidade Tiradentes, em maio e junho.

Considera como um dos destaques da Virada Cultural Paulista 2014, o encanto da interprete e compositora Tiê chega nas Fábricas de Cultura da Zona Leste de Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém e Cidade Tiradentes – unidades do programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura e do Governo do Estado de São Paulo – nos meses de maio e junho.

Reconhecida pelo seu trabalho em todo o Brasil e internacionalmente, Tiê se destaca no meio da MPB com dois discos lançados e coleciona apresentações em grandes festivais de música, como Coquetel Molotov, Planeta Terra, South By SouthWest e Rock in Rio (No Rio de Janeiro, Lisboa e Madri), além de abrir o “Reveillon da Virada”, grande festa de encerramento de ano que acontece todo ano na Avenida Paulista, em São Paulo, para mais de 2 milhões de pessoas, em 2012.

A cantora estudou Relações Públicas em São Paulo, mas sua paixão pela música a fez ir para Nova York estudar canto. Com o tempo, adquiriu grandes amizades no meio musical e dentre elas, conheceu o cantor e compositor Toquinho, com quem gravou sua primeira canção e viajou por todo o Brasil e Europa antes de lançar o seu primeiro disco. Seu primeiro disco, o autoral “Sweet Jardim” (2009), ficou entre os 50 que formaram a identidade musical brasileira dos anos 2000, segundo a Folha de São Paulo, em 2011.

Seu segundo álbum trouxe participações dos músicos Jorge Drexler, Marcelo Jeneci, Karina Zeviane, Thiago Pethit e Tulipa Ruiz, com destaque para uma leitura de clima flamenco da música “Você Não Vale Nada”, da banda Calcinha Preta. Com o sucesso, a cantora teve suas músicas protagonizadas em novelas como Malhação e Cheias de Charme (Rede Globo) e Carrossel (SBT).

A paulistana se apresenta nas Fábricas com músicas de seu trabalho mais recente, “A Coruja e o Coração”, que misturam ritmos brasileiros de forma contemporânea. Tiê estará no dia 6 de junho na Fábrica de Vila Curuçá e no dia 13 de junho na unidade de Sapopemba.

Todas as apresentações terão início a partir das 14h. Todos os shows serão gratuitos e terão duração de uma hora. Serão distribuídos 290 ingressos na recepção de cada Fábrica uma hora antes de cada evento.

Show Especial de MPB com a cantora Tiê

Fábrica de Cultura Vila Curuçá
Show de MPB com a cantora Tiê
Dia: 6 de junho
Horário: das 14h às 15h
Endereço: Rua Pedra Dourada, nº 65
Tel: (11) 2016-3316
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 21h
Sábados das 10h00 às 21h00 e Domingos das 10h00 às 17h00

Fábrica de Cultura Sapopemba
Show de MPB com a cantora Tiê
Dia: 13 de junho
Horário: das 14h às 15h
Endereço: Rua Augustin Luberti, 300 (Fazenda da Juta) (Próximo ao Batalhão da PM)
Tel: (11) 2012-5803
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 21h
Sábados das 10h00 às 21h00 e Domingos das 10h00 às 17h00

Vídeo:

Corpo do cantor Jair Rodrigues é enterrado em São Paulo

De A Tribuna On-line

O corpo do cantor Jair Rodrigues, que morreu aos 75 anos na manhã desta quinta-feira em Cotia (Grande São Paulo), foi enterrado hoje no cemitério Gethsêmani, no Morumbi.

O corpo foi enterrado por volta das 12h30, com mais de uma hora de atraso, pois a família aguardava a chegada de um sobrinho de Rodrigues, que veio de Los Angeles.

O cantor foi velado durante a noite na Assembleia Legislativa de São Paulo e o corpo foi transladado até o cemitério, nesta manhã, em um carro do corpo de bombeiros, no qual também ia um dos filhos, o também cantor Jair Oliveira —o Jairzinho.
 

N/A

Cantor foi enterrado no começo da tarde desta sexta-feira em Cotia, cidade onde morava

Morre cantor Jair Rodrigues, aos 75 anos

DIÁRIO DA MANHÃ|LUDMILLA MOREIRA

Morreu, nesta madrugada, um dos veteranos da música brasileira, o cantor Jair Rodrigues. Segundo a JRC produções, Jair estava em casa e a causa da morte ainda não foi divulgada. A residência do cantor é em Cotia (SP) e segundo o G1, há a informação de que até as 11h10, o Instituto Médico Legal ainda não havia chegado ao local.

Ainda segundo o site, uma das funcionárias da família informou acreditar que ele tenha morrido por conta de um mal súbito. Ela disse que na noite de ontem (7), ele foi dormir normalmente e hoje (8), já foi encontrado sem vida.

Segundo a biografia presente no site oficial de Jair, o músico é natural de Igarapava (SP), e nasceu em 6 de fevereiro de 1939. Ele iniciou sua carreira nos anos 60, em programas de calouros e é pai de Luciana Mello e Jair de Oliveira, também músicos.

Foto:reprodução

Foto:reprodução

No ano de 1962, o cantor lançou seu primeiro disco, que tinha duas músicas para a Copa do Mundo, que aconteceria no mesmo ano: “Brasil sensacional” e “Marechal da vitória”. Nesse ano o Brasil venceu o Chile, onde o torneio foi realizado.

Os primeiros LPs de Jair foram “Vou de samba com você” e “O samba como ele é”, ambos lançados no ano de 1964. Seu maior sucesso foi a música “Deixa isso pra lá”, escrita por Alberto Paz e Edson Meneses. A canção emplacou, pois  Jair tinha uma forma inusitada de gesticular com as mãos ao cantá-la.

Ele cantou pela primeira vez com  Elis Regina, sua futura parceira musical, quando substituiu o cantor Baden Powell em um show realizado no Teatro Paramount, em São Paulo. A partir daí, eles lançaram um LP de Bossa Nova e logo depois, formaram a dupla Jair e Elis, comandando o programa “o fino da bossa”, da TV Record.

Jair Rodrigues foi bastante popular não só no Brasil, mas em países como Portugal, Estados Unidos, Suíça, Itália, Alemanha, França e Japão.

No ano de 2006 ele foi homenageado no 4º Prêmio Tim de Música, no Teatro Municipal do Rio e Janeiro. No mesmo ano ele foi indicado ao “Grammy Latino”, na categoria “Álbum de samba brasileiro”, com o disco “Alma Negra”.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio