Arquivo da tag: pontos turísticos

Polícia Ambiental reforça segurança em pontos turísticos de Mato Grosso

Objetivo é garantir tranquilidade aos turistas que visitarem o Estado durante os jogos da Copa do Mundo

Portal da Amazônia 
 
Ponto turístico em Mato Grosso

CUIABÁ  – A segurança dos principais pontos turísticos de Mato Grosso serão reforçados através do Batalhão Ambiental (BPMPA). O objetivo é garantir total tranquilidade aos visitantes brasileiros e turistas estrangeiros que visitarem o Estado durante os jogos da Copa do Mundo, em Cuiabá.

O reforço do policiamento fluvial será realizados nas áreas de Porto Jofre, Porto Cercado e rio Piquiri, na região do município de Poconé; rio São Lourenço, na região do município de Rondonópolis e também na região do município de Barão de Melgaço.

De acordo com o comandante do BPMPA, tenente coronel Rhaygino Sarly Rodrigues Setúbal, o policiamento será dividido em duas frentes de atuação. “Nas áreas consideradas como impactadas, intensificando assim, o policiamento terrestre e fluvial nos pontos com maior visitação turística, por isso o reforço, com escalas alternativas e emprego de 180 policiais”, explica.

Via terrestre

O policiamento terrestre, pontua o comandante, será reforçado na MT-060 (Transpantaneira), distrito da Barra do Aricá, ambas na região do Pantanal; Distrito de Bom Jardim, no município de Nobres e também nos municípios de Cáceres, Barra do Bugres e Barão de Melgaço.

“A região do Pantanal já tem uma grande visitação ao longo do ano, com o evento mundial essa visitação vai aumentar consideravelmente, por isso a importância de reforçarmos o policiamento em toda área”, explica Setúbal.

Além do policiamento, a unidade fará o trabalho fiscalização. “Os que têm interesse em visitar a região para pesca devem estar atentos à carteira de pesca, ao tamanho e quantidade de pescado”, orienta Setúbal. “Àqueles que têm somente o desejo de conhecer as atrações turísticas da região, procuram hospedagem em pousadas e empresas credenciadas”, completou.

 

InMao: estudantes desenvolvem aplicativo para guiar turistas em Manaus

Objetivo é facilitar a locomoção na cidade, tanto para quem vem de fora quanto para os próprios amazonenses

Aplicativo informa onde ir de acordo com interesse do usuário. Foto: Wagner Lucas/App Tree

MANAUS –  “Por que não amar Manaus?”. Assim justifica o criador do aplicativo ‘InMao‘ (Em Manaus) sobre a necessidade de um guia da cidade ao alcance de um simples toque, o engenheiro da computação Rafael Gerzvolf. Há poucos dias da Copa do Mundo de Futebol, turistas começam à chegar a cidade-sede do mundial no Amazonas e buscam por opções para visitar a cidade.

Há pouco mais de um ano Rafael Gerzvolf finalizou a graduação em engenharia da computação, na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), com a apresentação do aplicativo. “Vi que não tinha nenhum outro aplicativo do gênero se eu quisesse procurar um lugar pra ir, como um restaurante. E quando procurava na Internet também não tinha, ou os que tinham estavam desatualizados. Então pensei em atualizar o aplicativo [trabalho de conclusão de curso], que funcione com alguém sempre atualizando”, contou ao Portal Amazônia.

Em fevereiro deste ano, juntaram-se à ele os estudantes Érica Bertan (desenvolvedora), Leandro Okimoto (programador) e Wagner Lucas (designer), todos da área de ciências da computação.  Quem ajudou o grupo a ‘se encontrar’ foi o orientador de Gerzvolf, o doutor em inteligência artificial pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, Edjard Mota.

Grupo se uniu com a ajuda do professor Edjard Mota (cento), que os apresentou. Foto: Juan Gabriel

O projeto tornou-se, então, uma colaboração independente entre os estudantes. O grupo criou a empresa App Tree, para levar o projeto adiante, que será incluída na incubadora da Ufam. Assim se iniciou a criação do chamado ‘Easy to find InMao‘ (Fácil de encontrar em Manaus). “O bom nesse grupo é que cada um motiva o outro”, destacou Gerzvolf, ao enfatizar que o trabalho em equipe é primordial para que o aplicativo tenha se tornado realidade.

Plataforma

guia online está em fase de finalização e passará a funcionar no mesmo período da Copa, no começo do mês de junho. Desenvolvido inicialmente para a plataforma iOS em cinco idiomas – japonês, inglês, português, espanhol e italiano – , a equipe aguarda liberação da Apple para disponibilizar o guia. “Primeiro criamos para o iOS porque vamos lançar para os turistas na época da Copa e a maioria que virá provavelmente usa o iPhone, que é o celular mais vendido fora do Brasil”, explicou Gerzvolf. Inicialmente, o aplicativo oferecerá duas versões: uma gratuita, com as informações básicas, e uma paga, no valor de cerca de R$ 4.

Para descobrir o que fazer na capital amazonense, InMao terá um sistema de busca por categoria, como pontos turísticos e gastronomia. De acordo com a intenção do usário, dividem-se em subcategorias, como, no caso de gastronomia, restaurante de culinária regional, italiana, chinesa, japonesa, etc. “O aplicativo verifica a localização da pessoa e informa os locais mais próximos”, destacou.

A garantia de satisfação poderá ser acompanhada por meio da classificação por estrelas, de zero à cinco, marcada por outros usuários que já passaram pelo local. E quem não tiver acesso à Internet por alguma razão, ainda assim poderá consultar o aplicativo. Para driblar o problema, “a maioria das informações básicas dos pontos principais estarão disponíveis no aplicativo offline“, assegurou Gerzvolf.

Além da simplicidade, garante o criador, outro diferencial é a opção de rotas para seguir a pé pela cidade, para conhecer locais históricos ou encontrar diversão perto de onde estiver de forma independente. “É uma ferramenta prática. A prefeitura lançou um aplicativo para os turistas [Guiatur Manaus], mas o nosso é bem diferente, porque temos um foco pós-Copa, além das atividades que oferecemos”, comentou a desenvolvedora do InMao, Érica Bertan.

Colaboração

InMao busca facilitar locomoção na cidade e encontrar locais para diversas atividades. Foto: Wagner Lucas/App TreeInMao busca facilitar locomoção na cidade e encontrar locais para diversas atividades. Foto: Wagner Lucas/App Tree

Para quem não usa iOS, a equipe pede calma. O engenheiro da computação comentou que também devem lançar o InMao para plataforma Android, pois o objetivo do aplicativo é ajudar o máximo de pessoas com roteiros e lugares interessantes para ir. “A minha expectativa é não fazer um aplicativo só de turismo, mas algo que as pessoas de Manaus também utilizassem. Queria criar um aplicativo que quando as pessoas abrissem um novo estabelecimento, mandassem pra gente adicionar no InMao e facilitar a vida de todos”, explicou.

Portanto, o aplicativo deverá funcionar de forma colaborativa, com a ajuda dos amazonenses. “O ambiente perfeito seria que as pessoas mandassem para nós as dicas de locais. Por enquanto, nós mesmos buscamos em guias, perguntamos de amigos, ligamos e visitamos os estabelecimentos. Em função disso pode ser que agora no começo faltem muitos locais”, justificou.

A meta agora é finalizar o aplicativo e melhorar o espaço de trabalho com a prioridade de avançar na prestação do serviço aos usuários. “O que precisamos é de gente que se interesse pelo InMao. Estamos no começo e precisamos de um novo computador, treinamento para Android, entre outros materiais que ajudem à melhorar nosso desempenho e do produto oferecido”, argumentou Rafael Gerzvolf.

Equipe colocou projeto em prática em fevereiro e o lançamento será junto com o início da Copa. Foto: Edjard Mota