Arquivo da tag: Porco

PALMEIRAS RUMO AO TRI DA SEGUNDONA

O Palmeiras entrou na zona de rebaixamento, e se cair, poderá ser o inédito tricampeão da Segundona ( Série B )  

 

CLASSIFICAÇÃO PG J V         SG  
Cruzeiro 33 15 10         19  
Internacional 31 15 9         11  
Corinthians 28 15 7         10  
Fluminense 26 15 8         9  
São Paulo 26 15 7         7  
Atlético-MG 23 15 6         4  
Atlético-PR 23 15 6         3  
Grêmio 22 15 6         1  
Sport 22 15 6         -4  
10° Santos 20 15 5         4  
11° Goiás 20 15 5         -3  
12° Botafogo 16 15 4         0  
13° Chapecoense 16 15 4         -5  
14° Flamengo 16 15 4         -10  
15° Criciúma 16 15 4         -12  
16° Vitória 15 15 3         -4  
17° Palmeiras 14 15 4         -9  
18° Figueirense 14 15 4         -11  
19° Bahia 14 15 3         -5  
20° Coritiba 12 15 2         -5

Pífio, Palmeiras apenas empata em casa com o Bahia por 1 a 1

Estadão Conteúdo

Não foi dessa vez que Ricardo Gareca comemorou a primeira vitória à frente do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Empatando com o Bahia em 1 a 1, na tarde deste domingo, no Pacaembu, pela 13ª rodada, ambas as equipes chegam ao sétimo jogo sem vencer no Nacional.

O comandante argentino entrou novamente com uma equipe diferente. Sacando o compatriota Tobio e optando por Marcelo Oliveira na zaga e Josimar no meio, o treinador escolheu o 4-3-3 para iniciar a partida, com Mouche, Leandro e Henrique.

Com falta de qualidade, a primeira etapa começou retratando bem o que vive as duas equipes na competição. Após 20 minutos sem nenhuma emoção, o Palmeiras chegou pela primeira vez em finalização de Wesley, que Lomba fez boa defesa. O Verdão assustou novamente aos 35, quando Leandro subiu sozinho e testou para fora. No último lance do primeiro tempo, o Bahia teve ótima chance com Kieza, mas Fábio salvou.
 

Fábio lamenta no chão o gol sofrido pelo Palmeiras, que não vence há sete jogos

Fábio, goleiro do Palmeiras, lamenta no chão o gol sofrido pela equipe paulista, que não vence há sete jogos no Brasileirão

A etapa complementar iniciou com mudança no Palmeiras e na partida. Weldinho entrou no lugar do pendurado Wendel e a lentidão saiu para entrar a intensidade. Logo no primeiro minuto, o volante tricolor Wellington soltou o pé cruzado e Fábio conseguiu segurar. Em seguida, após boa jogada de Josimar, Leandro bateu cruzado, assustando Lomba. Aos 8 minutos Henrique teve a chance em finalização de primeira que passou muito perto.

O placar quase foi aberto aos 13 minutos pelo Bahia, quando Kieza roubou a bola de Marcelo Oliveira, rolou para trás e, Marcos Aurélio sozinho, finalizou para fora e viu o a velha frase “quem não faz, toma” acontecer.

Aos 15, Victor Luis acertou lindo cruzamento e Henrique testou para o fundo das redes de Lomba. Quando parecia que o Verdão finalmente tomaria conta do jogo, veio o empate. Aos 17 minutos, Kieza recebeu sozinho de Pará e finalizou cruzado, sem chances para Fábio.

Com o empate, Gareca mexeu novamente e mudou a forma de jogar. Mendieta entrou no lugar de Mouche e Felipe Menezes deu lugar para Patrick Vieira. Na nova formação, o Palmeiras assustou apenas aos 40 minutos o recuado Bahia, com finalização para fora de Patrick Vieira, selando o empate no Pacaembu.

Com um ponto conquistado, o Verdão chegou aos 14, enquanto o Bahia somou o décimo, se mantendo na zona da degola. O próximo jogo alviverde é pela Copa do Brasil, contra o Avaí, no Pacaembu, na próxima quarta-feira. Pela mesma competição, o Bahia pega o Corinthians, no mesmo dia, na Arena da Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 1 BAHIA

PALMEIRAS: Fábio; Wendel (Weldinho, intervalo), Marcelo Oliveira, Lúcio e Victor Luis; Josimar, Wesley e Felipe Menezes (Patrick Vieira, 27’/2ºT); Mouche (Mendieta, 22’/2ºT), Leandro e Henrique. Técnico: Ricardo Gareca
 
BAHIA: Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Titi e Pará; Fahel (Feijão, 21’/2ºT), Uelliton, Rafael Miranda e Marcos Aurélio (Henrique, 30’/2ºT); Rhayner e Kieza (Emanuel Bianchucchi. 48’/2ºT). Técnico: Charles Fabian

Local: Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Público/renda: 15.206 pagantes / R$ 632.037,50

Cartões amarelos: Titi, Rhayner, Kieza (BAH); Wendel, Lúcio, Leandro (PAL)

GOLS: Henrique, 15’/2ºT (1-0); Kieza, 17’/2ºT (1-1)

Palmeiras reinicia busca por título no centenário do clube

Lancepress
A caminhada do Palmeiras na Série A recomeça neste domingo, às 18h30. Em busca do primeiro título em seu centenário, o Verdão encara a equipe do Criciúma, que tenta apagar todas as frustrações que teve até agora no primeiro semestre de 2014.

Os dois times não chegaram à final de seus campeonatos estaduais. O Palmeiras foi eliminado pelo futuro campeão Ituano, no Pacaembu. Já o Tigre, além de não disputar o título catarinense, sucumbiu na primeira fase da Copa do Brasil.

O Verdão tem um aproveitamento de 77% em 2014, o terceiro maior de todos os 20 clubes que disputam Primeira Divisão. Fica atrás apenas de Santos, com 78% e Internacional, com 85%. A equipe de Santa Catarina, porém, tem um dos menores aproveitamentos, com apenas 51%.
Receoso, o técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, alerta para as diferenças entre as Séries A e B:

– Na Série A a qualidade impera. O erro tem que ser menor. Qualquer jogador pode fazer a diferença. Na Série A, o jogo fora exige mais, a pontuação que você tem que fazer para atingir os objetivos é maior.

E Kleina tem razão, pois o Palmeiras não enfrentará a vida fácil que teve na Série B, em 2013. Apesar de manter a base do elenco para este ano, Kleina adverte que o Verdão ainda precisa de algumas peças:

– Tenho muito orgulho de trabalhar com esse atletas. Mas é claro que nós temos algumas carências. A gente conversa com a diretoria. As carências, vocês sabem que estamos monitorando um lateral-direito e mais um atacante. A gente sabe o que é Palmeiras e o que é Série A.
Pelo lado do Criciúma, nomes conhecidos e criticados no cenário do futebol brasileiro. Além de Paulo Baier, o Tigre conta com a “eterna promessa” Lulinha, ex-Corinthians, além do lateral-esquerdo Cortez, ex-São Paulo e Botafogo. João Vitor, conhecido por episódio de embriaguez nos tempos de Palmeiras, também compõe o time. O técnico do time também é conhecido do palmeirense: Caio Júnior.

Com um time mais forte, a única dúvida do lado alviverde é o atacante Leandro, que passou a semana treinando com a Seleção Brasileira sub-21. Kleina comentou a situação do jovem jogador:

– Relacionamos, mas vamos ver como está. É um jogador de suma importância, mas não trabalhou com o elenco. Se eu puder contar com ele, é de grande importância ser utilizado se for possível.

Com a possível ausência de Leandro, Alan Kardec atuará isolado no ataque do Palmeiras. Nas atividades da semana, Marquinhos Gabriel, Bruno César e Valdívia atuaram no meio campo, armando o jogo para o Verdão.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio