Arquivo da tag: Prisão

Polícia Civil prende acusado de estuprar afilhada de 11 anos

Homem foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, com pena prevista de oito a 15 anos de reclusão.

O DIA

Rio – Policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam, na manhã desta quarta-feira, no bairro de Brás de Pina, um homem de 34 anos. Ele é acusado de abusar sexualmente de sua afilhada, de 11 anos de idade, há pelo menos seis anos.

Segundo o delegado Gilson Perdigão, titular da especializada, as investigações tiveram início há cerca de um mês e vai ter continuidade para identificar outras possíveis vítimas.

Contra o acusado foi cumprido mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça. Ele foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável, com pena prevista de oito a 15 anos de reclusão.

Polícia de SP prende suspeito de depredar concessionária

02/07/2014

São Paulo, 02 – A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira, 02, um suspeito de envolvimento na depredação de uma concessionária da Mercedes-Benz durante uma manifestação do Movimento Passe Livre (MPL) no dia 19 de junho. O mecânico João Antônio Alves de Roza, que trabalha em uma cooperativa de ônibus, foi detido em São Mateus, na zona leste da cidade. Com ele, policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) apreenderam a roupa que teria sido utilizada durante os atos de vandalismo e recolheram um computador para perícia.

A forma como Roza foi identificado e mais detalhes da prisão serão divulgados na tarde desta quarta-feira pelo delegado titular da Delegacia de Investigações sobre Estelionato (2ª DIG) do Deic.

A depredação da concessionária aconteceu no final de um ato organizado pelo MPL na Marginal do Pinheiros, na zona oeste da cidade. Inaugurada uma semana antes do protesto, a loja estimou um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões com 12 carros danificados, entre eles um CLS 63 AMG, modelo que custa R$ 599.900. O carro mais barato entre os que foram atacados custa R$ 53.400.

Adeptos da tática Black Block aproveitaram uma caçamba de entulho que estava em frente à concessionária para pegar pedaços de madeira, ferro e pedregulhos que foram utilizados na ação.

 

BA: “invasor profissional” é preso por fingir ser cadeirante

Um torcedor vestindo uma camiseta do Super-Homem invadiu o gramado da Arena Fonte Nova, em Salvador, durante partida entre Estados Unidos x Bélgica pelas oitavas de final. Depois de cumprimentar alguns jogadores e correr pelo campo, ele foi retirado pelos seguranças particulares da Fifa. O homem que invadiu o gramado da Arena Fonte Nova aos 19min do primeiro tempo da partida entre Bélgica e Estados Unidos, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, ja é velho conhecido. Trata-se do italiano Mario Ferri, famoso por já ter invadido várias partidas do campeonato de seu país com uma camisa do Super-Homem, como a usada nesta terça-feira. Ele também entrou no campo durante a semifinal entre Espanha e Alemanha do último Mundial, em 2010, na África do Sul. Desta vez, porém, a história não acabou bem para ele.

Ferri foi indiciado por estelionato por ter se passado por cadeirante para ficar mais próximo do gramado e, assim, ter mais chances de fazer sua invasão. O italiano foi preso e encaminhado a um juiz em Salvador, que deve determinar fiança para soltá-lo. A Polícia Federal também foi notificada, o que deve significar o fim da Copa para o “Super-Homem”.

Nesta terça, as mensagens na camisa de Ferri foram “salvem as crianças da favela” e “Ciro vive” – uma referência a Ciro Esposito, um torcedor do Napoli que morreu ao ser baleado em conflito com ultras da Lazio. Já no Campeonato Italiano, ele costumava entrar no campo com mensagens pedindo a convocação do atacante Antonio Cassano à seleção.

O curioso foi que Ferri passou quase um minuto inteiro correndo pelo gramado sem ser incomodado pela segurança. Só depois de ter batido na mão de Eden Hazard e recebido um abraço de Kevin De Bruyne é que o invasor foi retirado de campo por cinco funcionários. Quem não gostou nada do episódio foi o técnico dos Estados Unidos, o alemão Jürgen Klinsmann, que balançou a cabeça sem ser comovido pelas mensagens de Mario.

Em campo, o jogo tomou proporções emocionantes na prorrogação e terminou com a vitória belga por 2 a 1. A equipe europeia vai enfrentar a Argentina nas quartas de final.

Entrevistado pelo Sportv após o encerramento da partida entre Bélgica e Estados Unidos nas oitavas de final, o secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, comentou o incidente. “O que é triste é que temos trabalhado para dar acesso a pessoas com necessidades especiais e esta pessoa está trabalhando contra tudo isso, é o pior exemplo, está indo contra tudo que fazemos. Ele é uma vergonha para todos que estão sentados”, criticou o dirigente.

Fonte: Terra

Laranja do doleiro Alberto Youssef é preso em São Paulo

01/07/2014

São Paulo, 01 – A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 1º, em São Paulo, o executivo João Procópio Junqueira Pacheco de Almeida Prado, suposto colaborador do doleiro Alberto Youssef, alvo maior da Operação Lava Jato – investigação da Polícia Federal sobre lavagem de R$ 10 bilhões deflagrada em março de 2014.

No final de maio deste ano, a Suíça bloqueou US$ 5 milhões de uma conta ligada a Procópio, que está entre os 46 indiciados pela Polícia Federal no âmbito da Lava Jato. Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa também estão entre os indiciados.

Os alvos da Operação foram enquadrados por formação de organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro nacional (operar instituições de câmbio sem autorização, falsa identidade em contrato de câmbio e evasão de divisas), falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Costa, que teve US$ 23 milhões bloqueados em contas ligadas a ele na Suíça, também é alvo de ação penal no país europeu, onde é acusado de lavagem de dinheiro. O ex-diretor da Petrobras está preso no Paraná.

Procurada, a defesa de Procópio não foi localizada para comentar a prisão.

Sarkozy é detido em investigação por tráfico de influência

Segundo imprensa francesa, agentes o colocaram em regime de ‘garde à vue’ (prisão preventiva)

EFE

França – O ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, foi intimado para um interrogatório nesta terça-feira e colocado sob custódia da Polícia Judiciária de Nanterre, cidade próxima a Paris, pelas suspeitas de sua relação em um caso de tráfico de influências e violação do sigilo da investigação. Segundo a imprensa francesa, os agentes o colocaram em regime de “garde à vue” (prisão preventiva), uma medida inédita para um ex-presidente e durante a qual ficará detido pela Polícia Judiciária, com direito à assistência jurídica, o que permite que seja interrogado em até 48 horas.

Ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy

Foto:  Reuters

Os investigadores tentam determinar se o ex-chefe de Estado e algumas pessoas de seu entorno criaram uma “rede” de informações que o deixava a par da evolução dos processos judiciais que o envolviam entre 2007 e 2012.

Sarkozy chegou à sede policial pouco depois das 8h locais (3h de Brasília) e um dia depois que foram interrogados seu advogado, Thierry Herzog, e dois juízes do alto escalão da Corte de Apelação francesa, Gilbert Azibert e Patrick Sassoust, que permanecem em regime de prisão preventiva.

Azibert, que é ligado ao advogado do ex-presidente, é suspeito de receber informações de conselheiros do Supremo Tribunal francês sobre os avanços na investigação do suposto financiamento ilegal da campanha que levou Sarkozy à Presidência. De acordo com essa tese, o defensor de Sarkozy prometeu ao magistrado, em contrapartida, que o ex-presidente o ajudaria a conseguir um cargo na administração de Mônaco.

O caso investiga, entre outros assuntos, se Sarkozy recebeu financiamento ilegal para sua campanha presidencial por parte da multimilionária herdeira do grupo de cosméticos L’Oréal, Liliane Bettencourt, e do deposto ditador líbio Muammar Kadafi.

A investigação estava relacionada, originalmente, com as averiguações iniciadas em abril de 2013 para determinar se parte da campanha que levou Sarkozy à Presidência foi financiada pelo regime líbio. Os grampos aos quais Sarkozy foi submetido posteriormente levaram à abertura, em fevereiro, de uma investigação judicial pelas acusações de “violação do sigilo da investigação” e de “tráfico de influências”.

Polícia francesa bloqueia local onde ex-presidente Sarkozy presta depoimento

Foto:  Reuters

 

 

Empresário é preso ao tentar estuprar menina de 11 anos

De A Tribuna On-line

Um empresário de 41 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável – entre outros crimes envolvendo práticas sexuais com menores de 18 anos – na rua Porfírio de Gaza, no Grajaú, zona sul de São Paulo. A prisão ocorreu na última sexta-feira, mas foi divulgada pela Polícia Civil apenas nesta terça-feira.

Segundo a Polícia Civil, o homem foi preso após a denúncia da mãe de uma menina de 11 anos. A jovem estava sendo assediada pelo empresário através de uma rede social.

A polícia afirma que o suspeito estava tentando marcar um encontro com a jovem e chegou a ir próximo à casa dela, onde conversou pessoalmente com a adolescente. A mãe da menina, uma auxiliar de limpeza, foi então ao 85º Distrito Policial (Jardim Mirna) e denunciou o assédio.

Após a denúncia, os policiais orientaram a menina durante uma conversa pela internet com o suspeito. No fim, os dois marcaram um encontro que foi acompanhado por um esquema de segurança para proteger a vítima. Segundo a Polícia Civil, o encontro aconteceu em um supermercado. O empresário foi preso logo após descer do carro e tentar beijar a menina.

Depois de ser detido, o homem admitiu saber que a vítima tinha menos de 18 anos e confessou que guardava em seu escritório um notebook com gravações de cenas de sexo explícito com garotas que tinha conhecido na internet.

Os policiais apreenderam o computador do suspeito, onde foram encontrados diversos arquivos com conteúdo de pornografia infanto-juvenil. Em diversos vídeos, o acusado aparece praticando sexo com garotas menores de 18 anos, algumas delas com aparência de 5 a 8 anos no máximo.

A Polícia Civil afirmou que segue investigando as imagens para identificar outras vítimas

Polícia prende suspeito de sequestrar e matar policial em SP

A Polícia Civil de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, prendeu na noite desta quarta-feira o suspeito de ter sequestrado e matado o policial militar do 17º Batalhão da PM de Mogi das Cruzes, Rodrigo de Lucca Fonseca, que foi encontrado morto em um terreno em Suzano, na última terça-feira.

Segundo o delegado Marcos Batalha, da seccional de Mogi das Cruzes, Demerson Andrade de Carvalho, 21 anos, foi preso em uma casa em Calmon Viana, na cidade de Poá. Após ser levado para a delegacia, ele confessou ter participado do crime. Na casa do suspeito, policiais encontraram uma blusa que ele usava quando foi flagrado, por uma câmera de segurança, usando o cartão de crédito do policial.

Outro suspeito, que não teve o nome divulgado pela polícia, é investigado e procurado pelo crime. A dupla teria sequestrado o policial na última sexta-feira e, após descobrir a profissão da vítima, passaram a torturá-la.

O corpo do soldado foi enterrado na manhã de quarta-feira, em Mogi das Cruzes. 

Fonte: Terra

Exército mexicano detém líder do cartel de Tijuana

Diário de Notícias|Susana Salvador, com agênciasHoje

Conhecido como ‘O Engenheiro’, Luis Fernando Sánchez Arellano é o principal líder do cartel de Tijuana. Terá sido detido pelas autoridades mexicanas numa operação no norte do país.

Luis é filho de Enedina Arellano Félix, uma das três irmãs que, junto com os seus sete irmãos, criaram no final da década de 1980 o cartel de droga de Tijuana, também conhecido pelos apelidos Arellano Félix. Este nasceu após a detenção de Miguel Ángel Félix Gallardo, que era o líder do cartel de Guadalajara, cujo desmantelamento deu também origem ao cartel de Sinaloa, liderado por Joaquín Guzmán.

‘O Engenheiro’ terá assumido a liderança do cartel em agosto e 2006, após a captura de Francisco Javier Arellano Félix e de outros dois dos seus tios, Eduardo e Benjamín, assim como a morte de Ramón Arellano Félix, num tiroteio com a polícia em 2002. Os irmãos eram conhecidos pela sua brutalidade.

A detenção de Luis Fernando Sánchez Arellano não foi ainda confirmada pelas autoridades mexicanas, que ofereciam uma recompensa de 1,7 milhões de euros por qualquer informação que levasse à sua captura.

Contudo, segundo confirmou uma fonte oficial à agência Reuters, a detenção terá ocorrido na segunda-feira, pouco depois de a seleção nacional do México se ter qualificado para os oitavos de final do Campeonado do Mundo de Futebol, que decorre no Brasil.

Turista romeno é preso

Estrangeiro tentou vender 60 ingressos para a partida entre Rússia e Coreia do Sul no entorno da Arena Pantanal, mas foi pego no flagra

Diário de Cuiabá|Yuri Domingues

Um turista romeno foi preso na terça-feira (17) no entorno da Arena Pantanal tentando vender 60 ingressos da partida entre Rússia e Coreia do Sul por um preço inferior ao comercializado. As informações da Polícia Civil dão conta de que o flagrante foi feito durante uma fiscalização realizada por agentes da Delegacia do Consumidor (Decom), que tinha outro objetivo. 

O romeno, que não teve a identidade revelada, foi encaminhado para a Delegacia do Turista, onde foi feito um boletim de ocorrência, de conduta atípica, já que os bilhetes estavam sendo ofertados por um preço inferior ao comercializado oficialmente. 

Apreendidos, os 60 ingressos devidamente nominado, foram cancelados no Centro de Distribuição de Ingressos, no Pantanal Shopping e após a ação, o turista foi liberado. 

Consta no Estatuto do Torcedor, que a Federação Internacional de Futebol (Fifa), proíbe veementemente a revenda de ingressos. E considera crime a venda ou fornecimento dos bilhetes por um preço superior ao indicado. Por isso, o romeno não foi preso. 

No último dia 13, um episódio parecido foi visto em frente ao posto da Fifa no Shopping. Dois homens foram detidos poucos momentos antes da partida entre Chile e Austrália. 

Um deles, policial militar, afirmou que não poderia ir ao jogo, e por isso, decidiu vender os ingressos sob orientação da própria Fifa. Eles foram encaminhados para a Decom, mas liberados em seguida. 

Na oportunidade, a delegada Ana Cristina Feldner, informou que a prática não foi considerada cambiagem, já que eles não tinham grandes quantidades de ingressos e também não vendiam as entradas por valores altos, visando lucro. 

O fato dos ingressos serem nominados só servem para controle da Fifa, afirmaram alguns torcedores. Nos últimos dias, o Diário acompanhou diversos torcedores na Arena Pantanal, e muitos criticaram o alarde da federação em relação ao assunto. 

Porém, o que foi tão discutido na teoria, na prática não aconteceu. Pelo menos em Cuiabá, nenhum dos torcedores que passaram pelo portão de acesso da Arena precisou mostrar a documentação para comprovar que o nome do ingresso era o mesmo do documento. O fato foi comprovado nos dois últimos jogos. 

Na última semana, quando chilenos foram vítimas de furtos na cidade e ficaram sem os ingressos para a partida, foi informado pela Polícia que eles poderiam assistir ao jogo apresentando o Boletim de Ocorrência confeccionado. Não se sabe se a medida acompanhava junto um comprovante de pagamento ou de compra expedido pela Fifa. 

A reportagem entrou em contato com a delegada Ana Cristina e com o Comitê Organizador Local (COL), mas não obteve retorno até o fechamento. 

PF prende traficante mexicano no Galeão embarcando para jogo em Fortaleza

Acusado estava com a mulher e dois filhos e tinha ingressos para assistir jogo do Brasil com a seleção de seu país

O DIA

Rio – Um traficante mexicano de 49 anos foi preso por policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal (PF), no fim da noite desta segunda-feira, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, quando tentava embarcar para Fortaleza, no Ceará. Ele estava na companhia da mulher e dos filhos de 17 e 29 anos, e com ingressos para o jogo entre o Brasil e a seleção de seu país, nesta terça-feira, às 17h, na Arena Castelão, pela segunda rodada da Copa do Mundo.

Segundo nota da PF, o traficante era procurado por tráfico de metanfetaminas na cidade de Guadalajara, a segunda maior do México, e pela justiça dos Estados Unidos. A prisão desta segunda-feira no Brasil foi decretada pelo Ministro do STF, Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal.

Ainda de acordo com a PF, as diligências no Brasil iniciaram quando o traficante mexicano ingressou em território nacional, via terrestre, no último dia 11 de junho, por Foz do Iguaçu, no Paraná, vindo da Argentina. Como constava na difusão vermelha da Interpol, o governo dos Estados Unidos tão logo foi informado da presença de um procurado de sua justiça, ingressou com pedido de extradição no STF.

Com a decretação da prisão preventiva, policiais da DRE da PF do Rio localizaram o traficante hospedado em um hotel na Zona Sul do Rio, na companhia da mulher e dos filhos. A prisão aconteceu quando ele tentava embarcar no voo JJ-325 das 23h50. Ele ficará preso até o término do processo de extradição no STF..

A metanfetamina é uma droga estimulante do sistema nervoso central (SNC), muito potente e altamente viciante, cujos efeitos se manifestam no sistema nervoso central e periférico.

noticias gerais e, especificamente, do bairro do Brás, principalmente do comércio