Arquivo da tag: Punião

Tribunal apura insubordinação de funcionário público flagrado usando Facebook

DIÁRIO DA MANHÃ|DIVANAI RODRIGUES

Uma portaria do Tribunal de Justiça de Rondônia instaurou um processo administrativo disciplinar contra um servidor que foi flagrado em horário de trabalho fazendo uso do Facebook. O caso teria acontecido na cidade de São Francisco  do Guaporé, em Rondônia. As informações são do site local Tudo Rondônia, publicada na última quinta-feira, 17.

Ilustração

Ilustração

 

 

 

De acordo com a publicação, o servidor público é técnico judiciário no Cartório Cível da cidade, do quadro de pessoal permanente do Poder Judiciário. A reportagem ainda publica na íntegra a portaria na qual os motivos expressos para a instauração do processo são insubordinação perante superior e uso da rede social durante horário de trabalho.

Leia o trecho da portaria que explica os motivos para o processo:

“Ter praticado atos de insubordinação, demonstrando revolta e recusando-se a fazer certas tarefas que lhe foram passadas, além de praticar outros atos incompatíveis com o cargo que ocupa no cartório. Consoante comunicação interna do Diretor de Cartório, por diversas vezes, juntamente com o Chefe do Serviço de Cartório tentaram dialogar com o servidor em comento, no intuito de conscientizá-lo da postura a ser mantida no local de trabalho. Contudo, o funcionário causa tumulto no Cartório e foi ainda flagrado acessando site de relacionamento Facebook no computador de trabalho, durante o horário de expediente e que, ao ser advertido verbalmente pelo Diretor do Cartório para que cessasse a prática de tal ato, o mesmo exaltou-se e disse para o Diretor de Cartório “ir procurar o que fazer, pois ele iria acessar o que quisesse, e que o Diretor não estivesse contente com seu trabalho que o colocasse à disposição”.

A portaria ainda dá conta que o servidor, munido da comunicação sobre o processo, teria entregado ao Diretor do Cartório cópia de outra portaria que homologou o seu estágio probatório. De acordo com o Tribunal, a intenção do servidor com essa atitude era sugerir que os “atos praticados por ele não poderiam mais ensejar sua dispensa do quadro funcional do TJRO”.

A reportagem do DM.com.br tentou entrar no site do Tribunal de Justiça de Rondônia nesta manhã de sábado, 19, para consultar a portaria, porém o site se encontrava indisponível.